Dia 3 de Junho, acontecerá o 8º Jantar Anual da Blogosfera! Para mais informações ou inscrições no jantar, enviem-me e-mail: adolescentegay92@gmail.com

sexta-feira, 28 de abril de 2017

13.º Ciclo de Cinema LGBTI

Boa noite!

Só para que se saiba, prefiro as pipocas salgadas!

É verdade, vem ai o 13º Ciclo de Cinema LGBTI da Rede Ex Aequo e tu, vais ficar por casa?
Começou-se em 2004 e, este ano, conta já com datas marcadas em quatro diferentes localidades de Norte a Sul (incluindo ilhas) do país! Aqui, todos os filmes estrangeiros são legendados em português e têm temáticas como o HIV, bullying homofóbico, transexualidade, ativismo, crimes de ódio, discriminação, entre outros. Estes filmes nem sempre são de fácil acesso e, aqui, conseguirás vê-los! E, o melhor disto tudo, é que são de exibição gratuita!!! Nada de desculpas, ok?!

Que filme é que iria ver e porquê?

Fácil, Philadelphia. Sempre que o vejo, choro... sinto que já tanto foi feito e ainda há tanto por fazer... o HIV não diz quem nós somos, o que dizem são os nossos sentimentos e, este filme, fala sobre o Amor, a Justiça, e a Sociedade - é um filme completo (com Denzel Washington e Tom Hanks, onde ganhou o seu primeiro Óscar para Melhor Actor... )!

Mas se preferem versões mais recentes, têm sempre Um Coração Normal, onde fala-se do mesmo assunto, numa perspectiva semelhante - também é um filme incrível (e homens giros! Ahahah)!

Eis as datas já existentes e, para mais informações, nada melhor que consultar o site do evento!

Porto - 4, 5 e 6 Maio
Funchal - 18, 19 e 20 Maio
Lisboa - 26, 27, 28 Maio
Tavira - 1, 2, 3 e 4 Junho

Assim, toca a apontar na tua agenda estas datas na localidade mais próxima de ti e contacta já os teus amigos da zona para irem juntos ver estes filmes... sabe sempre bem ver um filme com amigos!

Não faltes ao 8º Jantar da Blogosfera, a 3 de Junho, em Lisboa!!!

Sabias que a Rede Ex Aequo vai a qualquer escola do país, falar sobre temas LGBTI?! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 25 de abril de 2017

Um Sonho, Uma Regata 7/8

Olá!

Esta já é a penúltima publicação sobre The Tall Ships Races 2016... Mas, o melhor teve que ficar para o fim, obviamente! Antes da majestosa e última publicação (a 23 de Maio), é altura de vos adoçar a boca: depois de 5 publicações a mostrar-vos navios por fora, é altura de vos mostrar o interior de um navio mas não é um qualquer barco - trata-se do Statsraad Lehmkuhl, o navio de aço norueguês!
Clica na imagem para ampliar!
Statsraad Lehmkuhl é um barco de aço com três mastros, construído em 1914 em Bremerhaven (Alemanha), como um navio de treino para a marinha mercante alemã e, originalmente chamado de Grossherzog Friedrich August.
Clica na imagem para ampliar!
O navio foi usado como um navio-escola no Império Alemão durante a maior parte da Primeira Guerra Mundial, tornando-se um troféu de guerra no final desta. Ele foi comprado (à Inglaterra) pela Associação de Armadores de Norweigan em 1923, pela vontade de Kristofer Lehmkuhl (nome pelo qual passou a ser chamado), com o objectivo de continuar a ensinar vela na Noruega.
Clica na imagem para ampliar!
Statsraad Lehmkuhl começou como Navio-escola para a Marinha Real Norueguesa, transferindo à fundação do navio da escola de Bergen em 1924, onde funcionou até 1966 (com a excepção dos anos vividos durante a Segunda Guerra Mundial, quando foi rebatizado de Westwärts).

O proprietário do navio de Bergen comprou-o em 1967, para continuar a usá-lo para o treino de vela que fez assim as suas próprias despesas entre 1968 e 1972, até a crise do petróleo em 1973 onde esteve colocado no porto de Bergen. Em 1978, ele foi doado para o Stiftelsen Seilskipet Statsraad Lehmkuhl - A Fundação para o Tall Ship Statsraad Lehmkuhl, que agora possui e opera o navio.
Clica na imagem para ampliar!
Para saberem mais sobre esta embarcação, nada melhor do que consultar o seu site.

Relembro que todas as fotos aqui publicadas são EXCLUSIVAS e INÉDITAS!


Este é o vídeo de um jovem que veio como tripulante, neste barco, desde a Antuérpia até Lisboa! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Portugal e os Poetas

Boa noite.

Na próxima 3ªfeira temos feriado, mas ainda percebemos o significado da Liberdade?

Começo por vos pedir desculpa. Não escrevo este texto no meu estado normal. Cada palavra, vírgula, e parágrafo, está ensopado com o que escorre dos meus olhos. Ary dos Santos, "Cavalo à solta".



Temos Liberdade e, cada ano que passa, o dia 25 de Abril, tem de ser festejado, lembrado e usado. Usar a nossa Liberdade, usar a nossa imaginação, usar o nosso corpo como bem entendemos. No uso da nossa essência está, para mim, o maior bem que foi conquistado pela Revolução e, este bem, é a Liberdade de Expressão.

É graças à revolta, à luta, ao sacrifício, ao acreditar de tantos homens e mulheres que não conheço - é que eu hoje posso assumir quem sou, escrever o que escrevo, e lerem-me quem o quiser. É graças à Liberdade de Expressão, que eu hoje estou feliz, genuinamente feliz, pela coragem que tantos tiveram, e pela sedimentação da Revolução de Abril. Agradeço, assim, aos militares por terem deixado o Conselho da Revolução, ao General Ramalho Eanes, aos deputados constituintes, e aos poetas.

