Até 24 de Novembro: inscreve-te por e-mail (adolescentegay92@gmail.com), no 1º Sunset Solidário da Blogosfera! Vota em quem nos ajuda... todo o ano! =D

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Chiado no Natal 2015

Olá!


Como foi esse Natal?

No dia 20 de Dezembro, resolvi ir dar um giro com a minha mãe. Adonde fomos? Ver as iluminações de Natal, na baixa alfacinha. A nossa ideia era ir ver aquelas paneleirices, que dava nas paredes da Praça do Comércio mas, também queríamos ver o que havia por lá de natalices.

Por volta das 17h e tal, estávamos a começar dar uma uma voltinha no Largo Camões e, resolvemos ir à Igreja da Nossa Senhora do Loreto (igreja bonita, apesar de já precisar de restauro... e, visto que tem duas portas, entramos pela escadaria e saímos pela lateral), depois e, praticamente à frente, fomos à Igreja da Nossa Senhora da Encarnação, onde fomos BARRADOS à entrada por estar a haver um concerto (fez-me logo lembrar quando fui barrado no Trumps por ser HOMEM!)... enfim. Começamos então a descer rumo aos Armazéns do Chiado (nem nos atrevemos a lá entrar, estava IMENSA gente na rua) e, como deverão saber, lá existe a Basílica da Nossa Senhora dos Mártires, no qual entramos, apesar de estar já a finalizar mais um dos concertos (tal como na outra onde fomos proibidos de entrar) e, só batemos palmas e fomos embora LOL - porquê? Estava cheia de gente e, muitas delas, pessoas de bem. Acabamos por continuar a descida e fomos ter ao Rossio. Passamos pela famosa pastelaria Nicola e, quando estávamos no fim dessa rua, vimos que ao cimo havia uma feira-qualquer e resolvemos ir coscuvilhar.

Já que estávamos nos Restauradores (e cheios de tempo lol), passamos à porta do Teatro Politeama e à porta da Câmara do Comércio (que tem uma sala de conferências lindíssima, no 1ºandar). Depois, fomos à tal feira, mesmo no meio da praça dos Restauradores - desilusão -, mais uma feira de enchidos e de provincialismo. Voltamos a descer, para o Rossio e, visto que ainda eram sensivelmente 18h, fomos experimentar/reviver a Pastelaria Suiça (como antes já tínhamos feito com a Confeitaria Nacional, que se tinha revelado uma grande desilusão).

A Suiça estava com imensa gente! Entramos pela porta existente no Rossio e, atravessamos pela pastelaria dentro e fomos ter à entrada pela Praça da Figueira. Aí, após ver a monstruosidade de preços praticados no balcão Versus esplanada (chega a ser uma diferença de 0,70€ por unidade pedida), resolvemos comer, ao balcão, 2 croissants com manteiga, um galão para mim e um chocolate quente para a minha mãe. Para surpresa minha, a maior parte das pessoas que lá estava, era de portugueses! Quando acabamos, saímos rumo ao Mercado da Baixa, situado na Praça da Figueira - aí, mais do mesmo: venda de bugigangas made in china, a par da venda de enchidos. Gostaríamos de ver melhor a Praça da Figueira, mas estava muito mal frequentada e não nos apetecia nada sermos roubados lol.

Saímos de lá e fomos, da maneira mais lenta e calma possível, para o Terreiro do Paço. As transversais da Rua Augusta, dão pena: lojas fechadas, prédios abandonados, praticamente sem luz na rua.... atravessa-se para a Augusta, e é uma diferença como do dia para a noite: rua cheia de vida, cor, cantorias e aplausos... Que diferença! E chegamos à Praça da Estátua de Rei D. José!

Após estarmos cerca de 30 minutos à espera, lá começou o video projectado nas paredes (video abaixo). A praça estava cheiaaaaaaaa de genteeee e, depois, porem os filhos nos ombros, não dá com nada. Atrás de mim&minha mãe, estavam 2 gays - não sei se eram casal ou 2 amigos, mas sei que um deles, não parava de falar das reuniões de condomínio.... ya.. coisa tão interessante, saber os desaguisados entre ele e os vizinhos, e o problema das actas... meia hora a ouvir aquilo, credo!

[Quando é que vemos a ILGA, e as demais associações-de-paneleiragem em Portugal, realmente fazerem algo verdadeiramente cultural em Lisboa. Tornar Lisboa como ponto de foda-obrigatória-na-Europa, é fácil (basta vermos o que se passa por aí), difícil é tornar esta magnifica cidade, como centro de atracão económica, de investimento e de lazer para a gama média-alta a nível global!... Enfim - enquanto for mais forte a competição em vez da união, nada irá mudar. A ILGA, em vez de gastar dinheiro a trazer cantores da merda, como aconteceu este ano no Arrial Lisboa Pride 2015, e se gastasse o mesmo a tornar isto verdadeiramente atractivo... Ou a ILGA também tem interesse em que sejam "os privados" a ficar com a parte boa das estrelas internacionais?... Enfim, isto deve ser a minha veia comunista a falar, só pode!]

Depois de termos passado uma tarde a bater perna, fomos à Telepizza para jantarmos... e não é que havia a promoção: compra 1 e leva 3? Empanturrei-me de Americana (e ainda sobrou para levar para casa, claro xD)!

Já estamos muito perto da passagem d'ano... est'ano, e à semelhança d'ano passado, ficarei em casa, a ver a TVI... Como deverão lembrar-se, não sou fã desta festividade e, depois de perceber com os meus amigos já têm os seus próprios planos... nada melhor que estar de robe, e rodeado de aconchego, para o ano de 2016!... Já agora, desejo a todos um próxim'ano maravilhoso e cheio de coisas boas (e de dinheiro para os saldos! ahah)... e, a propósito: este blogue fará, em 2016, 7 anos de existência - Weeeeeeeeee!!!!!

Vídeomapping: "As Portas Encantadas", no Arco da Rua Augusta, Lisboa, Portugal, Europa, Planeta Terra, etc lol




Beijinhos e portem-se mal!! ;)


P.S. - O Paulo Portas saiu irrevogavelmente da vida política?!... Hmmm...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Carta ao Pai Natal 2015

Boa noite.

Como já é tradição aqui no blogue, é altura de escrever uma cartinha ao nosso Pai Natal, para que ele, nos traga o que mais desejamos.

Poderia-vos descrever, pormenorizadamente, o que gostaria de receber de cada marca internacional - podia. Poderia dizer a roupa que mais preciso - podia. Também poderia dizer quais as peças que, futilmente precisaria - podia. Até podia engraçar e fazer uns trocadilhos simples, para brincar com tudo isto mas... podia - não é o que farei este ano.

Cada vez mais penso que, o que me faz falta não é roupa quente, umas calças de corte contemporâneo ou uma camisa tão fina quanto aquilo que pretenderia parecer; uma mão cheia de saúde e outra de sucesso, ou até mesmo dinheiro para pagar tudo quando nada se tem. O que realmente faz falta na vida é - tudo isso, mas também -  Amor.

É o Amor (com A maiúsculo), que nos torna quentes, modernos e saudáveis. É o Amor, que nos torna reais, genuínos e felizes. É apenas o Amor, que nos faz acordar de manhã, com vontade de vencer e encarar o desconhecido com um sorriso. É unicamente o Amor, que nos torna fortes, corajosos... e nós próprios.

É a falta de Amor, que torna fracos... maus... e gastos. É o Amor que, dá brilho incessante à nossa vida, mesmo nas entranhas, da mais profunda e longínqua escuridão negra e gélida. Porque o Amor é sermos nós próprios, na mais naif essência e inocência nudez dos nossos sentimentos mais íntimos, e sonhadores. Porque é o amor que nos faz - sim -, que nos faz... ter esperança.

Assim, meu querido... Pai Natal - este ano apenas te peço, Amor. Basta-me a quantidade suficiente para me tornar feliz, na exacta proporção do meu desejo, necessidade, e gula. Estou certo que, conseguirás "matar dois coelhos numa só cajadada" e não te trarei muito trabalho para este ano.

Desejo a todos e a ti, Pai Natal, o mais amoroso dos Natais, conforme manda a época, junto de doces, roupa quente, e claro, presentes.


A música mais tocada nesta época, na versão do país-do-amor.
Convosco, Dalida.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Eu bem te disse

Boa noite.

Sim, tenho medo do "eu bem te disse" mas, quem é que não tem?!

Ando bastante triste, parece que nada me corre bem.

Até agora só fiz um teste e já sei a nota: 9,75 valores. Porra, 9,75?? E esta é uma das disciplinas/cadeiras que melhor me adaptei na faculdade.... o que será das outras, especialmente, "daquela" que envolve contas? Estarei, certamente, chumbado à primeira volta! Estou triste por isso. Sinto que não estou a aprender nada de jeito e, assim, não tenho entusiasmo para estudar. Sinto que estou a aprender coisas que não me interessam para nada e, ponho cada vez mais em causa, eu e os meus colegas, o curso onde entramos visto que, não era a nossa primeira opção!

Cá em casa, afinal, não temos casa para onde ir viver.
A minha mãe chegou à conclusão que, a casa para onde iríamos era cara para a dimensão/localização. Lá voltamos à saga, "À procura de casa - Parte 2"... =(

A falta de dinheiro também está a ser complicada. Tive que pedir ao meu melhor amigo (visto que não peço à minha mãe), dinheiro emprestado para poder comprar o passe, para poder ir para a faculdade... Não gosto mas, não tenho dinheiro. Está a ser difícil.

Depois, ainda há a situação amorosa/afectiva. Estou solteiro há quase 2 anos. Há quase 2 anos não me sinto desejado, amado... e sem qualquer tipo de sexo - há quase 2 anos!
Nada disto está a ser fácil, sou uma pessoa de afectos e de dar/receber carinho e, estar assim há (quase) 2 anos, está a ser cada vez mais e mais complicado.


O que fazer?
Sim, tenho medo do "eu bem te disse".
Medo de ficar sozinho.
Medo de dizer tolices mas, o que fazer?


Com esta mistura de situações, não tenho qualquer entusiasmo para nada trata-se, como percebem, de um circulo-vicioso que, não sei como terminar com ele.

O que me resta se não seguir em frente?



Porque todos temos medo.





Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Ela está a chegar!

Olá!
Tudo bem??

Hoje irei falar sobre o tema mais evitável - e tenebroso - dentro da chamada "comunidade LGBT": a velhice!

Já todos nós sabemos o seguinte:

Bicha que é bicha... é jovem.
Bicha que é bicha... sai todos os fins-de-semana.
Bicha que é bicha... traí os "amigos" sempre que pode.
Bicha que é bicha... tem terror quando aparecem as primeiras rugas.

Bicha que é bicha... é idiota!
Porquê evitar o inevitável - a velhice?

Todos nós (eu e, até mesmo, tu), estamos a envelhecer, neste preciso momento. Estamos a perder elasticidade, visão, e todas essas coisas. Sabes porquê? Porque estamos a viver!

