Em Setembro, há NOVIDADES! Nova Parceria, Passatempos, e o início das inscrições do 1º Sunset Solidário da Blogosfera portuguesa! =D

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Inscreve-te no 1º Sunset Solidário da Blogosfera!

Olá!!

Em Dezembro, ir-se-á realizar em Lisboa, o 1º Sunset Solidário da Blogosfera! Depois do sucesso do 8º Jantar da Blogosfera, realizado no passado mês de Junho, e com os inúmeros pedidos de participação num novo evento, realiza-se em Dezembro, um encontro para apoiar quem nos apoia.
A autoria deste banner é da leitora Magg. Obrigadooo! =)
O Sunset Solidário da Blogosfera tem como objectivo juntar todos aqueles que, através de um convívio saudável e consciente, queiram apoiar financeiramente um projecto ou uma organização, presente na sociedade civil e que mereça, pela sua actividade desenvolvida em prol da comunidade, o reconhecimento, manifesto, dos participantes.

Anualmente, escolher-se-á um projecto ou uma organização que, sendo contactada será indagada sobre o seu interesse (ou não) em receber os apoios pecuniários, resultantes do evento. Nestes Sunset's, a entidade coordenadora do projecto ou a organização far-se-á representar, pelo menos, por um membro da sua direcção (ou alguém nomeada por esta), com o intuito de apresentar, a todos os participantes, o seu trabalho, incumbindo-lhe, também, no fim do encontro, a responsabilidade de contabilizar todo o dinheiro recolhido, publicamente, e de ser o seu fiel depositário, após o termino do encontro.

Todos os participantes e/ou simpatizantes deste Sunset Solidário, são incentivados a enviarem-me sugestões, através de e-mail, de projectos ou organizações que, a vosso ver, possam ser beneficiárias desta iniciativa solidária. O projecto ou organização eleito/a, anualmente, será escolhida por todos.

Assim, até 31 de Outubro, qualquer pessoa poderá sugerir-me os projectos ou organizações que bem entender, bem como, as próprias organizações ou projectos, poderão evidenciar o seu interesse em beneficiar desta iniciativa. A partir dessa data, as 10 organizações ou projectos com mais indicações, serão alvo de uma votação afim de se encontrar o beneficiário deste ano. Todos nomeiam e todos elegem - unicamente através de e-mail. Em Novembro, farei aqui no blog, uma nova publicação a informar os 10 projectos ou organizações com mais indicações e, a partir daí, iniciar-se-á a eleição do beneficiário de 2017, através de e-mail. Caso se verifique alguma incompatibilidade de vontades, reservo-me no direito de substituir o beneficiário, informando-o, naturalmente, assim como todos participantes e as entidades envolvidas, com total brevidade.

Será apenas através da vontade de todos vós que este evento poderá existir e, desse modo, é essencial que todos partilhem esta informação pelos meios sociais e privados que vos sejam convenientes, incentivando à participação de todos aqueles que se possam identificar com os eventos que organizo: será, como é hábito, um encontro com uma boa vibe, onde todos serão bem-vindos (desde que venham por bem)!

Este encontro, realizar-se-á em Lisboa, no local da própria organização ou projecto, sendo que, caso o beneficiário não tenha disponibilidade de espaço, para o evento, arranjar-se-á um local para a realização do evento. Visto que existem estes constrangimentos, ainda não há uma data para a realização do Sunset, garantindo-se, no entanto, que terá lugar no mês de Dezembro (deste ano!).

Mas o encontro, à semelhança de todos os outros, será recheado de boas conversas, gargalhadas e boa disposição! É importante que todos se inscrevam, incluindo todos aqueles que se consideram tão bem-disposto quanto a malta da blogosfera! E sim, no Sunset não faltarão bons comes e bebes! Em Novembro, irei dar-vos mais pormenores, mas poderão sempre enviar-me um e-mail sobre qualquer questão que vos apareça.

Em suma: envia-me um e-mail ( adolescentegay92@gmail.com ) com a tua intenção de ir ao Sunset e a indicar o teu blogue ou quais os blogues que comentas regularmente + organizações ou projectos que possam ser o beneficiário em 2017 + se vens só tu ou se trazes companhia! =)

Sejam bem-vindos ao 1º Sunset Solidário da Blogosfera! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Sessão de Encerramento MOTELX 2017

Olá!