Só um poeta é que consegue resumir o dia mais importante para o meu país em apenas 3 palavras: "O dia inicial inteiro e limpo". Hoje em dia, a cultura Ocidental, vive uma crise de poetas.
A cineasta Margarida Gil, com uma frase de Sophia de Mello Breyner Anderson
São os poetas - mesmo aquelas que escrevem em prosa têm de saber poesia, pois só assim é que conseguem escrever belos textos -, que trazem à sociedade reflexão, mudança, e agitação. Os poetas não são conformistas. Os poetas não sabem manejar espadas, os poetas têm uma arma muito maior do que um sorriso falso ou um pequeno punhal - têm uma caneta. A caneta é a maior arma que um Estado pode temer. O Estado não teme o pensamento, teme a concretização; teme a multiplicação; teme... a individualidade.

Ser poeta é uma ave em peregrinação constante - é Amor em forma de palavras.
Ser poeta é ser um fantoche do pensamento - é ser mais do que ele próprio.
Ser poeta é sair de si e entrar nos Sonhos - é ser a realização de um ideal.
Ser poeta é ser o herói de um povo - é ter coragem para pensar.

Temos de ser criança. Brincar com as palavras. Aprender o que é a amizade e renascer com os olhos dos outros. Faz-nos falta acabar a saudade, o que somos e sermos aquilo que sonhámos - realizarmos. Sermos o motivo da mudança, amarmo-nos e... sorrir à vida!

Porque amo Portugal.
Mandemos cravos ao ar, e aproveitemos o nosso maior bem - a Liberdade!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 18 de abril de 2017

Um Sonho, Uma Regata 6/8

Oi rapazes!

Depois do Santa Maria ManuelaFryderyk ChopinAlexander von Humboldt II, e do Pelican of London, é a vez do Belem - o navio de carga francês (que transportava açúcar, cacau e café) de 1896.
Clica na imagem para ampliar!
Em 1922, tornou-se propriedade do barão da cerveja Sir Arthur Ernest Guinness, que o rebaptizou como o Fantôme II. O navio navegou pelos sete mares fazendo uma viagem à volta do mundo através dos canais de Panamá e Suez, incluindo uma visita a Spitsbergen. Durante a sua aproximação para escapar de uma catástrofe - um terremoto que destruiu o porto e partes da cidade de Yokohama -Arthur E. Guinness morreu em 1949. O "Fantome" foi ancorado nas estradas de Cowes, Ilha de Wight.
Clica na imagem para ampliar!
Em 1951, foi vendido ao conde vitoriano Vittorio Cini, que o nomeou Giorgio Cini depois do seu filho ter morrido num acidente de avião perto de Cannes, a 31 de Agosto de 1949. Ele foi usado como um navio de treino de vela até 1965, quando foi considerado demasiado velho para o uso posterior e foi amarrado na ilha de San Giorgio Maggiore, Veneza.

Finalmente, em Janeiro de 1979, ele voltou para o seu porto de origem como o Belem, através de um rebocador marítimo francês, voando a bandeira francesa depois de 65 anos. Totalmente restaurado para sua condição original, ele começou uma nova carreira como um navio de treino de vela!
Clica na imagem para ampliar!
Para saberem mais sobre esta embarcação, nada melhor do que consultar o seu site.

Relembro que todas as fotos aqui publicadas são EXCLUSIVAS e INÉDITAS!


E porque na véspera do Desfile dos grandes Veleiros, houve (um demorado!) fogo de Artifício! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Namorar, beijar na boca

Olá Olá!!

Ai, o Amor.
Ontem comemorou-se o dia do Beijo, e logo eu que adoro beijar... sim, sou um beijoqueiro.

Acho que o pior de estar solteiro e não andar aí a curtir com os gajos que aparecem não é a falta de sexo (e já vão 3 anos e meio a fazer músculo no braço direito), acho que o pior é mesmo os afectos: os beijos, os abraços demorados, e aquela mensagem ao acordar... sinto falta disso, do carinho.
Não, beijar não substitui uma penetração ou um orgasmo mas.... o que seremos nós sem afectos? Um corpo que apenas existe para foder e ser fodido? Essa ideia é tão primitiva que me repugna - acho que a essência de nós, enquanto seres pensantes, está no acto de Amar, ser misericordioso, e leal.

Há dois anos escrevi sobre este dia mas, o que há a acrescentar? Bom, há sempre a acrescentar sobre beijos, aconchegos, e paixões... mais que não seja para pôr em itálico, negrito, e sublinhado, o maravilhoso que é estarmos no êxtase do beijar, passar assim o máximo de tempo possível e, quem sabe, deixar levantar fervura que o beijo incendeia por si só e... os corpos unem-se.

O beijo revela algo que nem sempre os olhos conseguem ver - mostra a perícia. Sim, nem todos sabemos beijar bem! Não vou estar aqui a gabar-me ou a ensinar como deve ser um bom beijo, isso fica para depois, mas que há bons beijos, lá isso há!

E ouvir a respiração do outro? E sentir a coxa levantar? E abrirmos os botões da outra pessoa?
Porque um beijo é só e nunca é apenas um beijo - é o início e o fim de tudo, é um ritual para o nada igual, é a passagem para algo incrivelmente mágico e único que se chama... prazer.

Porque eu sou da Paz, da verdade, e da integridade, esta música é tudo o que penso sobre o beijo.

"Comigo é na base do beijo, comigo é na base do Amor.
Comigo não tem disse me disse, não tem chove não molha - é desse jeito que eu sou!"




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 11 de abril de 2017

Um Sonho, Uma Regata 5/8

Boas!