Juro que não percebo, o ódio - mascarado de dó e piedade - que, pessoas como nós, eu e tu - leitor -, têm em relação aos mais velhos; tratam-os de uma forma asquerosa e, como se algo lhes pegasse (como não lhes pegasse nada que possa existir, nos sítios que frequentam...) mas, esquecem-se que, um dia, vão, visivelmente, envelhecer.

O que significa isso?

> Perder a pele luminosa e sedosa;
> Ganhar perspectiva sobre as coisas da vida;
> Saber quem são os nossos verdadeiros amigos e
> Dar o verdadeiro valor ao que se merece - o que realmente importa, somos nós.

Vamos lá parar e pensar 5 segundos, sobre FACTOS LGBT's na velhice:

A probabilidade de suicídio aumenta  (tal como na adolescência). Mas devido a quê?

Surgimento de problemas de saúde, falecimento de amigos (e/ou do companheiro), desagregação social (aquando da perspectiva de se ir para um lar/centro de dia) e outras coisas mais.

Já não basta sermos marginalizados pela sociedade, para quê hostilizar dentro da nossa própria casa?

Meus queridos, trata-se, apenas e só, de uma consequência natural de estar vivo (como diria a tia Lili) e, todos nós, havemos de lá chegar. Como? Sempre lindos, maravilhosos e com um sorriso nos lábios, claro! =D


Deixem-se de coisas, e amem-se sem merdas!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Carris de 3ºMundo!

Olá olá!!

Hoje falarei sobre a nossa tão amada/odiada, CARRIS. Não, não vou buscar o "poder de argumentação" da Manuela Moura Guedes, sobre esta empresa que, agora, foi concessionada durante 8 anos, pela empresa espanhola Avanza; irei falar sobre a minha vivência nesta empresa que uso diariamente aqui, em Lisboa.

Ainda esta semana enviei para a CARRIS duas queixas sobre os seus serviços. Paga-se um dinheirão de passe e, eles, nem cumprem com os horários e a frota está a cair em avarias sucessivas (já para não falar da higiene)! Depois, para nos rirmos todos, fazem aquelas campanhas de "Caça às bruxas", isto é, "caça aos jovens brancos" porque sim, são eles que não pagam bilhete! Quando a fiscalização apanha uma pessoa que lhes faça frente a valer, apenas tem de ir comprar um bilhete e, não, não passam a multa! Mas, claro, a culpa é associada sempre aos jovens brancos que, com a publicidade vergonhosa que fazem dentro dos autocarros e, o clima que é incutido pela CARRIS, faz com que exista ódios geracionais ( + velhos VS + novos), não dando bom resultado.

Não nos podemos esquecer que, o clima de insegurança é notório, principalmente, para os motoristas. É sabido que, muitos deles, saíram da empresa por comum acordo, levando com eles baixas indemnizações e, com isso, foram fazer vida para os arredores de Londres, a conduzir autocarros públicos (e a ganhar 3x mais). Ainda curioso é que, agora, a CARRIS está com défice de motoristas... há autocarros que nem saem das estações, porque não há ninguém que os conduza.
Mais, muitos dos atuais motoristas andam a ser cuspidos e agredidos pela população, pelos constantes atrasos e por demais motivos (a culpa não é deles... não há é motoristas!). Assim sendo, os poucos motoristas que existem, ainda metem baixas psiquiátricas porque, não aguentam e, muitos deles, chegam a casa a chorar e com medo do dia seguinte. Quando um motorista pede ao seu supervisor para mudar de chapa (carreira), este recusa e ainda humilha-o perante as restantes pessoas presentes na estação de autocarros.

Eliminar carreiras? Não podem fazê-lo. Contratar motoristas? Não há orçamento para tal.
Tudo isto que está a acontecer é uma vergonha!

E sim, os motoristas da CARRIS ganham pouco para aquilo que fazem, e aturam, diariamente.

Não pensem que ganho alguma coisa por dizer isto, ou dizer outras coisas aqui, no meu blogue.
Tudo aquilo que faço referência neste cantinho, não ganho 1 cêntimo, nem ganho presentes...
Sim, ainda há gratuitidade neste mundo!


E porque isto tudo faz-me querer ir para Vayorken...




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Começou há um mês!

Olá, boa noite!
Como correu a semana??


É altura de fazer o balanço do primeiro mês de faculdade! Neste curto espaço de tempo, já houve tempo para tudo: rir, amar, chorar, reencontros e até desilusões.

Tenho gostado do curso onde estou. Apesar de não ter estudado muito o que já dei, tenho aprendido MUITA coisa. Estou com medo que não consiga fazer todas as cadeiras mas.... irei tentar. Os meus professores são, globalmente, incompetentes mas, alguns deles, até são simpáticos. lol

Sobre os meus colegas: tenho alguns que são altamente qualificados e, outros, uns parvinhos com mentalidade provinciana, a roçar à estupidez e à ignorância.  Mas, a conversar com uma colega, descobrimos que ela fez o 12ºano na mesma escola que eu e, a professora de Português do 12º dela, foi a mesma que a minha, mas no meu 11ºano!! xD Sobre homens giros: sim, tenho uns colegas muito bem feitinhos de cara e corpo (tenho lá um, que anda na Força Aérea e que, tem uns bicipes OMFG!!!). Certamente recordar-se-ão do gajo que já falei algumas vezes. Pois bem - há desenvolvimentos!

Eu já tinha falado dele, aqui e aqui mas, quando estávamos numa aula e, quando havia perguntas por parte da professora, eu tinha a sorte em acertar, o gajo ficou de orelha em pé e, começou a fazer-me perguntas sobre o assunto que estava ser falado na aula e, ele disse, que no fim queria falar comigo para me explicar melhor.

No fim da aula, fui com ele a uma livraria e no caminho lá falamos.... Ele estava a enrolar e a complicar a conversa e a dar exemplos e bla bla bla e eu: Vá, pára lá com os rodeios e fala comigo como deve ser. Eu sei que trabalhas X. X = uma das discotecas gays lisboetas. Ele fica em estado de choque.... deve-lhe ter caído tudo e depois riu-se de nervoso e, lá voltei à conversa, como se nada fosse - dando nome ao que antes era palha! Entretanto, ele começou a pensar que eu estava contra o que ele fazia mas, o que lhe queria fazer, era para ele ter noção do que faz e que, quem tem um trabalho tão visível quanto ele, nunca ficará invisível, quando quiser um "alto cargo na administração publica" ou um qualquer outro trabalho. Ele começou a dizer que não era bem assim e que as pessoas esquecem-se..... Enfim, eu fiz o que achei correcto: não se pode ser um santo durante o dia e à noite uma puta, sem as pessoas saberem de ambas as coisas - mais tarde ou mais cedo, TUDO se sabe e, quando se põe a jeito, ainda mais fácil e, na internet, nada é apagado!

Conclusão, a conversa foi tida a 30/09 e só voltou dia 06/10.... Quando voltou, tentei meter conversa (para esclarecer algum mal entendido) mas, ele evitava-me. Agora, ignoro-o. Apesar dele estar ao meu lado, parece que ele não existe - não trocamos uma única palavra. Enfim, ele que foda a vida dele à vontade. Pena das pessoas que só conseguem olhar dois palmos à frente..... Eu fiz o que devia e não estou arrependido. Ah, é verdade, ele disse às minhas colegas que esteve no Alentejo e, quando precisa de reflectir, isola-se do Mundo..... Eu a pensar: 'tá - ficaste foi balançado com o que eu te disse mas, os teus amigos da noite, lá deram a volta à tua cabeça e avisaram para te afastares de mim. E pronto, afastei-me.

Esta semana foi muito bombástica para mim (não esquecendo o meu último texto)... Contudo, há coisas boas!

Já temos casa para ir viver! YUPI!!! Não é grande coisa mas, tendo em conta a localização / estado da casa / preço / tempo apertado, foi o melhor que se arranjou!

Homens? Claro! Tenho conhecido alguns e, especialmente um musculado (um corpo divino!) e que, tem cérebro - vamos ver como corre!!

Digam-me lá se esta música não é digna de uma Eurovisão?

Já sabem, sempre que quiserem, podem escrever-me para: adolescentegay92@gmail.com


Ai o meu coraçãozinho...




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Demagogia, para quê?

Boa noite, meus queridos.

Estou em estado de choque. Nem sei bem o que dizer.
Fiz e refiz este texto inúmeras vezes.


Ontem soube de uma coisa que, preferia nem saber. Mas não me foi dito - eu vi! Vi o que, nunca esperava ver e, por consequente, veio dar-me razão aquilo que já pensava há muito mas... nunca quis esperar que fosse acontecer e, pior - eu ver.

Ver a queda - a pique -, de quem já amámos muito e...
Apetecia-me, como diz o meu melhor amigo "arrebentar a bomboca" mas....

Não o farei pois, para além de me desejar bem, gosto de mim.


Outra coisa que não percebo e, nem sei se algum dia entenderei, é como é possível a Coligação PSD/CDS ter ganho as legislavas (mesmo sem maioria). Mas esta gente anda a dormir? Mais: como é que é possível haver bichas, aliás, putinhas, filiadas nas juventudes dos partidos da direita e, falo concretamente, do Partido Popular? Como é que eles, enquanto homossexuais, podem defender, enquanto filiados partidários, situações opostos à nossa vivência? Como é que eles, utilizadores compulsivos dos sites de engates, conseguem ter algum crédito quando defendem ou acusam outras formas de vida? Como é que eles, enquanto homens, onde têm os colhões para admitirem aquilo que são!

Isto são coisas que me causam imenso desconforto e faz-me pensar que: Serei o único a ver isto? Estarei errado? Qual a necessidade de se exporem ao ridículo e de "tatuarem" o seu futuro de uma forma simplesmente básica e, que podia ser facilmente contornada? Começo a pensar que muita gente gosta de ser rotulada, pois devem pensar que, se o forem, fazem parte de alguma coisa - fazem parte de um circo que tende nunca acabar, pois enquanto houver ambições idênticas, é ciclo vicioso.


E porque sim...




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Não tenho corpo?

Ai isso é que tenho!

Tudo bem convosco?


Há uns tempos, disseram-me que não tinha corpo. Sabem que mais? Não me ofendi e até disse: não tenho mesmo corpo e nem pretendo te-lo! Confusos?

Fui "convidado" a aparecer numa sessão de esclarecimento sobre a Força Aérea. Óbvio que não quero ir para tal coisa (a não ser, claro, um homem que me leve aos céus!) e, visto que cheguei 2 horas mais cedo, e a sessão anterior nem tinha começado, enfiei-me para lá, para despachar-me mais depressa. Quem dava a sessão? Um homem com 1,90m, moreno do sol de Caparica, de T-shirt e com os braços tatuados, barba de 3 dias e lindo de morrer? Não! Uma gaja esquelética! Pelo amor de deus - assim nem dá vontade para nada!! =(

Ainda antes do inicio da sessão, fui convidado a sair e aparecer na minha hora marcada. Sai? Claro! Fiquei calado? Não! Comecei a dizer, a quem tinha aceite a minha entrada e que, passado uns minutos me expulsou, que eu não ando a brincar e que, para estar ali, estava a faltar às aulas no curso A, na faculdade B e que, não quero saber nada da Força Aérea! Onde fiquei? Mesmo há porta da sala, à espera que o tempo passasse. Ela disse para eu ir beber um café e voltar daqui a umas horas, ao qual respondi: "Tenho pressa! Vou ficar aqui à espera que chegue a minha vez!" traduzindo - Tu, minha puta de merda, estás a lixar-me? Pois bem, vou aqui ficar 2 horas e, se algum chefe teu fizer algum comentário, fodo-te! Minha vaca de merda! 'Tás fodida! (a notar-se as veias do pescoço!)