Depois de 18 longas-metragens, 2 entrevistas a realizadores de filmes de terror com temática LGBT, e ainda ter comido uma data de gelados, no domingo passado terminou a 11.ª edição do MOTELX! =D
Amanhã, estreia nas salas de cinema portuguesas It - Capítulo 1
Foram 6 dias de muito esforço, um planeamento altamente cronometrado, e o apoio constante por parte da assessoria de imprensa do MOTELX - tudo isto fez com que o meu trabalho fosse facilitado.
Na semana anterior, contei como foi a Sessão de Abertura e hoje, falarei sobre o Encerramento.

Antes de mais, vejam o vídeo em relação ao dia 10 de Setembro - 6º dia de MOTELX 2017!



Mas o dia não começou pelo fim. No domingo vi 4 filmes, e agora falarei sobre cada um deles.

Às 13h45, na sala Manoel de Oliveira, vi o filme My Friend Dahmer (EUA, 2017).

Jeffrey Dahmer assassinou 17 homens e rapazes nos EUA, entre 1978 e 1991. Esta é a história do que aconteceu antes desses eventos. “My Friend Dahmer” é a história real, perturbadora, triste e, por vezes, engraçada de Jeffrey Dahmer durante o liceu, baseada na aclamada banda desenhada homónima de Derf Backderf.

Sinopse: Jeff Dahmer é um adolescente tímido, sendo que, na escola, é praticamente invisível. Começa a simular ataques epilépticos e, as suas brincadeiras, acabam por conquistar um grupo de estudantes que formam o clube de fãs do Dahmer. Mas Jeff, começa a ficar cada vez mais descontrolado. Começa a beber, a perseguir um jogger e a dissecar animais, incluindo o cão do vizinho e... receia-se que um dos seus amigos seja a próxima vítima.



Esperava mais do filme... quando ia começar a ficar interessante, acabou! Penso que retrate bem a origem do já falecido Dahmer mas, quando dá boleia ao seu primeiro jovem que acabaria por matar, não se vê mais nada... É de terror? Penso que não, é um drama vá. Algo que achei de particular interesse, é o facto de como abordaram o tema gay no filme: sim, Dahmer era homossexual. O acto de querer ir ao médico para ser sujeito, a seu pedido, ao mesmo exame (de tosse) que o amigo, pois pretendia ser tocado pelo seu jogger... e a cena seguinte... foi muito bem orquestrado. Parabéns. =)

Às 16h50, na sala 3, vi o filme Animals (Suiça/Áustria/Polónia, 2017).
E este foi o bilhete que deu acesso ao filme Animals
O argumento de “Animals” foi escrito há uma década pelo realizador austríaco Jorg Kalt e baseado no trabalho do artista gráfico MC Escher. Kalt, suicidou-se em 2007 e o realizador suíço Greg Zlinski, antigo aluno de Kieslowsky, expandiu o argumento que continha já traços do cinema de Lynch, Polansky e Kubrick. Estreou no último festival de Berlim, a melhor maneira de descrever “Animals” é compará-lo a um daqueles episódios da “Twilight Zone” que ficam na nossa cabeça por muito tempo...

Sinopse: O atropelamento de uma ovelha numa estrada rural é o catalisador de uma série de eventos estranhos e inquietantes para o casal Nick, cozinheiro, e Anna, escritora de livros infantis. A experiência deixa-os incapazes de saberem onde estão: no mundo real, na sua própria imaginação – ou na imaginação de alguém.



Este é daqueles filmes que nunca irei perceber o final mas... não é relevante - o filme é incrível! Ver algo e estarmos constantemente a duvidar do que estamos a ver, e tentar arranjar enquadramento que só no fim percebemos (por exemplo, "o médico a quem lhe falta um dedo"), é incrível. Óptima fotografia, óptimo argumento... sai daquela gaveta que costumamos abrir, aliás, qual gaveta? Este filme é outro nível de escrita e de realização, com óptimos actores e um enredo "simples". Boa!!