Nova terça-feira, nova publicação sobre os veleiros que invadiram Lisboa!
Desta vez, falarei sobre o Pelican of London, veleiro de 1948 do Reino Unido!
Clica na imagem para ampliar!
Pelican of London é excepcional! A forma do casco tem proveniência dos veleiros de elite franceses do século XIX, que fornece espaço e o conforto para uma operação em qualquer lado.
Originalmente, serviu como barco de pesca de arrasto no Árctico mas, actualmente,
já completou uma série de viagens transatlânticas, onde o objectivo é dar uma volta ao Mundo!
Clica na imagem para ampliar!
Todavia, o veleiro sofreu uma reconstrução total, onde só o casco se manteve e seguiu à risca os mais exigentes padrões do "Code of Practice for the Safety of Large Commercial Sailing Vessels".
A sua plataforma exclusiva gera o dobro de potência do motor e, no entanto, é prático e facilmente adaptada-se a condições extremas. Foi concebido, principalmente, como um navio de treino de vela.
Clica na imagem para ampliar!
Já leram (e viram as fotos!) sobre o veleiro portuguêspolaco e alemão? =P

Relembro que todas as fotos aqui publicadas são EXCLUSIVAS e INÉDITAS!


Quando os marinheiros invadiram Lisboa, com sorrisos de todo o Mundo! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Bodas de Prata

Olá!

Vrai, hoje faço 25 anos. É, estou a ficar velho.

De ano para ano, ao acrescentar mais um ano à minha idade, sinto falta do que perdi. Não sinto saudades do passado - sinto pena é de não ter a mesma meninice, a mesma ingenuidade. Sinto falta dos Verões longos e sem preocupações. Sinto falta da emoção da descoberta e da ânsia pelo crescimento. Sinto falta de sonhar.
A vida é dura. Não há espaço para a originalidade, a diferença, o sermos nós próprios. A vida chega a ser cruel. Temos de ser como a puta da sociedade nos manda. Temos de ser se não... não teremos um bom emprego (aliás, nem tem de ser bom para não o conseguirmos), um bom ordenado, respeito onde vivemos.

Nesta altura fico sempre assim. Fecho-me, não quero falar, e faço questão que ninguém saiba que faço anos. Aliás, ninguém sabe o dia em que faço anos. Para quê aquela hipocrisia dos "Muitos parabéns!"?? Vão p'ró caralho. Não preciso disso. Preciso que as pessoas estejam lá, todo o ano, para os bons e maus momentos e, isso, pouca gente está disposta a fazer. Ninguém quer "perder" tempo com ninguém. É tudo uma jogatana de interesses e, eu, não sou desses. Bardamerda para quem assim pensa, que seja muito feliz no seu Mundinho perfeito de fadas e dragões.

Depois bate em mim uma profunda prolepse da minha vida. Penso em todos os maus momentos da minha vida que, até agora, já foram muitos onde, a maior parte deles, tive que os ultrapassar sozinho. E, estar sozinho não é bom. Estar sozinho faz-me lembrar se vale a pena ultrapassar as coisas porque o futuro é tão incerto e... porque as coisas boas não acontecem às pessoas boas? Eu sou uma pessoa boa.

E fico triste. Muito triste. Penso em coisas maradas. Em coisas idiotas. Mas penso que esteja equilibrado - mesmo estando sozinho. É duro, é difícil manter-me equilibrado. Sinto-me como um alcoólatra... há sempre aquela tentação, sempre. Há sempre a hipótese de "só molhar os lábios", mas não, não pode ser. "Equilíbrio, equilíbrio!" - penso eu. Há que ter força. Mas valerá a pena? Compensa ter a força de manter-me equilibrado, perante o desconhecido futuro? Será?

Por continuar a achar que o futuro vai-me trazer algo de incrivelmente maravilhoso, é que continuo sem tocar uma "gota" que seja. "Equilíbrio, equilíbrio!"... Não imaginam a força que é preciso ter para continuar a andar sobre a lâmina da vida, que apenas nos golpeia e a sangue frio.

Aprendi a ter Amor ao futuro. Aprendi a ter esperança pelo que virá. Aprendi que Ele escreve "direito por linhas tortas". Aprendi em acreditar em tudo. Aprendi até - vejam só - em acreditar em mim. Em mim? Mas quem é que acredita em mim? Ainda por cima eu? Acreditar em mim, depois de saber tudo o que sei a meu respeito? Sim, acreditar: aprender a perdoar-me e a merecer ser feliz.

Mas ser feliz? Ainda por cima eu? Mas o que faço para ser feliz? Há tanta gente no Mundo, porque motivo é que eu seria feliz? O que é ser feliz neste Mundo? Porquê ser feliz?

Serei algum dia feliz? Não sei. Mas às vezes o caminho leva-nos a lugares estranhos, onde a saída não é evidente aos olhos dos outros, mas é o caminho mais difícil para quem o percorre.

Tenho dentro de mim um eu que urge em emergir. Não sei já o tamanho que ele ocupa na minha imensidão, ou o que ele anseia a meu respeito. Tenho medo que um dia seja já o último.

Que voz, que letra, que interpretação - Dalida, Je Suis Malade.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - Dia 13 de Abril, estreia em Portugal, o filme "Dalida", sobre a vida e obra desta... corajosa.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Meander Line Modus Vivendi

Olá Olá!