Passado um bocado, percebi que o chefe dela estava a falar de mim, com a gaja. Passado uns minutos, ela chamou-me:

Puta - Então o senhor não pode cá ficar...?
Eu - Se for da sua vontade, fico! Mas a sessão não me servirá de nada, eu estou a estudar...!
Puta - E o que estuda?
Eu - Métodos-ancestrais-para-matar-gajas-como-tu (lá lhe respondi o que queria saber)!
Puta - Ahh.... muito bem... Então pode ir embora...
Eu - Desculpe? Posso ir embora? De certeza? Estavas a gozar comigo?
Puta - Sim, diga-me só o seu nome....
Eu - Adolescente Gay
Puta - Pois... sim sim, pode ir. Você nem tem corpo para isto...
Eu - (Ficar ofendido? Eu queria era despachar-me daquilo! Não tenho corpo de atleta  de competição, mas não estou propriamente mal servido em atributos, especialmente, traseiros LOL) Sim, não tenho mesmo e não é minha vocação seguir este tipo de trabalhos...
Puta - Então, vá se lá embora e boa sorte.
Eu - Tem a certeza que posso ir embora? Estás a falar a sério? Fizeste-me aquilo tudo para nada?
Puta - Sim sim, sem problema.
Eu - Obrigado. Uffa!

Pus-me a andar dali com passo celérrimo, não fosse a outra mudar de ideias!!

Mas, apesar de tudo, vim tristinho... Não vi um único homem que se aproveitasse!


Por falar em corpos divinos (ou falta deles), para a semana falarei sobre o meu Papi...




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Eu voto Livre!

Olá!

Segundo as sondagens, há uma percentagem enorme de indecisos para as eleições do próximo domingo. Eu, já sei em quem vou votar - há meses!

Eu sempre votei em partidos de esquerda: votei uma vez no candidato Presidencial do Partido Comunista Português e, votei outras vezes no Bloco de Esquerda. Com o surgimento do Livre, e ingresso da Ana Drago (e de outros) nesse novo partido, fiquei com o meu voto decidido. Já tinha votado neles nas Europeias e, no próximo domingo, irei repetir a minha cruzinha.

Porquê?

O Bloco, está-se a tornar igual ao PCP - partidos anti-governo. É necessário haver um partido-bengala, na esquerda (visto que o CDS já faz esse trabalho na direita e com sucesso). O Livre, pelo que parece, está disposto a coligar-se ao Partido Socialista e, assim, puxar algumas coisas para o lado esquerdista e não para o lado do centro-direita - coisa que o PS tem feito nos últimos anos.

Dou uivos de alegria só de pensar que o Cavaco vai deixar de ser Presidente mas, tenho um medo: quem o irá substituir? Não votarei Maria de Belém, isso é certo. Caso não apareça nenhuma figura marcadamente de esquerda, terei que votar Sampaio da Nóvoa (apesar de não ser bem o que procuro). Se o Marcelo se candidatar? Também sou capaz de votar nele, só para ver se ele implementará o que tem dito há anos nas televisões!

Há que votar nos que roubam menos... porque todos roubam! - frase dita por uma colega minha que, trabalhou no Borges e Irmãos, banco comprado pelo próprio avaliador (BPI), no tempo do governo de Cavaco Silva. Ela lembra-se, dos almoços que todos eles tinham nos restaurantes de Lisboa e, que se fazia tudo às claras. Também todos nos lembramos que, o Pavilhão Atlântico, foi comprado pelo genro do Cavaco Silva. Genro esse que, nos tempos que trabalhava numa rádio, não tinha onde cair morto!

Há é verdade, já me esquecia - o Passos Coelho! Ele que era o mais africano de todos os candidatos, morava em Massamá e a sua mulher trabalhava com crianças... Pois, a mulher dele era domestica e, quando se tornou Primeiro-ministro, tinham que lhe arranjar algum trabalho "bonito". Viver em Massamá? Ele agora vive num condomínio de luxo, em Lisboa, em que o ordenado dele, não lhe permitiria tal aquisição. Sim - ele ROUBOU, como todos os outros!

Domingo, votem na esquerda - seja ela qual for!

Raquel Varela, a falar sobre o (ainda) actual Primeiro-ministro.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

És a minha gaja!

Boas!

Quantas vezes é que nos sentimos observados por mulheres? Hoje, irei falar o que me aconteceu nos últimos tempos - só gostava que acontecesse o mesmo, mas com homens! Foda, precisa-se!

Seguindo!!

Aquando dos Saldos, numa das Sacoor's da capital, arrasei um coraçãozinho de uma funcionária que - imagine-se - estudou no Colégio João de Deus e, para espanto, a moçoila era extremamente bonita e tinha palavreado de gente de bem. Fiquei foi sem perceber o motivo da queda daquele anjo...! Então, costumo ir aquela loja e, naquele dia, uma rapariga veio ter comigo a perguntar:

- Precisa de ajuda? Procura alguma coisa em especial?
- Sim, por favor. Têm camisas de linho (estava com a panca lol)?
- Hmm, deixe-me cá ver!... Venha cá - toque nesta. É de linho?
- Não, isto não é linho...
- Pois, há pessoas que conseguem sentir quando é ou não é linho...

O que lhe respondi? Apenas sorri-lhe com um ar envergonhado... Ahahah! Mas, durante toda a conversa, ela falava-me com um tom meloso e bastante disponível a contar-me a sua vida académica, pessoal e sempre muito atenciosa! Inclusive, indicou-me várias outras marcas de roupa onde poderia encontrar o que queria.
Passado uns dias, voltei lá e quem veio ter comigo? A gaja!! Perguntou-me logo se tinha encontrado as camisas de linho (como é que ela lembrava-se? tinha passado quase 1 mês!) ao qual respondi que não (a 1ª vez que lá tinha ido, já tinha comprado uma) e voltamos a conversar...

Também na minha turma e, logo nos primeiros dias de aulas, duas colegas + o-tipo-mais-giro-que-existe-que-por-sinal-é-uma-grande-putinha, cismaram que conheciam a minha cara de algum lado e começaram a perguntar se eu era conhecido ou se já tinha ido à televisão. Eu, de gargalhadas fartas, dizia que não mas, ficaram na dúvida se estava a gozar com eles, ou não! xD

Quando ando na rua é muito comum, sentir-me observado, olhos nos olhos, pelas pessoas - homens e mulheres.


Fico no dilema: Sou bonito ou tenho cara de palerma? O velho dilema deste solteiro (e muito carente!) gay lisboeta. Fuck!


A música do dia!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Júri Nacional Exames

Olá a todos!

Não sei como vocês se sentem nesta entrada de Outono, mas eu estou constipado! =(
Lembram-se, certamente, da minha publicação sobre os Exames Nacionais, que fiz este ano. Pois bem, devem-se também recordar da minha - vergonhosa - nota a História. Quer eu, quer o meu melhor amigo, achamos muito estranho eu ter apenas 88 pontos, isto é, 8.8 valores. Logo eu, que gosto de História e era um aluno, pelo menos, mediano. Não podia ser. Não era possível ter nega a História e ter tido 130 pontos (13 valores) a Português! Algo não batia certo!

Assim sendo, pedi acesso à correcção do meu Exame e, com o meu melhor amigo, estivemos a escrever 7 páginas de pedido de reapreciação da prova. Enquanto o fazíamos, estávamos a ouvir música do Super Bock, Super Rock - estávamos nas esplanadas do Vasco da Gama! A trabalhar, mas em grande estilo! xD

Todavia, quando saiu o resultado da minha reapreciação, tive um choque!
E não é que tive, exactamente, 99 pontos?

Clica na imagem para ver melhor

Depois, para cumulo, o parecer da professora relator foi.. bahhhhh!!
Parecer do professor relator página 1 de 2

E, calmaaaaa - teve a trabalheira de escrever duas páginas! -,-
Parecer do professor relator página 2 de 2

Depois lá veio a grelha e, percebe-se que a puta tirou-me 4 pontos.....
Grelha de classificação do meu Exame de História A

Obviamente que fiquei passado!!!!  Assim, faço uma reclamação da Reapreciação mas, desta vez, com 10 páginas, rumo ao Júri Nacional de Exames e, não é que mantiveram-me a merda dos 99 pontos???
Júri Nacional de Exames a manterem-me a classificação

Tenho a certeza que o Júri não se deu ao trabalho de ler, com a devida atenção, o meu Exame.
Tinham mais que fazer do que, em pleno Agosto, corrigir o meu Exame e ganhar 15€ por isso!

Resultado final das minhas Provas de Ingresso:


Enfim. Depois de muita ansiedade, trabalho e desespero, não ultrapassei os 100 pontos. Desejando, obviamente, que todos aqueles que corrigiram o Exame, tivessem uma tremenda diarreia, ao ponto do seu ânus... desfazer-se. Grandessíssimos, cabrões!


Depois de tudo isso, só me restou a neura.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

1ª Semana Faculdade

Olá!

Chegou a altura de vos fazer um breve resumo desta primeira semana de faculdade. Não vos vou encher de pormenores, apenas das coisas boas e más.... até agora!

Começando pelas más:

Já comecei a dar matéria. Matéria essa que, não percebo nada - envolve contas. Pelo amor de Deus - eu já tinha pensado que nunca mais mexia em matemática e afinal... Desistir já da cadeira? Não! Vou fazer tudo o melhor possível e, depois, logo se vê! Enfim - Oxalá, o passo não desmereça.

Agora, as coisas boas:

Gosto, globalmente, da turma. Sinto que estamos todos no mesmo barco e em sintonia - independentemente da classe social, profissão ou idades. Dou-me muitíssimo bem com a colega mais velha - digníssima senhora - e com os restantes colegas que, já me vêem, como uma referência e já tenho colegas a querem sentar-se ao pé de mim (como se tratasse de uma vitória perante outros) e a querer fazer trabalhos de grupo comigo. É bom causar uma primeira boa impressão.... ao longo de uma semana! =)
Todavia, tenho um colega gay.

Não sei o que dizer sobre ele.

É giro.
É Lindo.
Magnífico.
Tudo isso - e acho que estou apaixonado - mas:

É putinha.

Consegue-se mudar alguém com vícios? Não, e tenho imensa pena disso. Acho que é lindo e, por incrível que pareça, é mais novo que eu, exactamente, 11 meses. Logo eu que "só gosto" de mais velhos! XD

Na faculdade há gajos giros? Sim! Mas sou demasiado cobarde para me fazer a alguém. Enfim - Oxalá, o Carnaval aconteça.