Às 19h15, na sala 3, vi o filme Cold Hell (Alemanha/Áustria, 2017).
E este foi o bilhete que deu acesso ao filme Cold Hell

Stefan Ruzowitzky, aclamado realizador austríaco que em 2008 foi responsável por “The Counterfeiters” (vencedor do Óscar para melhor filme estrangeiro), regressa agora ao seu país de origem para filmar “Cold Hell”, um impiedoso thriller negro com uma heroína imparável.

Sinopse: Özge é uma jovem taxista de origem turca, estudante à noite e ambiciosa lutadora de Muay Thai. Fala pouco e treina muito. Certo dia, Özge assiste a um brutal assassínio. O suspeito é um serial killer louco, inspirado pelo Islão, que está convencido de que Özge testemunhou o crime. A partir daí, nasce um conflito de vida ou de morte. Christian Steiner, um polícia com dificuldades em confiar nas pessoas, principalmente em mulheres, entra em cena e será a principal fonte de ajuda de Özge, agora perseguida pelo serial killer.



Falar sobre aquele que foi o Vencedor da melhor longa-metragem de terror para o MOTELX, sendo o prémio, a nomeação directa aos Méliés d'Argent (Prémio de Melhor Longa Europeia), é sempre complicado mas... tentarei não me influenciar pelo que soube à posteriori (pouco depois, diga-se lol)!

O filme aborda um tema seríssimo: os radicais islâmicos e como os muçulmanos os vêem porque sim, nem todos os muçulmanos são assassinos ou causam distúrbios (ou ainda "males no mundo"). Já tive oportunidade de abordar este tema, num outro espaço e, visto que não quero tornar este texto muito longo, vou deixar a dissertação sobre o tema para mais tarde. O filme tem todos os ingredientes para o circuito comercial de cinema: tem um óptimo argumento, que nos deixa agarrados ao filme até ao fim e que é realista; actores com que nos podemos identificar facilmente e uma personagem... idílica.
Cold Hell, foi eleito o melhor filme, entre oito longas em competição 
Após este filme, lá fui a correr subir as escadas do cinema São Jorge para entrar na sala Manoel Oliveira, para assistir ao Encerramento do Festival e, posteriormente, ver o tão aguardado filme: It! =D

Na Sessão de Encerramento, a patrocinadora principal do MOTELX - a esyJet - ofereceu os bilhetes que tinha prometido: para Londres, Madrid e Paris. Quem foi sorteado? Apenas mulheres que, heroicamente, superaram os desafios propostas: tocar em cobras, larvas e... abraçar um palhaço! =)

De seguida, anunciou-se o vencedor da melhor curta de terror portuguesa deste ano...

Thursday Night (Portugal, 2017)

Sinopse: Durante a noite, um estranho presta uma visita a Bimbo para lhe entregar uma mensagem importante.



O espectacular desta curta, que dura 8 minutos, é não haver diálogos... porquê? Só entram os cães! Imaginam a dificuldade do realizador (o jovem Gonçalo Almeida), de filmar com animais? Conseguir captar as suas emoções?... incrível! No seu discurso de agradecimento, disse que não teve qualquer financiamento - pudera, quem iria investir numa curta destas? Facto, é que ganhou 5.000€ como prémio e ainda, nomeação directa para a competição internacional Méliès d’Or, galardão atribuído anualmente pela Federação Europeia de Festivais de Cinema Fantástico (EFFFF)! Força aí! =D
Thursday Night, foi eleita a melhor curta portuguesa, entre nove em comepitção
Mas o It estava esgotado há vários dias! A sala Manoel de Oliveira estava completamente lotada!

Às 21h00, na sala Manoel de Oliveira, vi o filme IT (EUA, 2017).

Depois da icónica mini-série realizada em 1990, com Tim Curry a desempenhar o papel da criatura maléfica que toma a forma dos nossos piores pesadelos, surge agora uma adaptação ainda mais negra do livro de Stephen King. O filme promete um regresso ao terror puro, depois do sucesso de fenómenos revivalistas como “Stranger Things”, desta vez pela mão de Andy Muschietti que em 2013 realizou “Mama”.

Sinopse: Quando crianças começam a desaparecer na cidade de Derry, no Maine, um grupo de jovens rapazes enfrenta os seus maiores medos ao confrontar um palhaço maléfico chamado Pennywise, cujo passado violento e assassino remonta a vários séculos atrás.