Já te inscreveste para o 8º Jantar Anual da Blogosfera, certo??? Ai ai... =D

Bom, a Modus Vivendi brinda-nos nesta Primavera com uma série de novas colecções fantásticas mas, apenas farei referencia a duas. A primeira linha que falarei foi fotografada em Atenas (Grécia), por um dos mais criativos fotógrafos daquele país (Vangelis Kyris) e ainda com o jeitoso modelo grego Christos Katsavochristos (sim, é verdade, até custa a pronunciar!)!! =P
Saibam mais sobre estas cuecas
linha Meander é composta por jockstraps, cuecas, boxers, robes e calças. A inspiração é evidente: o padrão meander, que é um ícone da arte grega, onde está representado em edifícios, esculturas e frisos. Esta linha existe em duas cores sendo elas branco e azul (o tom do azul é lindooo)!! =D
Saibam mais sobre este robe e estas calças
A linha Polka Dot (que está representada no vídeo), é composta por cuecas, boxers, camisola de manga à cava, camisa de manga curta, e ainda umas bermudas. A inspiração é do neo-nostalgismo, onde volta a estar na moda um estilo Retro, mas numa visão contemporânea! =)
Saibam mais sobre este robe e estes boxers
Vá, mandem vir o que vos ficará melhor! Eu já recebi vários produtos e tudo veio perfeito!

Para quem faz desporto de forma amadora ou profissional, pode adquirir produtos da PROZIS
com 10% de desconto em todo o site através do código AG10!!! Vá, poupem dinheiro!

Admitam: o barbeiro é tudo-de-bom!! Viram bem aqueles braços? E as tatuagens?? OMFG!!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 31 de março de 2017

O descanso do Guerreiro

Boa noite.

E foi numa tarde de Agosto, que conheci o tal. Não! Não conheci o homem da minha vida - conheci o homem que me faria encavacar num belo dia de Agosto, numa terriola que não-importa-o-nome, mas onde deixei ficar parte de mim - apaixonei-me, loucamente, por um homem sem nome.

Depois de almoço, eu e a minha mãe resolvemos voltar ao Hotel-Rural onde estávamos instalados: queríamos fugir do calor, refrescar-nos, e mudar de roupa. Na escadaria de granito de acesso à porta de madeira pintada de castanho - que dá acesso ao hotel - encontrava-se um belo príncipe.
Passamos por ele e eu sentia que me aproximava de um ponto sem retorno, de uma viagem sem destino, de um olhar profundo demais para descrever em sentimentos humanos - aquilo que ocorria ali tinha apenas um nome: Paixão. Uma escaldante e louca paixão carnal porém, efêmera (haverá melhor paixão do que a passageira, que nos faz suar e desejar que o mundo pare?!).

Mas chega de descrição queirosiana! Ao entrarmos no Hotel, o moço meteu (ohh, isso queria eu!!) conversa connosco (oh, bolas! Eu já a pensar coisas ordineironas!) a dizer que queria lá passar a noite e que ninguém lhe atendia as chamadas ou abria a porta. Nós, como gente de bem, convidamo-lo a entrar e, na sala fresca do Hotel (devido ao granito de que eram feitas as paredes e todo o edifício), íamos conversando sobre as Festas Anuais da Terriola e, onde ele dizia que era de uma Terriola próxima dali, e que vinha a convite de uns amigos da Terra e que diziam que a festa ia ser "brutaaal"!

Ele, um bruto. Um brutamontes que me fez dar rosto a todos os meus secretos desejos fetichistas a serem concretizadas numa qualquer praia de Ibiza ou de Saint Tropez! Uma cara gira, um corpo de trolha, e um saco de ginásio, foi o que sobrou de uma louca paixão, pois o seu discurso de Troll não era o que mais me cativaria, porém sou sensível às várias tentativas de parecer cosmopolita.

Chegou o dono lá-do-sítio, e foi-lhe atribuído um quanto, à frente do meu: o destino estava no nosso lado, pensei eu. Ele foi para o quarto e, em frente, entramos nós também.

Mais perto da hora de jantar, e antes de irmos para a festa da aldeia, apercebi-me que ele estava a tomar banho (o barulho da canalização não enganava - éramos os únicos hospedes!) e eu só pensava: e se precisa de alguém que lhe lavasse as costas? E se ele está a chamar por mim e não oiço?

Saímos do Hotel, com ele no quarto. Quando voltamos, já depois de jantar, nenhum barulho vinha do quarto do rapaz. Resolvi então, ficar a ler na entrada do Hotel, à espera do trolha... mas ele nunca mais vinha. Assim, fui para o quarto dormir.

No dia seguinte, quando estávamos a tomar banho à vez no quarto, apercebi-me que ele já estava de abalada e que, o dono do Hotel ia leva-lo "ao sítio das camionetas", para ele ir para casa.
Tomamos o pequeno-almoço sozinhos mas...

... a história teria ficado por aqui?


E porque o Amor surge quando menos esperamos. E, neste caso, eu era a Bela (mesmo!)! =)




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - Sim, ficou por aqui... mas sem antes sentir-lhe o cheiro... e mais não digo! =P

terça-feira, 28 de março de 2017

Um Sonho, Uma Regata 4/8

Olá Olá!

E é com o veleiro Alemão Alexander von Humboldt II, que continuamos a navegar pelo Tejo!
Depois do veleiro português e do polaco, era imprescindível a presença do veleiro "de verdes velas".
Clica na imagem para ampliar!
Este barco surgiu em 2011 e vem substituir um outro barco com o mesmo nome - apesar de se assemelhar aos veleiros do século XIX, tem todas as condições da actualidade! Sim, é bem potente: caso o vento esteja favorável navega até 14 nós e, caso o vento não esteja de feição, tem um motor de 750 cavalos de potência! E adoro a cor das velas... =D
Clica na imagem para ampliar!
Este veleiro é detido pela Deutsche Stiftung Sail Training (Fundação de Treino de Vela Alemã).
A DSST é uma organização sem fins lucrativos onde os seus objectivos são, por exemplo, proporcionar vela tradicional de alto mar para os homens e mulheres de todas as idades!
Clica na imagem para ampliar!
Caso queiram saber mais sobre esta embarcação, podem sempre visitar o seu site!