Sobre a minha vida doméstica - continua tudo igual. O banco continua com ameaças e nós à procura de casas decentes que, por Lisboa, é impossível! Temos vendido algumas coisas cá de casa que, já sabemos, não nos farão falta. Está a ser difícil? Sim, mas é a vida.


Em suma:

Oxalá, o meu futuro aconteça.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Nissan Qashqai & Eu

Olá!

Hoje tenho que vos falar de uma conversa que ouvi no barbeiro. Conversa essa, digna de registo e deu para sonhar um pouco.... Explico!

Estava eu a cortar o cabelo e veio um sujeitinho para fazer o mesmo mas, percebi, que quer ele quer o meu barbeiro já se conheciam e puseram-se na cavaqueira. "Óptimo" pensei eu "Assim já não tenho que falar da minha vida nem sobre temas fracturantes, entenda-se, o futebol!".

Puseram-se a falar das férias e, o tal sujeitinho, acaba por dizer como foram as dele.... Sou-vos sincero, a primeira parte da conversa não ouvi - estava vidrado no homem! Oh-meu-deus!!! Aquele homem devia ter uns 30 e poucos anos, cabelo a iniciar-se grisalho, um rosto lindíssimo e uns bicipes salientes e tatuados (estava de t-shirt e a chover lol) - que mais poderia eu pedir por apenas 6 Euros (valor do corte lol)?! Para apimentar mais a coisa, eu não tirava os olhos dele e ele não tirava os olhos de mim! Oh-meu-deus, que homem divinamente celestial! :O

Depois ele lá se gabava que fez de Lisboa a Braga em 3 horas, que tinha um Nissan Qashqai (que eu adorava conhecer!)... e, depois, vem a parte má. Não é bem parte má, porque não seria o primeiro nem o último e, toda a coisa boa, tem uma coisa má..... isto é: tem dois filhos com menos de 5 anos e lá dizia que fazer viagens com os filhos é complicado, pois querem ir à casa de banho, ou conhecer ou são, simplesmente, chatos! Eu, naquela cavaqueira, era apenas o espectador e acenava sempre que sim!! XD Seria ele bi... ou gay?!

Acabei por ir embora e não falamos rigorosamente nada. Fiquei curioso se me poderia dar boleia! OMFG!!! =D

Vamos todos cantar, que nem num Karaoke esta música, que tocou na rádio, enquanto eles falavam e, eu, suspirava. Eu começo:

Ken liiiiiiiiiii 
Bada bada bada yoooouuuuKen liiiiiiiiiii 
Ken liiiiii any moooooorreee

Não canto bem?? xD




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Saldos de Verão

Boa noite!

Queridos, os Saldos já terminaram e chegou a altura de fazer o levantamento desta época do ano tão especial.

Nos últimos anos, tenho aproveitado muito os Saldos e, não me lembro de comprar roupa noutra época, sem ser esta que, felizmente, há duas vezes por ano!

O que procuro é cada vez mais diferenciado e para uso do dia-a-dia. Já não procuro aquelas T-shirt's a a 3€ que existem na Zara & Companhia (até porque, já tenho "muitas" lol). Procuro coisas que preciso e, espero para comprar quando estiverem mais económicas e, este ano, acho que foi MUITO proveitoso!!!!

Começos pelos pés. Já há muito que queria renovar os meus sapatos de vela e, como sabem, este tipo de calçado nunca altera o preço ao longo do ano mas.... tinha mesmo de comprar, visto que já estavam francamente velhinhos! =( Depois de correr várias lojas à procura de uns baratos, que fossem o meu tamanho e que gostasse, achei uns. Onde? No Guimarães! Lá até se encontra calçado bom e o preço.... gastei 27,95€ por uns sapatos de vela como eu gosto - simples e originais (castanhos)!

Há muito queria comprar uma camisa diferente e extremamente chique, no qual seria de um tecido que já os egípcios usavam... o linho! Estava com a minha mãe na Cortefiel e reparei numas camisas simples - só havia de cor branca, azul-bebé, verde-claro e rosa/salmão, decidi tocar, abrir e eram.... de linho e apenas custavam 19,95€/cada! Seguindo o conselho da minha mãe, resolvi experimentar e fica-me bem! Comprei apenas uma camisa azul, na esperança de, voltar passado uns dias e comprar outra, de outra cor mas... já não havia nenhuma! Não estão bem a ver - este tipo de camisas, noutras lojas (exemplo, Massimo Dutti ou Sacoor), são mais caras ou, mesmo com desconto, não têm tamanhos decentes!

Claro que também tive de fazer comprinhas na minha querida Zara!

Comprei uma camisa superslim fit, vermelha, por 12,99€ - era extremamente bem cortada e, apesar de ser um pouco elástica e eu não estar na minha plena forma física, considerava que ficava-me muito bem, até porque, com um blazer por cima, não se nota nada! XD

Depois foi altura de aproveitar os Saldos para cuscar roupa de Inverno e, como sempre, há uns achados maravilhosos!

Esta Encharpe está actualmente à venda na Zara

Como se devem recordar, eu tinha-me apaixonado por uma gabardina que tinha visto na Zara e, apesar de não ter visto gabardinas baratas ou sem defeito de fabrico, achei uma que, apesar de não ser tão comprida como a outra que gostava, era simples, bem desenhada e com uma cor que a minha mãe já aprovada - era bege! Nesse mesmo dia, resolvi dar uma voltita pelas Encharpes e achei uma que não tinha igual em casa lol Estão a ver a imagem que está em cima? Pois bem, vi uma igual, mas ligeiramente mais clara. Ora, quando fui ao provador experimentar a gabardina e a encharpe - vi que o conjunto era muito bonito e.... económico! A gabardina custou 15,99€ (apesar de dizer que custava 19,99€ lol) e a Encharpe 3,99 €.

Assim, no total, estas comprinhas nos saldos custaram-me 80,91€. Fiquei com pena de não ter visto calças de jeito nem ter comprado mais uma camisita de linho.... Enfim, fica para os Saldos de depois do Natal. =/


A grande. A diva. Grace Jones.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - 2ªFeira começam-me as aulas.... Estou com uma mistura de medo, pânico, vergonha, entusiasmo e desconforto... Vamos ver como corre!

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Exames Nacionais 2015

Olááááá!!

No ano passado quis entrar na faculdade mas, já não fui a tempo de pedir a senha de acesso ao ensino superior e, este ano, não me escapava!

Contudo, devido a uma nova lei do actual governo, os exames nacionais têm a validade de 2 anos e, ora, eu fiz os meus exames há 3 anos logo, para concorrer através do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, teria que repetir as Provas de Ingresso e, neste caso, Exames que já tinha feito! Imaginem, sair da escola e, depois, ter que fazer Exames como se fosse aluno... para dificultar as coisas, a matéria era dos 3 anos!!!

Para Provas de Ingresso, resolvi fazer a Português (que dá para todos os cursos) e a História. Fiz também de Filosofia para experimentar, visto que não fiz "no meu tempo" e sempre podia ter uma agradável surpresa...

Assim, o que saiu nos Exames?

1ª Fase

Filosofia 15/06 - Saiu matéria de 10º e 11º ano, com particular interesse no tema das falácias e raciocínio lógico que, no meu caso, é preferível a aristotélica, tal como a experiência estética, em vez da religiosa. Saiu Hume, Rawls, Kuhn e Descartes.

Português 17/06 - Saiu Memorial do Convento (Scarlatti, Baltasar e Blimunda) e Sophia de Mello Breyner Andersen - como devem lembrar-se, montes de gente reclamou do poema de Sophia, por ser subjectivo... Na gramática saiu como texto-base uma crónica do Expresso e, a Composição, era sobre os estímulos sensoriais que têm as campanhas publicitárias (para aqui introduzi a temática do "carpe diem" e do "fatum").

História 19/06 - Matéria de 11ºano - Concílio de Trento. Doutrina Marxista. Saiu também emancipação feminina . O processo de descolonização e guerra colonial a par da participação de Portugal em operações internacionais entre 1992 e 2008.


2ª Fase

Português 17/07 - Temática do Sebastianismo, com 2 textos: um poema de Fernando Pessoa (As Ilhas Afortunadas) e excerto do Frei Luís de Sousa, de Almeida Garrett. O texto a ser analisado gramaticalmente foi uma crónica do Expresso, sobre o filme Os Maias de João Botelho. Composição era para eu defender, um ponto de vista pessoal, sobre a importância dos ideais para os jovens, na actualidade - abordei paralelamente a linha da "realidade de bandeja"/reconhecimento pelos pares e/ou sua aceitação (falta de auto-estima, etc) e o extremar de convicções (declínio do socialismo; aumento dos partidos radicais; união económica e não politica, com o ex do muro na Hungria).

História 20/07 - De 11ºano saiu o experimentalismo e a ciência/arte e ainda as Festividades à chegada da rainha D. Mariana de Áustria, recém-casada com D. João V, descritas por um contemporâneo - leiam, recomendo a todos - é um texto de 31 linhas e é uma delícia de luxo e de pobreza de espírito da época!!!! De 12ºano, Saiu as Camisas Negras de Mussolini & pintura futurista; saiu também a questão do crescimento económico da República Popular da China.

Filosofia 21/07 - Parecia-me igual ao da 1ª Fase... Rawls, Mill, Hume, Kuhn (estes dois achei-os mais fáceis lol), classificação de falácias, lógica aristotélica... bahhhhhhh!

Resultados:






















Andei, desde aproximadamente Abril, a estudar para os Exames Nacionais de Junho e Julho.... Resolvi fazer um total de 6 Exames e, cada para Exame utilizei 2 horas e meia para a sua realização. Assim, tive 15 horas a fazer Exames, em pleno calor e, sem água ao lado - o actual governo também proibiu garrafas de água, mesmo não tendo o rótulo!!!! -,-

Sei que as notas não foram um espectáculo mas... foi o que deu! =/ Hoje fui fazer a matricula... hm!! Tem que se dizer a verdade, havia rapazes giros e os pais deles... também!! Ahahahah Oh deus - que bicipes e peitorais!!!! Obrigado meu deus, obrigado pelas vistas que me deste hoje!!! =D

Só espero que, nas Provas Orais não tenha que falar em inglês, se não, esta será a minha figura!!!!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Parceria Modus Vivendi

Boa noite!

É com muita alegria, honra e satisfação, que anuncio a parceria com a... Modus Vivendi!

adolescente gay e a Modus Vivendi, oficializam hoje esta parceria que, promete revolucionar o conceito que todos nós temos de... roupa interior!

O site dos nossos amigos, revela tudo aquilo que nós, enquanto gays, procuramos quando pretendemos comprar  roupa interior com grande qualidade - diferenciação! A Modus Vivendi tem linhas surpreendentemente incríveis, originais e muito bem desenvolvidas e cimentadas, como por exemplo: tem linhas temáticas para bears, budistas, militares, fashion's e muito, muito mais! Cada linha tem a sua estrutura própria, cortes e designers adequados! E ainda, conforto aliado a um preço... que é uma brincadeira, quando sabemos de ante-mão os tecidos utilizados e a sua origem!