O filme é MA-RA-VI-LHO-SO! Percebe-se perfeitamente como está a bater record's de bilheteira nos Estados Unidos e no resto do Mundo... é um típico filme de terror: originalidade no argumento, sustos, boas personagens e... dinheiro, para fazer isto tudo! Não vos quero contar o filme todo mas houve uma cena que gostei particularmente. Certo momento, o palhaço, quer meter medo à Beverly Marsh mas não consegue - para a fazer flutuar, este abre a boca de tal maneira que se vê... luzes! Achei a cena bastante original!! Tive pena que o pequeno Georgie, no final, não tivesse ficado vivo (a forma fofinha como o Bill - gago - corrige o irmão na forma como se diz "barco"). Mas este é apenas o início... estou naturalmente curioso como será o Capitulo 2 do filme!! Será na actualidade? Fazendo as contas... 27!
E este foi o bilhete que deu acesso à Sessão de Encerramento do MOTELX
E agora que o Festival acabou, como vai ser? Simples - nas próximas quartas de Setembro, serão aqui publicadas as entrevistas que fiz ao islandês Erlingur Óttar Thoroddsen, realizador de Rift (2017)
e, ao finlandês Taneli Mustonen, realizador de Lake Bodom (2016); em Outubro, às terças, irão ler a minha opinião a respeito do 2º dia, 3º dia, 4º dia e, 5º dia de Festival. Está tudo a ser preparado! =D

Fiquem com o Best Of e... para o ano há mais! MOTELX - onde o terror é bem-vindo!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - O moço que estão a ver neste último vídeo, foi o realizador de um filme que depois falarei! xD

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Saldos Verão '17 Lft 1/3

Olá Olá!!

A partir de hoje, e ainda com mais de 2 publicações durante este mês (às segundas), irei contar-vos as compras que foram feitas nestes últimos Saldos de Verão!

Como prometido nos Saldos de Inverno deste ano, durante o mês de Setembro, ia mostrar-vos o que tinha comprado. Não, não cometi a mesma loucura do que no ano passado: os gastos foram controlados! E, vou começar pela loja que nutro menos simpatia (não sei o porquê!...)... a Leftis!
Alpercata às Riscas Azul
A minha mãe tinha-me dito que na Leftis havia uns ténis ou sapatos giros para mim e, por isso, lá entrei na loja. Depois dela ter percebido que já não havia nada, vimos por lá estes mocassins (chamo-lhes assim!...) - adorei. Também havia em padrão militar mas estes é que eram giros. Calcei e não me serviram mas a minha mãe dizia: "Têm de ser esses! É normal apertarem, é lona, depois vai ficando com as formas do pé... é normal". Estava a calçar o 40 e ficavam apertados? Não podia ser...

Desisti da ideia, a minha mãe foi comprar umas sandálias mas depois ela voltou a querer ir à Leftis, a insistir comigo que eram giros (e eram!!!)!... Voltei a calçar, ficaram apertados na zona dos dedos dos pés mas acabei por levar: eram giros, não tinha nada idêntico e... acabariam por alargar.

E é verdade, com o uso acabam por não torturar os meus dedos dos pés e dá-me um veraneio diferente! Inicialmente custavam 10€ mas, com os saldos, custaram... 6€!! Incrível, não é?! =P

Para acompanhar as publicações dos Saldos de Verão, resolvi seleccionar 3 fantásticas músicas da Eurovisão deste ano! E a primeiro música é... da Noruega - pela irreverência e musicalidade! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

2ªvez 2º Semestre

Olá!

O 2º Semestre da faculdade já terminou, e é altura de fazer um balanço destes meses tal como, deste 2º ano de vida universitária (1ºano deste curso). E nada melhor que começar pelo início!...
Ai que bom! Um dia deste género na praia!... =D
Passar a todas as cadeiras do 1º ano, é sempre um passo positivo, quando ainda para mais consigo tirar até 16 valores em mais do que uma cadeira - devo estar a fazer algo de certo nestas coisas!...

Não irei repetir o que disse a respeito do 1º Semestre. Nem o sucedido aquando da época de Exames.