Relembro que todas as fotos aqui publicadas são EXCLUSIVAS e INÉDITAS!


E porque regressam a Lisboa em 2020... =)




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 24 de março de 2017

Black Friday Nov'16

Olá!!

Sou um shopaholic! Não, não digam que não o sou, porque tenho que o admitir! Adoro fazer compras: para além de comprar peças que fazem o meu género, o "jogo da conquista" por estes objectos é bastante analisada: comparo a relação qualidade/preço e, quando chega a melhor oportunidade... ZÁS, compro! Mas o que comprei de diferente com o ano passado? Vejamos! =D
E vamos começar pela mala! Sim, é do mesmo estilo que a anterior mas, é castanha e é LINDAAAA!
Como podem ver, pode ser usada ao ombro mas, é muito mais gira usando-a pela mão.
Os compartimentos são diferentes (um deles abre 180 graus e o outro 270) e têm bastante espaço lá dentro mas o ideal é não encher... se não fica muito pesada para a usar o dia todo!
O preço inicial era de 49,95€ e comprei-a por 31,96€! =D
Botins para substituir outros botins! Nem sempre o calçado português tem a melhor qualidade ou, pelo menos, deve haver marcas que se aproveitam para enganar os clientes enfim, os meus botins duraram meia-dúzia de vezes e começaram a rasgar (eram made in Portugal). Bom, precisava de uns novos mas, desta vez, não me importando com a nacionalidade do calçado! Os botins são simples mas, ao mesmo tempo, bastante elegantes! O preço inicial era de 79,95€ e gastei 31,99€! Tamanho? 39. Bom, nem é preciso dizer-vos que todas estas compras foram feitas na ZARA, certo?! =D
E para terminar, a "jóia da coroa"! Comprei estes sapatos, com uma cor idêntica a couro mas, estava indeciso entre estes e outros que custavam o dobro do preço contudo, faziam pouca diferença entre eles: a cor era a mesma, o género também, havia apenas um pormenor a distingui-los e, como a diferença era insignificante, optei por estes belos sapatos. Tenho algo a lamentar a respeito da ZARA: porque motivo, o tamanho mínimo para o calçado masculino é de 39? Admito, eu nem sempre calço o 39, às vezes calço o 38 mas... resolvi arriscar comprar o tamanho mínimo desta marca. O preço inicial era de 49,95€, e comprei por apenas...15,96€!! Woww! =D

E com isto tudo, não é que gastei precisamente o mesmo que no ano passado? 79,91€!! =P

Ponham a música bem alta, libertem os cabelos, e abanem os vossos rabos ao ritmo Eurovisivo!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 21 de março de 2017

Um Sonho, Uma Regata 3/8

Oiiiii!

E é com a Polónia que seguimos nesta Aventura! Não, não pensem que fui levado pelos ares do leste europeu, e que já trocaria o nosso Santa Maria Manuela pelo Fryderyk Chopin mas...
Clica na imagem para ampliar!
Digam lá a quem resiste algo do maravilhoso ano de 1992? Ele é barcos polacos lindíssimos, rapazes a completar 1/4 de século, um Papa (polaco) a reconhecer que Galileu estava certo... *.*
Clica na imagem para ampliar!
E antes que perguntem: sim, o nome deste veleiro é em homenagem ao compositor polaco do século XIX. E também sim, cada mastro tem seis esteiras, o que é extremamente raro! Uhhhhh!
Clica na imagem para ampliar!
Caso queiram saber mais sobre esta embarcação, podem sempre visitar o seu site!

Relembro que todas as fotos aqui publicadas são EXCLUSIVAS e INÉDITAS!


E assim foi o dia 22 de Julho, em Santa Apolónia! =)




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 17 de março de 2017

MAAT, o flop

Olá, boa noite! =)

E não é que a saga do MAAT continua? E não é que vai ser reinaugurado na próxima semana? Mas tem de ser quantas vezes inaugurado para ser visto na totalidade? E o Museu da Electricidade? =/
Clica na imagem para ampliar
Em Novembro, resolvi ver o pôr-do-Sol a partir do novo miradouro da capital, miradouro esse que custou 20 milhões de Euros. Entrei sem dificuldades no Museu, onde estava uma dúzia de pessoas.
Clica na imagem para ampliar
A entrada estava assim, vazia. Sem um segurança, ou policia, ou um funcionário. Ninguém. Entrei e vi aquilo que já me tinham contado - tratava-se de um flop compactuado pela comunicação social, poder político, e as demais entidades que, fizeram encher este espaço dia 5 de Outubro de 2016.
Clica na imagem para ampliar
O Museu não tem nada. Ahh, esperem, têm uma instalação artística. Uma. Um museu inaugurou-se com uma instalação artística. Melhor, a "arte" ali criada foi para encher toda a Galeria Oval, com a temática da Utopia/Distopia, temática que servirá de mote para a "exposição-manifesto" que será inaugurada dia 22 de Março, numa composição de obras com mais de 50 artistas, alguns nunca expuseram em Portugal. A instalação criada para encher o edifico, tem o nome de Pynchon Park (Thomas Pynchone) foi criada pela artista francesa Dominique Gonzalez-Foerster, com o objectivo único de encher! Sim, a obra tem uma regra: quem lá entra só pode sair após 10 minutos. Objectivo? Sentir-se engaiolado numa espécie de 1984, onde se é observado mas está-se bem com isso.
Clica na imagem para ampliar
Cá fora, estava uma instalação artística que, sinceramente, não consegui perceber bem o seu funcionamento mas, deu para pôr conversa com duas mulheres, que faziam ali segurança, para eu tentar perceber o que ali se passava - queria ir ver o Museu da Electricidade todavia pagava-se e eu não estava a entender nada daquilo. Então, as moças explicaram-me que todo aquele complexo chama-se MAAT e, o MAAT, é composto pelo Museu da Electricidade que passa a chamar-se o seu nome original "Central Tejo", mais o novo edifício. Ora em Novembro, para visitar a Central pagava-se.
Clica na imagem para ampliar
O MAAT, irá reabrir as portas dia 22 de Março e com isso, cada visitante irá pagar 5€, que o permitirá ver o novo edifício e a Central; mais tarde, sabe-se que o preço irá subir... Bom, parece que a Arte Contemporânea da capital será paga em todo lado! No Museu da Colecção Berardo pagar-se-á 5€ a partir de Maio! E que tal fazer uma cidade menos virada para turismo city-break (mini-férias urbanas)?
Clica na imagem para ampliar
E esta é a vista do novo miradouro da minha cidade. Porque Lisboa precisa de quem a ame.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 14 de março de 2017