Não é possível falar da Modus Vivendi, sem falar dos seus magníficos modelos! OMG!! Eles são lindos de morrer e, tudo aquilo que eles usam, fica naturalmente bem e sentimo-nos com desejos, não só dos homens mas também das peças! Podes também acompanhar a marca através do facebook!

E mais, e mais?

Visto que todos nós somos apaixonados por roupa interior e gostamos de novidades.... a Modus Vivendi resolveu dar-vos uma prendinha! Curiosos?


A partir da meia-noite de hoje, e até à meia-noite de segunda-feira, TODOS os meus leitores podem ir ao site e comprar qualquer peça com.... 20% de desconto imediato! Como? Só através deste código MV10FB !!!! Vá, apressem-se a ir ao site e a escolher! Recordo-vos que não importa qual é a peça.... desfrutem e façam muitas compras! =)


Caso queiram falar comigo, também estou sempre disponível.
E-mail - adolescentegay92@gmail.com

Sejam vocês próprios sejam, Modus Vivendi!


Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Acidente Viação

Boa noite!

Tal como disse na publicação anterior, hoje falarei sobre o acidente de carro que tive no dia 19 de Agosto, à noite.

Vínhamos na Vasco da Gama e, tínhamos um evento marcado mas, para isso, teria de vir connosco da mãe da IC. Assim, fomos directos à casa dela buscar a mãe e, de lá, fomos directos a uma terra chamada... Aruil que, para mim, é uma terra lá prós lados de Mordor (a distância é incrivelmente longínqua e o nome não lembra a ninguém!). Depois do que fomos lá fazer, íamos voltar para casa da IC, deixar as senhoras (visto que a NM ia dormir na casa dos pais da IC). No caminho, e visto que fazia imenso calor, eu e a mãe da IC, resolvemos abrir as janelas, para refrescar o ambiente.  E a viagem corria bem. O AT ia a conduzir, a 20 Km/h, como sempre; a IC ia à pendura, a indicar-lhe o caminho; atrás da IC, a mãe dela; no meio ia a NM e, eu, ao lado da NM e, ao mesmo tempo, atrás do AT, o condutor. De repente, tudo aconteceu.

O meu melhor amigo ligou-me, fui ao telemóvel rejeitar a chamada (isto eram 22:51h) e, passado 2 segundos, sente-se o primeiro impacto, no lado direito frontal do carro - impacto leve. Logo a seguir sinto outro estrondo no meu lado e ai sinto o carro a rodopiar sobre si próprio e, logo depois, um forte e seco impacto, novamente no lado direito, ao pé dos faróis... e tudo parou. Não sei precisar quando mas, logo no inicio de isto tudo, os airbags do lado direito do carro foram accionados e só via luz branca e um pó branco no ar (vim a saber que esse "pó branco" eram gotículas de água, devido à explosão do radiador). Ao longo deste tempo - que me pareceu tudo em câmara lenta - só rezava para o carro não capotar e para não cairmos para nenhuma ravina..... Nós não sabíamos onde estávamos, estava noite cerrada e sem luz na rua, quem ia nos bancos de trás (o meu caso) não levava cinto, as janelas iam abertas e, havendo uma grande travagem, a NM poderia ser cuspida para o vidro da frente.... Mas, felizmente, nada disso aconteceu! Voltando ao ultimo impacto: quando o carro tinha finalmente parado, houve aquele momento de silêncio de "já está". A mãe da IC, chamava pelos nossos nomes e prontamente respondíamos. A IC, em pânico, só gritava "A porta não abre! A porta não abre!" A mãe lá dizia p'ra se acalmar. Eu aí lembrei-me que poderia abrir a minha porta, não estava a conseguir mas, depois, lá abri e, num ápice, já estava tudo cá fora.

Quando cheguei cá fora, vi que tínhamos ido contra um muro de pedra e que, o trajecto do acidente foi bastante curto.... mas pareceu-me que foi longo e demorado. Rapidamente, chegaram até nós populares da zona e habitantes de casas térreas que viviam ali. As duas raparigas entraram num choro compulsivo e estavam as ser acompanhadas pelas pessoas dali. A mãe da IC, estava a tentar acalmar o AT, pois o carro dele.... é da mãe. Eu, ali estava, a tentar perceber o que tinha acontecido e a tentar não ceder. Quando sai do carro, comecei a sangrar do nariz e estava com algumas tonturas - apesar de ser aconselhado a sentar-me, recusei. Comecei a ficar com algumas dores..... na cana do nariz, pescoço e coxis. Mas, eu não era o pior. A mãe da IC, tinha a mão direita inchada, tal como a cara, perto do olho direito - na prática, foi ela que levou com todo o impacto, visto que a filha, que ia à frente, levava cinto. Entretanto, chegou o pai da IC que chamou prontamente a policia e os bombeiros para verem como nós estávamos.

Como foi o acidente? Houve um ligeiro embate frontal que, foi o nosso carro que ficou pior. O outro condutor lá estava, numa boa.... sendo a culpa dele! Chegou a policia e.... 3 ambulâncias, sendo uma do INEM (parecia o final de um filme de acção, quando o protagonista precisa de ajuda, não há nada e, depois, tudo aparece.... e em força!). Um médico chegou ao pé de nós e começou a dividirmos. Fui para uma ambulância e começaram a medir-me a tensão.... 140/120. A mais experiente disse à mais nova "Volta a medir, isso está errado!" Voltou e deu 140/100. A glicemia estava francamente baixa.... mal tinha comido o dia todo! Entretanto chegou a IC para a minha ambulância e fizeram os mesmos testes. Escreveram numa ficha do que nos queixávamos e foram mostrar ao médico. Passado muito tempo, o médico veio até nós e perguntou-me "Ao mexeres os dedos do pé, sentes algum formigueiro ou dor no coxis ?" eu.... "ahh.... sim, doí-me o coxis.." ele prontamente "Imobilizem-no!"... Pânico!! Eu olho-o e digo "O quê?......." o dr "Só para prevenir!"..... entro em pânico. Começo imediatamente a chorar e a soluçar, e a pensar que posso ficar paraplégico e nunca mais voltar a andar, ao mesmo tempo, começo a sentir as mão esquerda a ficar tremente, aviso os bombeiros disso e dizem-me para me acalmar imediatamente, que tinha a tensão alta e que tinha que em acalmar. Mais eles repetiam isso, mas eu chorava e chorava....... ficar paraplégico?!

A minha mobilização foi igual a essa, mas com mais cintos de segurança 

Depois de totalmente imobilizado, o choro já era cada vez menor e, ainda me puserem a oxigénio (3 litros) e fomos rumo.... ao Hospital Santa Maria. Na viagem, que foi longa, tinha ao meu lado esquerdo, sentada, a IC. Ao longo da viagem tentavam animar-me e a IC, tirou-me uma fotografia (para mostrar aos meus netos lol). Finalmente chegamos. Entrei às 00:45h à porta das urgências do Santa Maria e fui encaminhado p'ra uma sala que estava cheia de gente. Eu, mal conseguia mexer o pescoço, devido a tudo aquilo que podem ver na imagem em cima, mas, podia ver que havia uma mulher loira lindíssima (foi a que me atribuiu a minha pulseira amarela) e montes de homens... uns giros e outros nem tanto.... Entretanto, liga-me o meu melhor amigo que, já o tinha informado do acidente (via sms), e passo o telefone a um enfermeiro ou médico que lá estava e, só ele sabia. Todos os outros ocupantes do carro em que seguia, tinham comunicado à família.... menos eu. Estava, portanto, no hospital, completamente sozinho e, caso algo acontecesse, ninguém sabia de mim... só o meu melhor amigo, que nem estava em Lisboa! Porque motivo que não informei a minha mãe? Provavelmente ela não viria ao meu encontro, no hospital ou, caso viesse, teria entre mãos mais um problema ou ficaria mais preocupado com o meu estado de saúde..... precisava de tudo menos de mais merdas à minha volta - orgulhosamente só? Talvez.

Entretanto fui fazer um raio X e uma ecografia abdominal (também me doía a ultima costela do lado esquerdo [ainda hoje me doi]) e, segundo a médica, no final, não tinha nenhuma fractura e, a dor que tinha no pescoço poderia do efeito chicote que a minha cabeça pode ter dado, no acidente (apesar de, quando comecei a sentir o impacto, tentei proteger-me em concha [subindo os joelhos e inclinando o tronco, protegendo a cara com as mãos]). As 4 e tal da manhã, tive alta, sem mais pormenores. Apenas uma médica perguntou-se se tinha parecetamol em casa, disse que sim e manou-me embora; disse também para eu, nos dias seguintes, apenas fazer o que o meu corpo conseguisse, devido às dores - disse também só só iria perceber o que estava a dizer, no dia seguinte! Duas palavras: me-do! lol

O pai da IC, trouxe-me a casa e contou-me as novidades: A NM tinha ido para casa, com a mãe e apenas ficou com o joelho esquerdo negro e com dores; o AT não teve nada, e a mãe levou-o a casa; a IC não fracturou nada, apenas ficou magoada na mão esquerda; a mulher dele, essa, ao fazer o raio X começou a vomitar e diagnosticaram uma hemorragia interna e tinha que ficar no hospital (só iria ter alta na 5feira à noite).....e, a final, a culpa do acidente tinha sido nossa - o AT não respeitou um sinal de cedência de passagem e, nós, não deveríamos ter seguido em frente, mas sim, virado à esquerda... Todavia o AT já recusou isto e disse que a culpa era do outro que, estaria bêbado...

Apesar de todo o aparato, ninguém morreu ou ficou francamente mal...... o que, na minha opinião, foi um milagre..... tinha todos os ingredientes para ter sido uma tragédia e para eu, ter morrido. Não aconteceu, felizmente. Apenas fiquei com algumas dores nos sítios que falei e com um galo enorme na parte de trás da cabeça.... hoje, já estou muito melhor, como todos aqueles que seguiam no carro comigo (e já não tenho o galo!!!). =)


E porque não era daquele dia que eu ia morrer... lol A paródia aqui.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sábado, 22 de agosto de 2015

Praia do Creiro

Olá!

Esta quarta-feira foi alucinante - um dia inteiro de praia que acabou comigo numa ambulância e no Hospital Santa Maria, completamente imobilizado! Mas hoje, apenas contarei o dia de praia... os detalhes do acidente de viação que tive, ficam para depois.

Já há muito que queria ir à praia... já não ia desde o tempo do meu ex e, apesar de não ser grande fã de areia e água fria, gosto de me ver com uma corzinha e com a marca da minha cueca de banho no meu cuzão.

