Até 27 de Outubro, participa por e-mail, no passatempo "The Lingerie Restaurant", serão oferecidos 2 jantares duplos: um em Lisboa, e outro no Porto! Boa sorte!

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Arraial Lisboa Pride '15

Olaaaaaa!
Como estão, meus queridos?

Verdade verdadinha - Sábado fui, como não poderia deixar de ser, ao Arraial Lisboa Pride, à semelhança do ano passado.

Este ano, sabia que não ia lá ficar completamente sozinho - tinha lá alguns amigos LG's. Mesmo assim, apalavrei com o mesmo amigo do ano passado, não insistindo muito com ele, ficando em ele lá ir ter e... bem dito bem certo - acabou por não aparecer. Cheguei ao Terreiro do Paço eram 20:50 +/- e liguei a um amigo que lá estava e veio ao meu encontro.

Este ano não tive muito atento à música, mas sim, a encontrar algumas pessoas que conhecia e a pôr a conversa em dia. Talvez por esse motivo tenha achado que as músicas foram uma grande desilusão. Eu queria muito ver a actuação d' La Terremoto de Alcorcón... Adoro dançar ao ritmo de ¡Muévelo Perra! e de ENAJENA ... As músicas não em soaram de forma particularmente diferente ou entusiasmante.... parecia que estava a ouvir músicas de youtube..... Já para não falar da Titica.... merda de música, na minha opinião, e as observações que foi dando ao longo da actuação eram desnecessárias.... Estavam a comentar e, concordo a 100%, que este ano só se foi buscar artistas estrangeiros.... No ano passado era só António Variações, este ano foram a dois países! Algo que também senti falta, foi de algum gogo'zito... pelo menos, em cima do palco!

Na plateia, e ao pé do bar da ilga, estavam duas bichinhas definidas, vestidas a cowboys e a fazer uma coreografia super repetitiva..... credo, assim ninguém os contrataria, obviamente! Também dei conta de um tipo que conheci há uns tempos.... provavelmente foi o tipo que, até hoje, melhor corpo tinha... não era só definido ou tonificado - chegava a ser musculado! OMG! Sabiam que a deputada do Bloco de Esquerda, Mariana Mortágua, é fufa? Não sabia mas fiquei a saber lol Ela estava a servir bebidas no bar da ilga e, depois, uma fufa-amiga, disse-me que era lésbica e que tiveram a falar e tal..... Dá-lhe Mariana! Também vi a deputada do PS, Isabel Moreira, e uma série de actores da TVI.

Felizmente as músicas foram melhorando e consegui dançar ao ritmo de alguns temas conhecidos - Let's Have A Kiki, Who Do You Think You Are e da nanananananana nanana nana! Sai do Arraial ás 3:45h, para apanhar o autocarro da rede da madrugada (agora tornei-me fã lol). Tive, durante quase uma hora, um gajo jeitoso à minha frente - não era particularmente bombado mas, pela camisola, tinha peito definido. Estava visivelmente cansado, percebe-se que era homem de trabalho e muito afável. A longo de toda a viagem, estive sempre para pôr conversa, mas nunca... =( Estava sempre à espera de um momento, mas nunca aparecia... Ao longo da viagem ia esticando os braços, adormecia, esticava as pernas (e pedia-me desculpa)... Quando o bus começou a ficar vazio, enchi o peito de coragem e "Se quiser adormecer, eu depois chamo-o na sua paragem...[tinha que me dizer qual era looool]" Ele sorriu, inclinou-se para a frente e...

... bateu-me com a mão no joelho, ao mesmo tempo que dizia que estava habituado, pois sai do trabalho ás 2h e ainda vai para o ginásio e blá blá blá - eu estava deliciado a ouvi-lo e a concordar com tudo "Pois, a vida não é fácil!....". O homem era, de facto, trabalhador e humilde, simpático e bonito, sorridente e.... hetero! Foda-se! Saímos na mesma paragem e despediu-se de mim com um aceno. As 6h, já eu estava na cama, mas a pensar... "sujeito impecável... dava um óptimo namorado!"