Um Sonho, Uma Regata 2/8

Bô nôte!

E segue a viagem da semana anterior. Esta publicação é dedicada a um dos mais queridos veleiros portugueses - o Santa Maria Manuela, pertencente à chamada "Frota Branca Portuguesa", que faziam a pesca do bacalhau nas águas do Norte, tal como o navio-gémeo, o "Creoula" (entre outros).
O Santa Maria Manuela num enquadramento único!
É nestas alturas que bate em mim o Orgulho Lusitano, onde só me apetece rasgar a T-shirt, e cantar A Portuguesa tão alto que acordaria os vizinhos. Temos a melhor língua do Mundo, as melhores vistas do Mundo, temos as melhores pessoas do Mundo... e temos toda esta beleza pelo Mundo!
Clica na imagem para ampliar!
As tripulações dos veleiros portugueses nem sempre foram as mais acessíveis mas, comparando-as com os russos ou polacos, eram uns queridos. Para mais informações sobre esta embarcação, é favor consultar directamente o seu site, onde saberão como o podem visitar ou dormir a bordo! =D

Relembro que todas as fotos aqui publicadas são EXCLUSIVAS e INÉDITAS!

E sobre o "irmão-gémeo" do veleiro Santa Maria Manuela, o "Creoula".




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - Faz hoje 1 ano que morreu Nicolau Breyner.

sexta-feira, 10 de março de 2017

Inscreve-te no 8º Jantar de Bloggers!

Olá!!

Aponta já na tua agenda: dia 3 de Junho, Lisboa acolhe o 8º Jantar da Blogosfera!
Depois do sucesso do 7º Jantar da Blogosfera, realizado no ano passado, e com os inúmeros pedidos de participação numa nova edição, realiza-se nesta Primavera (como prometido), o jantar deste ano!
A autoria deste banner é da leitora Magg. Obrigadooo! =)
Este evento anual, com vários anos de história, tem como finalidade o encontro de todos aqueles que fazem a blogosfera: os seus autores e claro, os leitores. Aqui, poderão conhecer em "carne e osso", quem escreve há anos na internet e, quem escreve receber um feedback na primeira pessoa; haverá troca de opiniões e, vamos ver que todos temos mais semelhanças do que diferenças. =)

Não importa se és branco ou pretohomem ou mulherheterossexual ou homossexualblogger
ou leitor - é um jantar de pessoas, onde apenas existe um pré-requisito: boa disposição!

A inscrição neste jantar é feita através do meu e-mail ( adolescentegay92@gmail.com ), onde unicamente por e-mail serão transmitidas todas as informações relativas ao evento (tal como horas, local, e outros pormenores). Podes e deves trazer a tua cara metade, ou um amigo, até porque isto é simplesmente... um jantar de pessoas divertidas, conversadoras, e que gostam de conhecer pessoas!

Mas como será o jantar?
Bom, para além de comes e bebes (mas dos bons!), ainda existirão surpresas - não faço as coisas por menos - este é o maior evento anual da blogosfera e tal não pode ser esquecido!

Até que dia posso inscrever-me? Ainda haverá algo depois do jantar?
Não esperes por amanhã o que podes fazer hoje; envia-me e-mail e estaremos já em contacto - se tens a ideia de te inscreveres depois, o tempo passa e acabas por te esquecer! Claro que sim, está planeado irmos a um bar e/ou discoteca (mas só vai quem quer, naturalmente)! =D

Eu sou de longe, não tenho nenhuma "desculpa" para ir a Lisboa...
De 1 a 18 de Junho, no Parque Eduardo VII, haverá a 87º Feira do Livro de Lisboa - queres melhor motivo para vires do que comprares livros baratos e passear pela capital?! =)

Desta feita, os preparativos já começaram mas, irei precisar (muito!!) da ajuda de todos vocês! =D
Devem partilhar a noticia por todo o lado que consigam! Vamos chegar esta informação a todo o lado!

Vem ao jantar e diz-me se trazes companhia, se têm alguma restrição alimentar, e qualquer outra dúvida que possas ter. O jantar será regado de boas risadas, com o acompanhamento de belas histórias! Não conheces ninguém? Pois, nós também não te conhecemos e estás convidad@! =)

Em suma: Envia-me um e-mail ( adolescentegay92@gmail.com ) com a tua pretensão em ir e a indicar o teu blogue ou quais os blogues que comentas regularmente + se tens alguma restrição alimentar + se vens só tu ou se trazes companhia!

Sei que não vais querer faltar, pois eu e outros já confirmamos presença!
Este é o primeiro evento do mês de Orgulho LGBT Português! Envia-me já um e-mail!

Sejam bem-vindos ao 8º Jantar da Blogosfera! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 7 de março de 2017

Um Sonho, Uma Regata 1/8

Olá!