Resolvemos ir a uma praia diferente. Visto que o AT tem carro, fomos para o Portinho da Arrábida, em Setúbal, para a Praia do Creiro. Para lá chegar, vimo-nos gregos! Fomos pela 25 de Abril (aquela ponte dá-me medo) e lá seguimos para a praia... o caminho é sinuoso e cheio de curvas e contra curvas, o que vale, é que estávamos a ouvir boas musicas: Rosinha, Eurovisão, Madonna e uns outros tantos que tais! Cada um ao seu género, eram musicas de passeio. Para a praia ia eu, o AT, a IC e a NM. mas, para isso, dividimos as responsabilidades. O AT levava o carro, a IC o chapéu de Sol, eu a geleira e a NM os divertimentos (cartas, alguma bola, etc). Contudo, a NM esqueceu-se... o que vale é que eu tinha levado o meu UNO e a IC uma bola que tinha comprado na Sport Zone a um euro e meio (saldos)! XD

Chegando à praia, a fila para o parque de estacionamento era enorme, resolvemos estacionar na estrada e irmos a pé até à praia. Assim fizemos. As raparigas levam as suas coisas e nós, os gays, para além das nossas mochilas, levávamos, a meias, a geleira que estava pesadota.

O caminho era extremamente íngreme e só pensávamos como iríamos subir aquilo tudo, no fim da tarde, com a geleira... Passamos por umas ruínas romanas que, tínhamos combinado só ir vê-las, quando fossemos para cima.

Pessoalmente, as ruínas, não são nada de especial

Chegando à praia, era altura de escolher um lugar, fomos para o lado esquerdo da praia. Passamos por uns toldes e, quase a chegar às pedras, ficamos aí. Pusemos protector e fomos à água..... durante todo o dia a água estava fria. Fomos para a água umas quantas vezes e, quando voltávamos, eu e a NM ficamos ao Sol para nos bronzearmos, enquanto os outros dois, ficavam à sombra. À tarde, resolvemos jogar UNO para passar melhor o tempo... e deu resultado! Pela praia havia gajos giros? Sim! Na nossa frente havia um casal de espanhóis com dois filhos e, o marido, não pára de olhar para mim.... sempre que ia para a água ou quando voltava para a toalha, o homem vidrava em mim..... o tipo não era particularmente bombado, mas era bonito =) A praia estava cheia de estrangeiros, particularmente francius e, alguns deles, giros!

Quando vínhamos a subir aquela escadaria muito estranha, vinha atrás de nós um pai (bonzão [uns trinta anos, cabelo loiro e super betinho]) a dizer aos casal de filhos para não se queixarem que, ia à frente deles dois senhores a carregar uma geleira e nem se queixavam - éramos nós. Visto que nem eu nem o AT estávamos a dar-lhe atenção, o homem chamou-me e disse que, quando estivéssemos fartos de carregar a geleira, para darmos aos filhos dele para serem eles a levaram. Ele dizia isso mas só conseguia olhar para a cara dele, como era lindo o homem! Eu lá lhe disse que estava bem (e para meter medo aos pirralhos mimados! Era EU que deveria a estar a dar a mão ao pai deles! Bitches!). Fomos às ruínas e, tal como já viram à pouco, uma desilusão.

Ao fim do dia, antes de irmos prá ponte, resolvemos comer qualquer coisa, num parque de merendas que há lá. para nossa surpresa, apareceu um carro e, os ocupantes foram para o banco de trás fazer o amor... e nós, ali, a merendar!! Que lata!!! Admito, fez-me lembrar uns tempos atrás.... mas nunca num parque de merendas! Ahahahah!

Lá seguimos pela Vasco da Gama. Mal esperávamos que a noite só estava a começar... E, o carro onde seguíamos ia ter uma acidente onde rebentou um pneu, o radiador, não levávamos cintos, os vidros estavam abertos.... a tempestade perfeita! Enfim, mas fica para depois.


Um das músicas mais cantadas. Porque a Madonna é a Madonna.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sábado, 15 de agosto de 2015

Eu não quero perder

Boa noite.

Antes de mais, obrigado por tudo aquilo que têm-me dito... são uns queridos... =)
Obrigado!

A minha vida continua uma montanha-russa.... cheia de problemas e com momentos felizes (todas as pequenas coisas fazem-me acreditar que tudo irá melhor [esperança, talvez]).

Faz hoje uma semana que vi, incrédulo, uma noiva a entrar na faculdade de direito de lisboa. Pensei, "A vida continua." Por mais coisas que a vida/destino/Deus ou apenas nós próprios, nos ponha à frente, sejam elas o que forem, cabe a nós vivermos com elas: Se a vida te dá limões, faz limonada. Esta simples dedução é difícil de compreender quando nos aparecem à frente limoeiros infinitos e, nós, sem saída. Graças aquela noiva percebi que, por mais coisas que possam acontecer, tudo terá solução - pode não ser a que quero, mas terei que viver com o que acontecer mas, sempre, com o objectivo, de melhorar - não quero perder. Perder batalhas sucessivas, não significa que se perde a guerra e, a guerra, é a vida. Fazer limonadas não é fácil, ao trabalhar os limões, ferimo-nos e, aí, nada nos resta para além de nós mesmos - nossa integridade, honra, orgulho e, também no meu caso, arrogância. Chora-se muito, sentimo-nos a avançar em contra-mão, somos postos de lado ou, simplesmente, nos pomos à parte. Seja como for - fazer limonadas não é fácil nem desejável, mas é o que tem de ser feito.

Esta semana, tive momentos altos de felicidade patética, e quedas para um abismo desesperante de tristeza guerreira - não baixo os braços, mesmo que isso me traga dissabores. Se quero as coisas bem feitas, tenho de ser eu a fazê-las. Se isso me faz, a olhos dos outros, naife... temos pena. Farei, sempre, o que acharei certo, naquele momento.

Percebi que, dar por perdido o que nunca foi nosso, traz-nos conforto e faz-nos concentrar no que realmente importa: Irei sair desta casa fantástica mas... também, nunca gostei do meu bairro - mudar-me será uma bênção; O meu ex tem fama, nos empregos que teve, de aldrabão... sinto-me mais reconfortado - afinal, não sou o único a sabe-lo; Daqui a um mês, estarei na faculdade... a minha vida tem de continuar - até porque, eu não quero perder.

No meio de tudo isto, o que me faz limpar as lágrimas e, sempre, seguir em frente, é a determinação do desejo de ser feliz com um homem; até porque, é o amor que me dá alento.

Porque esta música é linda e revela tudo aquilo que um dia desejo voltar a sentir - Amor.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Existir é Vencer

Boa noite.

Ouvi essa frase [existir é vencer] hoje, no jornal da TVI e ficou-me na memoria... Existir é vencer? Eu acho que, existir não é vencer - é perder; perder quem gostamos; perder o controlo e, perder essencialmente, nós mesmos.

Na 4f à noite, desisti. Estou cansado.... tão cansado que nem consigo soltar uma lágrima, à excepção de hoje. Tudo isto está a ser tão difícil, tão desesperante, tão sentido que.... faz-me mim - alguém rijo e vindouro -, em pó - como se de um milho se tratasse. O que sou, afinal? Nos últimos dias, dei tudo o que tinha e, desisti. Não dá. Há que reconhecer quando perdemos a batalha e, sinto, que a também já perdi a guerra. Do que vale lutarmos contra tudo e todos se, depois, não temos nada - nem bens materiais, nem pessoas ao nosso lado?

O que mais preciso, nesta batalha monumental, não é de palavras - é de silêncios. Abraços silêncios, olhares silenciosos e, principalmente, de mim. Não sei já, o que quero... toda esta merda, faz-me pensar o que quero para a minha vida. Sinto, que o meu futuro está a decidir-se agora..... sinto que, já não tenho forças para ficar de pé, em mar bravo, puxando comigo a minha mãe, quando, ao mesmo tempo, sou puxado por areias movediças e, tento caminhar mas, sempre, em vão. É desesperante, é angustiante e.... é amor. Sinto que me estou a perder e que, não sei o que levar comigo nesta época de horrores, para a minha vida.

Não sei o que faz de mim uma pessoa - visto que respirar não torna ninguém humano - , o que é preciso para sermos boas pessoas? Ou más? Hoje sinto-me uma má pessoa... não por ter feito mal a ninguém, mas por não fazer bem. Sinto que não conseguirei levar este barco até terra firme e isso assusta-me - assusta-me por ter acordado algo em mim que, já há muito estava adormecido e, agora, voltou.

Estou desesperante à busca de um caminho, mas, todos eles são traiçoeiros e repletos de nevoeiro. Estou tão cansado que não me revejo. O que faz de mim uma pessoa - visto que não fazer coisas más, não é certamente- e não faço coisas boas?

Quando o abraço não vem, e há ecos que não calam.... o que fazer? Se existe Deus, Destino ou "Algo", que se revele..... se existe vida, que se mostre - pois aqui, já não há - apenas um ser vivo que, nem pessoa é.

"Hoje eu acordei com medo, mas não chorei, e nem reclamei abrigo." Poema. Ney Matogrosso.




Beijos!

domingo, 26 de julho de 2015

Corra corra militar

Olá!

Vocês sabem o quanto sedento de homem ando e, para ajudar à festa, nos últimos dias, tenho sido confrontado com verdadeiros dilemas morais: ser galdéria ou não! Estou, lamentavelmente, a manter o meu respeitável intelecto intocável mas, não sei quanto mais tempo é que irá durar - a carne é fraca e a tesão veraniana, é muita!

Tenho decido fazer algum exercício (além dos glúteos, pois 'tá claro). Não ando p'raí a correr ou coisa do género, apenas, em vez de apanhar transportes, faço longaaaas caminhadas e isso, proporciona-me pensar e a ver as maravilhosas vistas que há em Lisboa!

Para não vos maçar, vou resumir algumas coisas que tenho sido confrontado no meu dia-a-dia celibático!

1º agora é moda correr-se nas áreas urbanas o que, a meu ver, é uma mais valia para as cidades: há mais fervor orgásmico e, eu, adoro! No outro dia, estava eu a andar, na minha, e, surge ao meu lado um corredor. Óbvio que dei aquele pulinho-de-bicha-assustadiça mas, quando já estava recuperado, surgiu mais um e, depois, mais outro! Três! Sim, três homens grandes e possantes (davam uns excelentes violadores!), a correm em filinha indiana - que coisa mais panisgas!!! Certo é que, adorei a corrida deles.... masculinos, peluditos e viris! Que mais podia eu, pedir? [Ser brutalmente violado, contra a minha vontade, por aqueles três gorilas?! Hmmmm!]

2º sei que estamos no verão e, é permitido usar-se (quase) tudo. Para baralhar ainda mais os gays que têm sinal de radar fraco, que é o meu caso, fico muito confuso quando vejo metrossexuais..... Vi, no outro dia, um moço que, não devia ter mais do que a minha idade. Ele estava a andar na minha direcção e estava muito bem despido, ore vejamos: rapazito alto, manga à cava e calções mini.... super mini! Pareciam ser boxers, mas são uns calções que existem na Bershka. Olhamo-nos bastante. Ele, andava devagar e era giro..... mas cada um de nós seguiu o seu caminho. =(

3º tudo aquilo que transpira sexismo, é a minha bandeira - por estes dias - e, como tal, não ando poupadinho em certas palavras e vivências! Não escondo que gosto de homens musculados/bombados (já para não falar dos bad boys e tatuados!), e que me dêem aquela sensação de segurança... talvez por isso goste tantos de militares e, como tal, até lhes dedico uma quadra (só porque me apetece!)...