E, este 2º Semestre, quase nada mudou. Continuei a simpatizar com a turma, mas sem amigalhaços. A distância, nestes casos, só beneficia a boa-convivência. Criar boas relações? Sim, mas q.b.

Não tenho nada a falar dos professores - as cunhas universitárias, são mais usuais do que gonorreias dos usuários das matas nos subúrbios da capital portuguesa - todos têm o rabo preso... e gostam!

A turma é mais fútil que a Ana Rita Clara mas enfim... nada de dar pérolas a porcos - não vale a pena.

Fazer trabalhos de grupo, sendo necessário fazê-los, é ir com a maré - não stressar, nem apertar com os restantes elementos do grupo. Não querem fazer já? Querem começar a fazer daqui a 2 semanas? Por mim tudo bem, mas depois posso não ter tanto tempo quanto tenho agora... Agora vejam...
Fiz trabalhos sozinho, onde pus o nome de colegas; puseram o meu nome em trabalhos em que não acresci uma vírgula - as coisas são assim, uma mão lava a outra e as duas sabe Deus o que fazem!

Algo bastante motivacional, foi um certo e determinado professor... passo a explicar! OMG!
Tínhamos aula numa sala onde o professor que lá estava acabava sempre tarde a sua aula e ele tinha de sair para nós (e o nosso professor) entrarmos - até aqui nada de especial, não fosse o tal professor mega jeitoso. Não, não pensem que ele é um homem de 1,80m, com bíceps do tamanho da minha coxa, um cabelo Pantene, e onde todas as pessoas notam pela o seu charme ímpar! Ele é um tipo comum, assim vá, da minha altura, magrito, cabelo rapado (onde se notam as entradas), com uns 30 anos mas com um sorriso... e o olhar? Um verdadeiro olhar!!! Daqueles olhares que nos tira o ar, estão a ver?!... Passava por ele, olhava-o, e ele retribuía. Houve uma vez, que ele estava sozinho num corredor e eu, ia passar também sozinho - à medida que caminhava na sua direcção, olhávamos um para o outro mas, quando cheguei perto, um aluno dele começou a falar-lhe - shit, mother fucker! lol
Mas virão novas oportunidades, e quem sabe conhecer um rapaz de jeitoso?!... Há que ter esperança!

E porque o 2ºano está quase a começar, as férias a acabar, e a vontade de ter aulas é nenhuma! =D


As férias estão a acabar e, neste Verão, não fui à praia um único dia... =/ É a 'bida!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - Para quem não sabe quem foi Kandinsky, vivendo ou não na cave! =P

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Sessão de Abertura MOTELX 2017

Olá!!

Fui convidado para estar presente na Sessão de Abertura da 11.ª edição do MOTELX - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, que se realizou ontem no Cinema São Jorge! =D
A noite começou assim, com um cocktail Jameson =)
Até dia 10 de Setembro, estarei todos os dias no cinema São Jorge, a ver o melhor cinema de terror que se faz cá dentro e além fronteiras. Mas guardarei segredo de tudo? Claro que não! Em Outubro, irão ler as minhas críticas dos filmes que verei até domingo e, nas quartas deste mês, as entrevistas presenciais que farei a dois realizadores estrangeiros - tudo em exclusivo e inédito! Preparem-se! =D

O tema do MOTELX deste ano, são os Diabos de Vinhais - eis a Promoção do Festival.



Durante estes dias, há lugar a todos os gostos!

> O MOTELX é apenas para os adultos? Não, também é para crianças a partir dos 6 anos!
> Os "reis" Roger Corman (que ontem disse umas palavras na Sessão de Abertura) e Alejandro Jodorowsky, irão conversar numa sessão moderada onde se seguirá sessão de autógrafos!
> O preço de um bilhete (sem contar com o desconto de Estudante, Yorn, etc) já é apenas de 4€!
Eis algum do material de trabalho do MOTELX... sim, há muito mais!
E é com uma gigantesca honra que faço parte da Imprensa autorizada a trabalhar neste Festival!
Estão a ser dias cheios de informação mas, espera-se dias com muito mais afazeres! Isto é duro! =P

O que a easyJet, enquanto patrocinadora principal, deseja aos passageiros do MOTELX?...