Depois de uma tarde maravilhosa como a de hoje - quente, e a apetecer-nos uma bela esplanada -, é o mote ideal para a nova rubrica deste blog, destinada ao The Tall Ships Races Lisboa 2016, onde eu tive a sorte de experienciar e onde irei partilhar com vocês o que vivi.
Os marinheiros, de braços abertos em direcção ao mar, na despedida de Lisboa
Tal como vos tinha informado em Outubro, aquando da última publicação das minhas críticas cinematográficas a respeito do MOTELx, na Primavera deste ano iria surgir uma rubrica de sonho - "Um Sonho, Uma Regata", contará com um total de 8 publicações, que surgirão sempre à Terça-feira, às 21:00h, ao longo de Março, Abril e Maio! Aconselho-vos à toma de comprimidos para o enjoo! :P
Pormenor das cordas, num dos maiores veleiros do Mundo
Ao longo de vários quilómetros, em ambas as margens, dezenas de milhares de pessoas fotografavam e viam os 50 maiores veleiros do Mundo eu, a par de umas centenas de pessoas, tive hipótese de estar numa zona proibida a barcos não autorizados pela Capitania de Lisboa - tendo assim a hipótese de participar na magistral dança dos veleiros, com as embarcações também presentes no rio onde, naturalmente, irei revelar ao longo das próximas semanas dezenas de imagens pessoais.
Quando o veleiro italiano, de velas negras, passa pela Fundação Champalimaud
Durante esta nova rubrica do blog, irão vive-la tão de perto, que sentirão o cheiro a sal, terão salpicos de água salgada na cara, os vossos braços irão secar e até apanhar um escaldão. Irão ver dezenas de fotografias exclusivas, onde irão perceber detalhes únicos e sensações maravilhosas!

Preparem-se para a maior Aventura dos 7 mares, sempre às Terças-Feiras! Sejam corajosos!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 3 de março de 2017

Indigo Line Modus Vivendi

Oiiii!

Os dias já estão maiores e, apenas queremos saber quando é o 8º Jantar Anual da Blogosfera mas... calma, daqui a uma semana já saberão de tudo! Até lá, há que nos irmos preparando para a Primavera, pois os passarinhos já andam a treinar a sua melodia! =)
Modus Vivendi, para ajudar-nos a ultrapassar estes últimos dias de Inverno, lançou esta sua nova linha, onde nos deixa um belo sentimento de férias, calor e de... boa vida! A sessão de fotos foi feita em San Onofre, California, com o rapagão de seu nome Robert Barker! Ai Robert Robert... *.*
Saibam mais sobre estas cuecas
linha Indigo é composta por jockstraps, cuecas, boxers, manga à cava, casacos com capuz e ainda calças reversíveis: tudo no mesmo padrão mas, podem ver o site e inteirar-se dos pormenores!

Esta linha tem um padrão subtil de combinação de dois tecidos, entre os quais couro perfurado. A sua junção, tem como objectivo criar designs fortes e quentes que bem precisamos nesta altura do ano (e, este fim-de-semana, bem iremos querer... que vai ser de bater o dente!)! =D
Saibam mais sobre estas calças
Vá, mandem vir o que vos ficará melhor! Eu já recebi vários produtos e, tudo veio perfeito!

Para quem faz desporto de forma amadora ou profissional, pode adquirir produtos da PROZIS
com 10% de desconto em todo o site através do código AG10!!! Vá, poupem dinheiro!

Há gajas com muita sorte! Eu ficaria MUITOO melhor com ele!! =D Bitch! =P




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Mr Gay Syria - Film

Boa noite.

Este é o fim-de-semana onde o Ocidente premeia o cinema, a aculturação dos povos, e a liberdade de expressão mas, há países, onde isso não acontece.

Temos o direito de sermos aquilo que realmente somos. Temos o direito de sermos tratados como iguais, porque o somos. Temos o direito a Amor e, isso, ninguém nos tira.

Quando se vive numa país onde todos os Direitos LGBT's passaram a lei, onde se pode casar, adoptar, e onde é punível por lei a discriminação face à orientação sexual, é-nos longínquo o pensamento em outras realidades. Meus amigos, tenho a dar-vos uma má noticia: somos uma excepção. Há tantos, mas tantos países onde se é CRIME amar verdadeiramente... amar é crime?
Deste modo, é altura de sermos ACTIVISTAS! Não daqueles que vão à Marcha Anual de Orgulho Gay de Lisboa (ou de qualquer outro ponto do nosso país) e que, no resto do ano, tiram selfies em duck face para o instagram a mostrar que têm uma vida vulgar, - é altura fazer algo verdadeiramente eficaz e que mudará a vida de milhares de pessoas porque sim, estamos a falar de pessoas que merecem Amar livremente, tal como tu e eu!

Falo de países que praticam a pena de morte, chibatadas, trabalhos forçados, apedrejamentos (alguns, até à morte), prisão perpétua, tortura... isto por sermos homossexuais!

Levantem esses rabos flácidos e gordos e mexam-se! Partilhem o vídeo que está no fim desta publicação, façam-no chegar ao maior número de pessoas e, caso possam, façam donativos para este projecto! Sejam maiores do que vocês mesmos, e concretizem os sonhos de outros, iguais a nós. Estamos a falar, sem sombra de dúvidas, de Direitos Humanos!! Ajudem! Por favor!
Cada um de nós, tem o direito (caso queira) de viver no país onde nasceu e cresceu. Para isso, temos de lutar e, quando os nacionais não conseguem sozinhos fazer a mudança, têm de ter apoio internacional - têm de ter o NOSSO apoio! Porque É urgente o amor, é urgente permanecer. (leiam o poema Urgentemente, de Eugénio de Andrade)!!!