Corra corra militar
Nunca deixe de o fazer
Assim ainda me tira o ar
Mesmo antes de me foder


Admito - este é o meu estado de espírito!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Que o fim, comece!

Boa noite!

Ontem, a minha mãe soube a noticia que, temos no máximo 2 meses, para abandonar esta casa.

Motivo?
Divorcio complicado e, o melhor é desfazerem-se disto, a que já nos habituarmos a chamar.... lar.

E o cronometro começou a contar... tique-taque; tique-taque. Andamos a ver casas, mas todas loucamente caras ou francamente velhas. Está a ser difícil escolher com tanta oferta disponível... Certo que, temos de zarpar daqui p'ra fora com alguma rapidez e a vontade, essa, é nenhuma. Vou começar a fazer contactos para desfazer-me de alguns bens meus... e também alguns bens da casa - iremos para alguma mais pequena (ou, melhor - muito mais pequena) e, como tal, muitas coisas não caberão! Temos de começar a arranjar caixas e jornais e, vai recomeçar o martírio das mudanças para algo que não queremos - sair desta casa.

Tenho uma boa casa e, sinto-me, muito privilegiado. Agora, sinto-me a mudar de cavalo, para burro - ninguém gosta, mas acontece-nos ao longa da vida. Quero encarar isto como um desafio que, sou capaz de superar... até lá, espero aguentar-me. Se aguentar-me-ei ou não, só dependerá da vista que terei do meu quarto. Sei que não será tão boa quanto a actual, mas desde que tenha janela, já me darei por contente... aliás - se tiver um quarto só para mim, irei dar pulos de alegria (visto, com o orçamento apertado que temos, pensa-se num T1 e não, T2...)!

A procura constante de casas, torna-se ridícula. Não só pelos preços exorbitantes, mas pelas más condições do imóvel! Bahhh, tenho de ver mais casas, e melhores.... com um orçamento minúsculo!


Porque gosto desta música.



Deixem-me ir dormir, que hoje acordei às 6h e tive um dia de cão.


Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Fui a Fátima

Olá!

Faz hoje um mês que fui a Fátima. A última vez que lá tinha ido, foi com o meu ex e, agora, com a minha mãe. Aproveitei para apresentei-lhe alguns sítios que ela não conhecia.

Comecemos pelo início:
A minha mãe já queria lá ir há imenso tempo - desde o fim da cirurgia que fez à barriga e, depois com o falecimento do meu avô paterno.... ainda mais. Resolvemos ir, apanhando um autocarro da Rede Expressos mas, de véspera, tínhamos combinado com um taxista para nos vir buscar... esperamos e esperamos.... não apareceu nem atendeu o telemóvel.... detestamos atrasos, ainda para mais, falta de responsabilidade! Resolvemos ir à praça de táxis, apanhar um até Sete Rios.

A viagem faz-se bem e, ás 9:30h já estávamos com os pés em Fátima e dispostos a ir a tudo-o-que-é-missas-e-afins, não por mim, mas por ela.... "aprendi a gostar" disso com o meu ex. Assistimos a um terço, a uma missa na Igreja da Santíssima Trindade e, claro, ela quis comprar velas e pô-las a queimar.

Estava era ansioso pelo almoço. Salivava por carne de porco à alentejana e, só rezava para encontrar o restaurante onde tinha lá ido com "o meu passado". Não encontramos mas, fomos a um que tinha e.... maravilhoso - soube-me pela vida!!! =)

Depois de almoço, e com o tórrido Sol da Cova de Iria, apresentei à minha mãe o que existia debaixo da Igreja da Santíssima Trindade. Graças a Deus, havia fresco graças ao ar condicionado - aleluia! Fomos a todas as capelas que estavam abertas e, até, à reconciliação, que mais parece um supermercado comem que o freguês - que sabe sempre o que quer - até pode escolher o padre... muito à frente!

Aproveitamos e fomos ver a exposição evocativa da aparição de Agosto de 1917 "Neste Vale de Lágrimas". É gira e tem uns objectos antigos e tal... lol O engraçoso (como diria um amigo meu), é ter encontrado por lá um estrangeiro em que, muito nos olhávamos... O moço devia ter vinte e muitos e era girinho... Mas ficou por aí.

Fomos esperar o autocarro e, como faltava um bocado, fui comer um calipo de morango! OMG - que gelado mais pornográfico.... o gelado ia ganhando a forma de um.... desejo meu... rosadinho e tudo! OMG OMG! Depois, quem aparece? O tal estrangeiro! Nova troca de olhares mas pronto... Quando o autocarro chegou, avolumaram-se várias pessoas ao pé da porta, no qual o tal estrangeiro não parava de me sorrir e, visto que as pessoas empurravam-se um pouco, ele chegava-se ao pé de mim.... Momento engraçado, mas ele não era nada de jeito..... Não esquecendo que tinha a minha mãe ao lado!

Com a chegada a Lisboa, percebi que o tal estranjeiro, tinha ficado ao pé de um outro homem e estavam a conversar.... lá se arranjaram e pronto, todos nós já sabemos do resultado!

Quem diria que também há trocas de olhares e momentos destes numa viagem que tinha todos os ingredientes para ser uma seca? =)


Mas, hoje, estou bastante em baixo... aliás, a palavra é - triste...

Porque a Isabel Pantoja tem sempre a música certa para o que sinto.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Mundo Jurássico

Boas!

Domingo, houve tarde de cinema! Há semelhança da outra vez, vi também este filme com a senhora minha mãe. Ela gostou do filme? Sim - nem adormeceu!! YUPI!!!! =D

Não estava com grandes ganas de ver este filme. Tudo aquilo que andava a dar na televisão e publicidade, fazia querer que era um filme bastante comercial e que, a meu ver, seria uma merda. Acreditem - aquela publicidade do carro da Mercedes a cada 5 segundos, na televisão, não ajudava! Publicidade a mais, enjoa! Ainda para mais, a Mercedes estava dentro do próprio filme.... Por favor - menos! Muito menos!!!!

Vimos o filme e... surpresa! Estava enganado. Adorei o filme! Não achei que fosse comercial.... ou, pelo menos, achei-o muito bom e com uma boa história. Adorei os novos dinossauros... principalmente a baleia-gigante (mosasaurus)! Eu adoro animais aquáticos. Por exemplo, se eu fosse um animal, não me importaria ser uma foca... é um animal super fofinho e, para mais, nada muitíssimo bem (ao contrário de mim [que nem sei nadar])! A baleia-gigante estava super bem feita e.... uhau! Não tenho palavras!!!! Sobre o resto, gostei do duo amoroso (ela estava muitíssimo bem vestida e ele não era feio....) e da história dos dois irmãos.... não se tornou um filme sentimenaloíde! Uffa!

Por comparação aos filmes anteriores, esperava um velhote que fosse dono daquilo-tudo. No entanto, há coisas que se mantêm - tal como o casal romântico, crianças... e um filho-da-mãe, que estraga as coisas! Mas, como os americanos são fantásticos, a coisa não piora e salvam o mundo! -,- (Não são só eles! Até o Passos Coelho a aconselhar salvou o problema dos gregos... apesar de ser o único país do sul da Europa, a não mostrar interesse que fiquem no Euro!)

Ainda para mais, existe mesmo o site do Mundo Jurássico - como se existisse mesmo! =)
Em suma, gostei e voltarei a ver!... Na próxima, gostaria de ver com alguém que desse para abraçar nos momentos românticos, ou para tapar os olhos nos momentos mais críticos.... Hoje estou assim, um romântico! lol

Eis alguns factos sobre os Jurássico-Parques!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Pais divorciados

Boa noite, meus queridos.

Faz amanhã um mês que, aos olhos oficiais da lei, os meus pais encontram-se divorciados por comum acordo. Ainda pensei, tendo os meus pais divorciados, fosse convocado para um clube secreto onde já pertencerem muitos e muitos amigos meus. Também pensei, que tivesse descontos adicionais no Continente ou, acesso a cartões-presente na Zara mas.... nem isso! De que serve então, pergunto, ser filho de pais divorciados?

De que serve, pergunto, eles terem-se casado há mais de trinta anos?
Porque motivo, pergunto, não se separaram mais cedo?
O fado dos casamentos é, pergunto, a revogação?


Esta tríade de perguntas ecoam, que nem rastilho, dentro da minha cabeça.

Estou triste ou feliz? Nenhuma das duas palavras revelam o que sinto. Sei, todavia, que estou bem e que desejo que este seja um novo início - Pergunto: Quantos novos inícios são necessários para que se viva feliz?

Na passada 4ªfeira (08/07), caso os meus pais tivessem casados, comemorariam 33 anos de matrimónio. 33 - uma vida.

Com a saída do meu pai de casa, em Janeiro, não voltei a falar com ele. Também não voltei a ter qualquer contacto com a minha família paterna - não os contactei mas, eles também não o fizeram. Fico triste que a vida (o que é, afinal, viver?) tome estes rumos e que as pessoas sejam tão... voláteis.

Também não falo com o meu irmão há mais de um ano. Tenho saudades? Não - apenas gosto de todas as pessoas que fizeram parte da minha vida e, continuo a gostar delas. Ter pessoas vivas mas mortas para nós, é um tortura constantemente difícil de suportar, mas, de aprendizagem necessária e que irá acompanhar-me até ao fim - fim? O que é o fim?

Insisto em não querer perceber o significado da palavra fim. Recuso-me a tal. Recuso-me a desistir e a conformar-me com o fim . Depois do fim há o quê? O que se segue?...

Amor depois do fim?
Acredito, esperançosamente, que sim.


Carlos Drummond de Andrade, por Marília Pêra.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quarta-feira, 8 de julho de 2015

OXI(génio)

Olá!

Após as coisas na Grécia estarem mais calmas, é altura de fazer um balanço. Nada melhor que, "humanizar" a questão! =)

Muitos dizem que os gregos são arrogantes, por dizerem que foi lá que se criou a Democracia e, por isso, eles são os pais da Democracia.... tal como da Filosofia, entre outros. Eu acho que têm razão ambas as partes e, por isso, chamo-os carinhosamente, de arrogantes-sábios. Temos de entender a Grécia como um povo histórico e, os seus países vizinhos. Têm, a oriente, graves problemas que, através da Grécia, podem entrar na Europa e fazer... merda! Têm também o apoio maternal da Rússia que procura, a todo o custo, reconhecimento internacional e, vê na Grécia, esse apoio. Assim, a Grécia, tem o poder do livre arbítrio.

Todavia, a Europa, é uma senhora idosa mas, matriarca.... desenho-a como a Miss Piggy, mas com uns 90 anos. Estão a ver? E, a Grécia, desenho-a como um filosofo muito velhinho. Estamos, claramente, diante uma conversa de surdos em que ambos têm a sua razão e, nenhum é capaz de reconhecer o esforço do outro.