Vamos abanar o raboooooooo!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Não repetir!

Boas!

Faz hoje duas semanas que tive uma noite para esquecer. Ia sendo roubado, jantei num restaurante péssimo, estive num bar a ver NBA e recusei-me a pagar um dinheirão, para entrar numa discoteca da moda!

Irei começar pelo início. Lembram-se deste texto do ano passado? Pois bem, este ano a AA voltou-me a convidar para os anos mas, a vontade não era muita ou mesmo, nenhuma. Isto porquê? Fez-me uma que não gostei em Abril mas, voltou a convidar-me para nos anos este ano... não sou pessoa de guardar rancor e, por isso, podia ultrapassar o que tinha acontecido (pensava eu) - assim sendo, confirmei a minha presença neste que, certamente, foi o último ano que fui.

Como sempre, cheguei cedíssimo ao local. Onde era o jantar deste ano? Na Avenida Almirante Reis (Arroios), no restaurante New Wok, onde supostamente serviria comida japonesa. Quando lá cheguei, contactei a aniversariante e, ela disse que estava a chegar, fiquei ao pé do metro de Arroios à espera. Contudo, um jovem com uns 13/14anos, começou a pedir-me comida ou dinheiro... Eu entrei "em pânico" - estava a perceber que ele queria era dinheiro ou roubar-me o que pudesse. "Fodasse! O que faço agora?" Bem, vou para dentro do restaurante... eles têm que salvaguardar a segurança dos seus clientes.... Entrei e o miúdo entrou atrás de mim e continuava a pedir-me dinheiro... dentro do restaurante, os clientes percebiam o que se passava, falai com um dos funcionários (que depois vim a perceber que era o dono) e cagou no meu problema. Pensei em chamar a polícia ou reclamação por escrito mas.... porra, seria ali o jantar da AA e não queria armar confusão... mas também não queria ser roubado! Há certos dilemas que só a Maria Helena consegue resolver e, este, é um deles.... Felizmente, o miúdo foi para a parte de fora e eu, sempre dentro... a cena parecia digna daqueles documentários da vida animal.... o predador e a presa.... ele, no lado de fora, a olhar para mim e a andar um lado para outro, eu, dentro do restaurante, quietinho..... E, claro, a passividade da gerência do restaurante! Felizmente a AA chegou.

Comecei rapidamente a perceber que o jantar não era de amigos.... mas sim, de conhecidos. Então, ela convidou umas 50 pessoas! Desculpem-me, mas ninguém tem 50 amigos para juntar num jantar de aniversário! Então, convidou toda a equipa de trabalho dela e assim encheu metade do restaurante.... Equipa que só foi porque ela é a superior... Juntou amigos? Não! Juntou sangue-sugas e eu, fazia parte daquele espectáculo... quando me apercebi, ainda antes de tudo começar, apetecia-me fazer as malas e ir embora, contudo, aguentei.

Fomos comer. Aquilo era buffet de chinês e japonês (afinal não era um restaurante japonês, mas sim, chinês que tem comida japonesa) fui, obviamente, ás peças japonesas, tal como algumas pessoas de bem (já que íamos pagar 13€, que fosse em bom lol). Quando levei à boca a primeira peça, percebi logo que não era fresco! Peças muito maçudas, sem sabor... até o molho de soja era péssimo! Quem notou isto? Todas as pessoas que comeram peças japonesas. A AA, ao ouvir as criticas retorquiu "Ah, eles deviam pensar que vinha muita gente, por isso fizeram muitas." Eu intervir de imediato "E fizeram-no quantos dias antes? Isto não é fresco!" ela lançou-me um sorriso cínico - apeteceu-me novamente ir embora, para ela ver que não me faz por parvo. Todavia, fiquei.