Todos os anúncios da esyJet são bastante originais! O patrocinador principal, easyJet, informou que na Sessão de Encerramento, ia dar 1 bilhete para Londres, outro para Madrid, e ainda mais 1 para Paris. Para ganharem o bilhete de Londres, têm de o tirar de uma caixa onde estão... cobras! O de Madrid, vão ter que tirar a um palhaço! E, o de Paris, vão buscar numa caixa onde estão... larvas! =P
E assim deu-se início à 11.ª edição do MOTELX
O momento tinha chegado - a Sessão de Abertura do Festival! A organização falou sobre as Longas-Metragens, as Curtas-Metragens, e chamou ao palco alguns convidados. E o filme começou...

Eis o filme da Sessão de Encerramento do MOTELX: It (estreia nas salas portuguesas dia 14)!



A primeira longa-metragem de Kevin Phillips, que se segue à curta “Too Cool for School” de 2015 (Semana da Crítica de Cannes), tem sido comparada a “Stand by Me” e “Donnie Darko”, obras que marcaram gerações. Esta história de amadurecimento, «alternadamente sensível e gore», de acordo com a Variety, foi anteriormente seleccionada para os festivais de Roterdão, Tribeca e Fantasia.

Sinopse: No início dos anos 90, num subúrbio estado-unidense, Zach e Josh, estudantes de liceu, são os melhores amigos há muito tempo. Os dois partilham vários interesses, incluindo a atracção pela colega Allison. No decorrer do que parecia ser um dia normal com os amigos, um trágico e sangrento acidente irá criar uma clivagem entre os anteriormente inseparáveis adolescentes...
E este foi o bilhete que deu acesso à Sessão de Abertura do MOTELX
O que eu achei do filme? Pode-se ver, facilmente, no circuito comercial de cinema. Sem aqueles sustos de fazer saltar da cadeira, com algum suspense e umas metáforas, é a receita deste filme que retrata as inquietações na adolescência. Porém, penso que fica por explicar a cena inicial do filme, onde aparece um alce morto dentro da escola... tal como fica por explicar o que acontece ao Zach (será que vai preso, tal como o Josh?). Este não foi um filme de terror "puro e duro", mas também não foi inteiramente metafórico... eu, tal como penso que toda a sala, ficou sem perceber o filme.
Mas há algo que devemos reter: Se um amigo não vos quiser dar erva... não insistam... a sério!! xD

Foi exibido, em estreia nacional, o filme “Super Dark Times" (EUA, 2017), de Kevin Phillips.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Um deus chamado João Décio Ferreira

Boa noite.

Ontem, no "Jornal das 8" da TVI, deu uma reportagem extremamente importante e que, até ao momento, não vi reacções substanciais sobre a mesma. Estranho? Nem por isso.
O médico João Décio Ferreira, na reportagem da TVI emitida dia 03/09/2017 
A reportagem era sobre um rapaz que afirmava ter sido vítima de pressão por parte do clínico João Décio Ferreira, para que este faça a mudança de sexo não no Hospital Universitário de Coimbra, mas sim em Lisboa, no Hospital de Jesus (hospital privado, gerido pelas Irmãs Franciscanas...).

Não cabe a mim, fazer qualquer tipo de comentários a respeito do clínico em questão pois não tenho conhecimentos científicos para tal, nem tenho pretensão alguma, através deste texto, de fazer qualquer tipo de julgamento moral ou até mesmo de reputação ao clínico que participou na Reportagem da TVI (que recomendo vivamente que a vejam, fala sobre a realidade de muitas pessoas trans [porque nem todos são filhos de pais ricos], a Ordem dos Médicos, advogados...) contudo, cabe-me ter opinião: não sou acéfalo, desculpem-me.

O lobby gay existe. Existe em muito mais sítios do que cada um de nós pode pensar. É muito mais forte do que cada um de nós pode pensar. E é muito mais estúpido do que cada um de nós pode pensar. Não vou, naturalmente, identificar todos os participantes do lobby gay em Portugal: quer os internos, quer externos - não é preciso - os meus leitores são inteligentes, sabem quem são e onde estão.