Sou, claramente, a favor da Grécia. O que eles têm suportado é atroz. Jamais uma pessoa deve vender-se a troco de seja do que for. Vender o seu intelecto, a sua reputação, etc, a troco de "perdões misericordiosos" ou mesmo de ofertas ou de uma promessa - seja ela qual for. Cada um de nós, enquanto pessoas, tem respeito pelo outro e noção do que consideramos ético. Eu, enquanto bloguer, tenho esses limites e não os ultrapassarei - seja por motivo for e, custe, o que custar! A minha linha editorial não é mutável nem influenciável por meios externos.... assim, malcomparo-me à Grécia.

A Europa, pode ser gigante, ter milhões de habitantes, isto e aquilo mas... quantos dos seus habitantes são a favor de uma União Politica e Monetária? Quantos países sairiam do Euro, por vontade dos seus habitantes? Do que é um Rei sem súbditos? A Europa brinca com o fogo, e não deve fazê-lo. Esquecem-se do Estado Islâmico que, facilmente, entra e causa atentados nas grandes potencias Europeias. A Europa deve pensar, com calma...

Se a Grécia sair da NATO, como ficam as coisas? Se a Itália fechar fronteiras ou mandar todos aqueles imigrantes para França, o que acontece? Não é solução destruir os barcos - têm de ser destruídas as armas!

Portugal, como sempre, fica à margem.
Mas pergunto: de que massa somos feitos para não termos colhões?
E, cada um de nós, cada homem e mulher, não deve ter medo de fazer o que acha certo. Cada um de nós deve, sem medos, votar/manifestar-se/agir, como acha correcto - mesmo que isso lhe traga uma solidão aparente... a sua sombra irá reflectir muitas pessoas que, ainda não tendo coragem, não o estão a fazer.

E o não ganhou. O resultado final foi de 61,31% para o "não" e 38,69% para o "sim". De um total de 9.858.508 de eleitores gregos registados em todo o país (tantos como em Portugal), votaram 62,50%, sendo que 5,80% foram contabilizados nos votos em branco e inválidos. Pelo não votaram 3.558.450 gregos, enquanto o sim às medidas dos credores teve o apoio de 2.245.537 votantes. Isto tudo com ameaças constantes dos líderes Europeus.

Ah, é verdade. Dezanove menos um dá dezoito. Mas, se de dezoito tirarmos mais um.... e mais um... e mais um... Oh páh, Cavaco, cala-te!

Isto é a União Europeia... - e a vida prossegue.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 6 de julho de 2015

E o Verão chegou!

Boas!!

Verdade, o Verão está mesmo aí! Já não se aguenta o quente do Sol abrasador e, quando nem corre um bocadinho d'ar, tenho de me abanar furiosamente para conseguir aguentar o calor!

Eu só noto que, de facto, estamos no Verão, quando já não consigo dormir devido ao calor. Aí, dou voltas e mais voltas na cama, para conseguir encontrar uma posição ideal (que nem os cães lol). Mas, perguntem-se, "Ao menos consegues?" - não! É desesperante... mas não. Claro que, depois, de manhã, a cama sabe muito bem e, corre uma aragem nórdica que, nos embala para um belo soninho matinal.... =D Bem devem saber que sou um friorento do pior e, quando durmo destapado, é mais um sinal do Verão lol

Estranho.
Antes a minha estação favorita era o Verão e, agora, é o Inverno. Talvez porque antes, o Verão significava férias. Agora, o Inverno, significa conseguir dormir e usar roupas giras... Toda a gente sabe que no Verão só conseguimos usar meia-dúzia de peças (isto para não andarmos nus). No Inverno, podemos usar duas dúzias e com fácil conjugação para parecermos bem! Adoro o Inverno! lol

Muitas pessoas têm na ideia que, por estarmos no Verão, podemos andar desleixados. Acho que é precisamente o inverso - Por termos menos para onde olhar, visto que há menos camadas de roupa e as pessoas estão é atentas a ver se não põe o pé em alguma poça d'água, o que temos vestido é mais escrutinado e isso, admito, chega a ser... constrangedor!

Depois, ainda há aqueles que ditam a moda e julgam-se detentores-de-toda-a-sabedoria, como se fossem iluminados por algum ser divino... e muito bem vestido! Baaahhhh! A moda somos nós que a fazemos e, desde que nos sintamos bem com o que vestimos, tudo é permitido (apetece-me gritar
"E viva ao Amor!" LOL)!


Esta é, tipicamente, uma música de Verão
(que, justiça seja feita, foi o meu melhor amigo que ma deu a conhecer lol)!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 3 de julho de 2015

6anos Blogayesfera

Boa noite!

Dia 7 de Fevereiro de 2009, este blogue teve o seu início. Hoje, o texto será para a comemoração dos 6 anos (e tal) deste blogue (que já eram para ter sido comemorados...)! É fantástico ver que este projecto pessoal, já dura há tantos anos!

Tal como prometido, quando escrevi um texto de reflexão sobre o que existe de menos positivo na Blogayesfera, hoje será algo diferente e totalmente de agradecimento a todos vocês.

Quando iniciei este espaço, quis que fosse eu próprio: com personalidade, sincero e que retrata-se, com exactidão, o meu dia-a-dia. Estes factores fizeram com que captasse dois diferentes públicos. O primeiro era óbvio - os jovens que se sentiam como eu e, através do que ia escrevendo, sentiam-se retratados. O outro, foi uma surpresa - quem não é "adolescente", segue-me religiosamente pois identifica-se com o seu próprio passado e sente-se a reviver tudo o que já passou e, gosta de ver a evolução da minha própria vida (porra, não se esqueçam que já escrevo há vários anos! lol).

Felizmente, ao longo destes anos, tenho tipo sempre óptimos feedbacks. Não só através de comentários mas, essencialmente, através de e-mail (mandem-me e-mails!!!!!!!! Adoro ler-vos e saber como vocês estão!!!). O que mais dizem é que é um blogue muito bem conseguido, original, divertido e que gostam do que lêem. Convenhamos, não pode haver maiores elogios! =)

Através deste cantinho, conheci pessoas que mudaram a minha vida. É incontornável o facto de ter conhecido o meu ex-namorado através deste blogue, mas também fiz vários amigos que, alguns deles, conheço pessoalmente. Mas, o mais importante, é ter-me conhecido melhor.

O exercício da escrita permite várias coisas, entre as quais, capacidade de auto-análise e reflexão. Conheço-me muito melhor e sei que, por mais limites que tenha, todos eles são ultrapassáveis.

Mas, voltando a vocês, fiéis leitores.

Ao longo destes anos, eu tenho vindo a saber que há muitos portugueses espalhados pelo mundo e, muita gente que, sabendo português, acompanha-me desde o meu início. De seguida, indico-vos por ordem, o TOP 10 de países com mais visitas de Maio de 2010 a Junho de 2015:

1º Brasil
2º Portugal
3º Estados Unidos da América
4º Rússia
5º Alemanha
6º Índia
7º França
8º Espanha
9º Reino Unido
10º Irlanda

Mas também é frequente aparecer de outros países da América do Sul ou mesmo da Austrália e do Japão! Uhau!!! =D

Por tudo aquilo que já me proporcionaram - Obrigado!
Obrigado por tudo e por serem quem são. Obrigado por continuarem a fazer parte de mim. Obrigado por também serem responsáveis pelo meu crescimento, enquanto cidadão, homem e individuo.


Espero que gostem da minha festinha d'anos!!!!! =D



Ah, é verdade! Apesar deste blogue estar de Parabéns, são vocês a ganhar presentes!
Como assim? Brevemente saberão...


Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Preciso de ti!

Olá!

No outro dia, estava a vir para casa depois de um Exame, e a pensar nas características que aprecio num namorado e, como é que avalio cada potencial candidato.

Quando olho para um homem, há características que valorizo e outras nem tanto - como por exemplo, a cor dos olhos. Isso interessa-me? Nop! Mas o simples facto de fazer ginásio ou ser desportista, já é algo que aprecio... e muito! Assim sendo, vou atribuir pontos a cada característica que considero relevante - podem ser positivos ou negativos! Preparados? Vamos a isto! =D
Vou começar pelo físico, porque "os olhos também comem"!


> Estilo de roupa:
Formal/executivo/beto - 8 positivos
Chinelo de dedo/desportista - 10 positivos
Casual/citadino/juvenil - 9 positivos
Outros géneros - 5 pontos positivos

> Tipo de corpo:
Magrinho/campo de concentração - 5 negativos
Gordo/obeso/nem-a-balança-aguenta - mil negativos
Normal c/ ou s/ barriguinha - 0 pontos
Tonificado/definido c/pêlos - 10 positivos
Tonificado/definido s/pêlos - 5 positivos
Culturista/bombadão c/pêlos - 8 positivos
Culturista/bombadão s/pêlos - 5 positivos

> Atitudes:
Bicha/feminidades/outros-que-tais - mil negativos
Longo passado & curto futuro - mil negativos
Masculino/Sedutor/Charmoso - 9 positivos
Masculino/viril/algo ciumento - 10 positivos

> Comportamentos:
Fuma muito pouco - 0 pontos
Fuma frequentemente tabaco - 50 negativos
Outras-drogas-que-nem-conheço - mil negativos
Não bebe/bebe pouco - 7 positivos
Bebe "socialmente"/até cair - mil negativos

> Estudos/trabalho
12ºano a frequência univ. - 5 positivos
Licenciatura ou superior - 10 positivos
Quando se apresenta diz DR antes do nome - 0 pontos
Trabalho sério/honesto - 10 positivos
Desempregado ou - estudos - 10 negativos

> Saber-Estar:
Acéfalos ou dizem Agustita Bessa-Luís - mil negativos
Diz uma frase e repete a mesma bengala 5x - 10 negativos
Não sabe comer naturalmente com garfo e faca - mil negativos
Esta a falar mas olha para o homem que passa ao lado - mil negativos
Nenhuma das outras 4 - 10 positivos (looool)

> Psicologicamente:
Educado/mostra ambições/gosta de futebol - 10 positivos
Despreocupado com o futuro/fala do passado - 0 pontos
Valoriza + o que os outros pensam do que aquilo que sente - mil negativos

> Extras:
Entre 1 a 5 tatuagens-sem-ser-golfinhos - 10 positivos
5 ou mais tatuagens-sem-ser-golfinhos - 9 positivos
Tatuagens em que basta uma ser golfinhos - 0 pontos
Frequenta ginásio ou é desportista - 10 positivos
É totalmente sedentário - mil negativos
Imberbe - 10 negativos
Usar barba de 1-3 dias - 10 positivos
Barba à pregador (ex.Moisés) - 0 pontos

Bem, agora sabem o que avalio quando olho para um homem e faço as contas mais ou menos de cabeça.... Claro que não vos estou a dizer tudo - mauahahaha! Por exemplo, há sempre aquela dúvida sobre "o que ele tem no bolso da frente?", se um motorola (Weeee) ou uma pen (fuck!)!!! Ahah! =D

E porque ninguém é de ferro....




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - Ah, é verdade, as idades! Vocês já sabem que gosto de homens mais velhos....
          Vinte e muitos/trinta e poucos.... =)