Ponham GOSTO na página de facebook deste projecto e, caso possam, façam um donativo.

Enquanto houver alguém, à face da Terra, que é discriminado pela sua orientação sexual, é responsabilidade de todos os cidadãos, e de todos os governos, lutarem para que isso acabe.
A Homofobia não tem fronteiras terrestres e é levada pelo vento... vamos divulgar este filme!

Caso queiram falar comigo, também estou sempre disponível.
E-mail - adolescentegay92@gmail.com




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Cemitério dos Prazeres

Boa noite.

Como é possível passarmos o Dia dos Namorados num cemitério? Eu sei, para ouvir as maiores histórias de Amor! Como é ternurento conhecer as histórias das personalidades urbanas do século XIX e XX - de Lisboa ao Porto (as personalidades rurais estão no Cemitério do Alto de São João)!!
Mas chega de preliminares históricos, passemos à acção! Na passada 3ªfeira, dia de São Valentim, a Magg (leitora deste blog) e eu, passamos a manhã (com o incrível Sol de Inverno) pelas várias ruas deste desconhecido - pelo menos para mim - cemitério, onde está a nata da nata do poder português.
Clica na imagem para ampliar
Começamos pelo jazigo de Elisa Hensler que foi, após a morte da Rainha D. Maria II, esposa de D. Fernando II (que se encontrara viúvo). É graças a este casal que se deve (para além de um enorme escândalo) a magnifica vila histórica de Sintra, com o seu ecossistema tão próprio! Elisa conheceu o viúvo da Rainha quando ela se encontrava em tournée em Portugal, quando esta cantava ópera (pois para além disso, tinha muitos outros dotes artísticos) todavia, esta tinha uma filha que o seu esposo nunca soube e só a assumiu após a sua viuvez. D. Fernando II, deixou em testamento à Condessa d'Edla, o Castelo dos Mouros e o Palácio de Sintra ora, sendo um escândalo, o Rei D. Carlos comprou-lhe por meio milhar de contos. Quando esta morreu, para além de receber honras de Estado e um representante da Rainha D. Amélia e do deposto D. Manuel II, foi reproduzida a Cruz Alta da Serra de Sintra e ainda, a homenagem pelo seu contributo pela diversidade de floresta daquela vila!
Clica na imagem para ampliar
Segue-se agora um dos beneficiados dos apoios da Condessa d'Edla e do seu esposo: Columbano Bordalo Pinheiro, famoso pintor e irmão do Rafael Bordalo Pinheiro.
Clica na imagem para ampliar
É agora que o porco torce o rabo! Este é o jazigo onde está... Rafael Bordalo Pinheiro. Sim, estranho. Não está no jazigo do irmão ou do seu filho. E é aqui com a história se mistura com os relatos de época e a língua afiada dos críticos com os ventos férteis da nossa imaginação: Rafael está no jazigo da família dos Viscondes de Faro e Oliveira. Esta família era muito próxima deste artista e, segundo o nosso guia, algo de muito grave se terá passado para este estar sepultado com esta família onde, nos foi conferenciado: "O Rafael [Bordalo Pinheiro] poderá ter tido alguma relação com a Viscondessa; ou com a filha deste casal; ou ainda... com o próprio Visconde - não se sabe!" - fiquei em choque - nas páginas ásperas da História, há lugar para um romance homossexual?! WTF?! =D
Clica na imagem para ampliar
E tinha de vos mostrar o jazigo da família Barroso Soares, onde já está a Maria Barroso e o seu esposo, Mário Soares. Dizem as más-línguas que o caixão deste coube à justa... onde, provavelmente, teve que se lascar um pouco o caixão deste ex-Primeiro-Ministro e ex-Presidente da República... o nosso actual Presidente, também tem lá um jazigo de família, mas muito discreto.
Clica na imagem para ampliar
"Se casar, não casarei senão consigo." E aqui está a querida Ofélia, a eterna apaixonada de Fernando Pessoa. Que justa foi a homenagem da Câmara de Lisboa de a colocar neste Cemitério onde, já não estava o Pessoa quando ela veio para cá - está num local sóbrio e recatado, apesar de estar numa zona central . Aqui, veio-me à lembrança a primeira especialista de Fernando Pessoa que "conheci"...
Clica na imagem para ampliar
Tinha que registar o jazigo onde está o poeta Cesário Verde, que conhecemos a sua obra, mais que não seja por termos estudado os seus poemas no Secundário... =)
Clica na imagem para ampliar
O maior jazigo privado da Europa está aqui, nos Prazeres, e pertence aos Duques de Palmela. Este jazigo que tem capacidade para 200 corpos, foi construído com instruções ligadas à Maçonaria e tem peças que valem uma fortuna... por exemplo, têm uma peça que vale 2,5 milhões de Euros! =D
Clica na imagem para ampliar
Algo que achei extraordinário, de uma sensibilidade única e de respeito, a família dos Duques de Palmela, enterram os seus empregados nos terrenos do jazigo!!! =)
Clica na imagem para ampliar
Depois de passarmos toda a manhã a apaixonarmos-nos por aquelas histórias únicas, era altura de adoçarmos o estômago e, fomos provar o... melhor bolo de chocolate do mundo, que fica ao lado do renovado Mercado de Campo de Ourique. Cada fatia custa 2,50€ e têm duas versões do bolo: o clássico (fatia ao fundo) e o doce  (fatia mais próxima). Comi o mais doce mas... fiquei arrependido, é demasiado doce! A Magg é que foi esperta... enfim, ela é um CD-ROM (como diria o "outro")! =D

Deixo-vos com uma das mais românticas canções italianas "Tu, soltanto tu"... *.*




Beijinhos e porta-te mal!! ;)