Em virtude de ter opinião própria e, reitero, todo este texto ser de total respeito com todas as entidades envolvidas - directas ou indirectas -, penso que seja positivo uma opinião não inquinada à priori.

Se sou trans ou não, branco ou preto, gordo ou magro - não importa. O que me preocupa são os deuses.

A minha identidade de género tem correspondência na minha expressão de género mas, há quem não o tenha e precisa de recorrer a cirurgias. Em Portugal só havia um médico. Tal como só há uma associação disponível em ajudar. Tal como só há sempre um caminho. ERRADO - há vários. Quando me dão apenas um caminho, desconfio. O lobby gay é detentor de um monopólio comunicacional único, onde o "politicamente correcto" é o imperativo: vivemos na Era do Neutro. Não, vivemos naquilo que queremos viver. Eu sou homem, e não uma mulher. Não sou uma mulher, logo sou homem. "Para lutar pelos direitos das mulheres..." - hey, calma, não há direitos das mulheres. Não há direitos gays. Não há direitos étnicos - há Direitos Humanos, ponto. Mas isso não lhes interessa.

A manipulação, só é eficaz através do medo.

Desconfio sempre quando há uma só direcção. Um só juiz (Carlos Alexandre), um só médico (João Décio Ferreira), um só "melhor jogador do Mundo" (Cristiano Ronaldo). É mentira. Eles são o que querem que eles sejam - é uma fabricação. Tal como vos disse em Julho, já precisei de recorrer a apoio e, a APAV, não fez nada daquilo que afirma no programa da Fátima Lopes ou do Manuel Luís Goucha. A APAV é uma fraude, tal como algumas associações gays portuguesas, onde o único interesse é dinheiro, empregos, aparecerem na televisão e, perpetuar uma agenda que perdeu o rumo.

É este o problema dos lobby's, são estúpidos. As carecas, são mais brilhantes que bolas de bilhar mas, há sempre alguém que pede um preço para ocultar a careca e, há sempre alguém que paga.

Por fim, e não menos importante, queria pedir a vossa ajuda: alguém tem o contacto do cachopo? =P
Bom, para além de ser um pedaço de mau caminho, queria dar-lhe os parabéns por ter opinião própria. Fazem falta pessoas que digam aquilo que sentem - só assim é que a comunidade melhora!

Porque a população LGBT, precisa de ter Amor próprio, e não pena da sua existência. =)




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Mondrian Line Modus Vivendi

Olá rapazes!

Agora que regressamos todos às nossas actividades habituais, nada melhor que presenciar a evolução natural da linha da Modus Vivendi mais vendida em 2016 - vejam a NOVA Mondrian Line! =)
Saibam mais sobre esta tanga
A New Mondrian, é a nova visão que a Modus Vivendi tem em relação às peças com referência directa ao pintor Piet Mondrian, onde encontramos o novo "color blocking" na roupa interior (em padrões geométricos), com as cores: vermelho, azul, amarelo, e preto. As peças, são brancas ou pretas.
Saibam mais sobre estes boxers
A linha New Mondrian, é composta por tangas, cuecas, boxers, e camisolas à cava. Todas as peças de roupa interior, têm uma chapa em metal exterior a identificar o nome da Modus Vivendi, onde visa o reconhecimento e orgulho que os clientes têm pela marca - uma nova abordagem ao exterior!
Saibam mais sobre estas cuecas
E é a partir de Thessaloniki, na Grécia, que somos transportados para um ambiente desportivo! Tudo graças ao campo de ténis e... ao modelo Efthimis Chatziapostolou (o segredo é ler o pausadamente!)!
Cuecas pretas, tamanho S, linha New Mondrian - frente
Tal como prometido no mês passado, onde mostrei-vos como são os pacotes que chegam ao destino que escolhemos, quando fazemos a nossa encomenda, é a vez de revelar a primeira peça que a Modus Vivendi ofereceu-me que é... da linha mega confortável hoje apresentada - New Mondrian! =D
Cuecas pretas, tamanho S, linha New Mondrian - verso
Para quem faz desporto de forma amadora ou profissional, pode adquirir produtos da PROZIS
com 10% de desconto em todo o site através do código AG10!!! Vá, poupem dinheiro!


A melhor forma de começar Setembro é bater umas bolas assim, na desportiva! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)