Queres enviar um comentário longo, desabafar, ou simplesmente conversar? Escreve para o meu e-mail: adolescentegay92@gmail.com

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

:S

Olá, eu teria muito que falar: como foi o meu fim-de-semana, como me tem corrido a vida e etc….. Teria muito que escrever mas, sinto-me mal
(este texto vai ser vago e uma beca filosófico :P)
Estou confuso….. Acho que, pela primeira vez, me sinto verdadeiramente confuso e… sem ‘plano de emergência’ para sair disso
Estou a gostar de um rapaz... (talvez seja a 1ª vez que gosto assim de um homem) e sinto-me super baralhado (mas convicto do que sinto)
Já me disseram que tenho ‘sintomas de paixão’ não sei se tenho ou não – nunca tive apaixonado. Será que agora estou?!?!
Ele é o oposto de mim…. O que é bom. Mais diferentes somos, mais ‘simpatia’ existe (os casos mais ‘românticos’ da minha família, retratam isso mesmo: os pares mais ‘improváveis’ mostraram que são os melhores LOL)
Que caraças…. Não sei o que fazer perante isto.
Ele consegue suscitar em mim um lado que não conhecia e que gosto. Rapidamente confiei nele (mas ele também rapidamente confiou em mim)… Devo dizer, que não lhe dei vida fácil (ahahahahah), mas…… acabei por ‘’ceder’’
Não me arrependo do que fiz, claro que não
Apenas me sinto confuso e triste….. Talvez precipitei-me em dizer a ele que ‘gosto de ti’….. Provavelmente precipitei-me….. Mas foi o que queria fazer e sentia a necessidade de lhe dizer isso…
Acho que, nunca tive tanto tempo agarrado ao telemóvel a escrever mensagens…. Em todas as aulas de segunda, tive com o telemóvel na mão… (sujeito a ser repreendido pelas professoras :P) mas não me arrependo! Nunca mandei mensagens tão descaradamente nas aulas…… mas, não me arrependo de ter feito isso.
Ele pediu-me tempo e é isso que lhe tou dar, claro que lhe dou
Dar-lhe-ei o tempo necessário para ele perceber os seus sentimentos.
Sinto-me feliz e a pular de alegria (por estar a gostar de alguém (e mais concretamente, dele)), mas por outro lado sinto-me triste e impotente (por não o poder ajuda-lo tanto como gostaria….)
Vou lhe dar tempo, e vamos ver no que isto vai dar :)
Beijinhos!