No jantar, e, à minha mesa,  falava-se de hospitais e seguros de saúde e, só me lembrava, o quanto quero fazer o meu... Sei qual é a rede protocolar que quero, agora só falta o pior... =( Bahhhhh! Graças a deus que tinha ao meu lado um gajo giro e que fazia ginásio.... estava acompanhado pela namorada.... mas ele era mesmo giro, porra!
Acabou o jantar e havia de dar vazão a uma quantidade imensa de gente que queria sair. O namorado dela queria ir para os Santos Populares (Alfama), ela, para um bar no Areeiro.... fomos, infelizmente, para o bar. Fui num carro cheio de miúdos... incluindo a condutora. Felizmente, conduzia bem lol.

Fomos para um bar chamado Weekend. O bar não dá nas vistas. Descemos uns 3 degraus, tocamos à campainha e a porta abre-se. É um espaço acolhedor e informal. Tem musiquinha ambiente mas, as pessoas vão para lá para falar e ver televisão que, estava a dar futebol e séries. Tinham uma funcionária brasileira que era muito simpática e profissional contudo, ao longo da noite e, visto que não conhecia ninguém, para além da aniversariante e do seu namorado, sentia-me completamente sozinho. Cheguei ao cumulo de estar sentado, a beber a minha vodka preta, a bater com o pé no chão ao ritmo da música que estava no ar e, com os olhos vidrados no AXN... Sentia-me a mais e só desejava a minha cama, não pelo sono, mas pela companhia da minha almofada! Entretanto, mudaram para a SporTV e estava a dar a final da NBA.... e lá estive a ver a NBA.... Deprimente!

Decidiram ir, depois, para uma discoteca da moda que ficava nas Docas. Fui pagar a minha vodka preta, ao balcão, e quem me atendeu? OMG! O tipo devia ter 1,80, T-shirt branca apertada, biceps com uns 40cm e com um sorriso acolhedor..... Não percebi se era bonito, só olhava para os braços (mas também o que interessa a beleza quando se tem bons braços? LOL).... A vodka tinha-me custado apenas 5€ e ainda recebi um sorriso de um bombadão daqueles.... Tinha compensado a seca! Hora de irmos para a Dock's Club. Contudo não tínhamos (eu e mais 2 pessoas) lugar nos carros, visto que a condutora já não estava capaz de conduzir.... felizmente apareceu um moço que nos deu boleia até lá (moço esse que tinha ido ao jantar).

Chegamos à porta da discoteca e o ambiente não era o melhor. Havia muitos pretos de guetto  e muitas raparigas sem sapatos (era lady's night).... eram umas 3 da manhã e a discoteca estava a bombar. Todo o nosso grupo tinha entrado antes de nós. Quem estava cá fora, era o grupinho que vinha no tal carro, mais a aniversariante e uma amiga dela... eu já tinha avisado que não ia pagar um dinheirão para lá entrar, ao qual ela disse "Ah, o grupo anterior pagou 18€ e eram umas 20 pessoas.... nós vamos pagar menos.." Ok - pensava eu. Altura de entrar e, para minha surpresa, o gajo da caixa registadora pede-me 16€! Fodasse! 16€ para entrar numa discoteca em que só ficarei por umas 2/3 horas e em que o ambiente não parece ser o mais simpático? Virei as costas e vim para a rua. A AA perguntou porque tinha saído (visto que ela ia a entrar) e eu disse que não pagaria o absurdo do valor que me tinham pedido.... ela não gostou, mas foi para lá à mesma. Ainda me perguntou como ia para casa, ao qual retorqui que "Cá me arranjo!".

Felizmente o rapaz que tinha-nos levado até ali, também se recusou a pagar tal quantia e, levou-me até onde eu queria. Agora, estava diante um dilema: apanhar taxi p'ra casa, ou autocarro da rede da madrugada. Resolvi arriscar! Quando o autocarro chegou estava lotado, mas eu entrei à mesma e fiquei logo ali, ao pé do condutor. O cenário era dantesco - pessoal a dormir, outros a oferecer porrada e, ainda havia os sóbrios, que era o meu caso. Em cada paragem, o autocarro tinha algum problema - ou tinham tocado por engano, ou o motorista não parava.... houve um que chegou-se ao pé dele a oferecer-lhe um soco...... credo, e eu quase ao lado...... pânico.  O motorista ainda disse que mais há frente havia uma operação STOP, mas o tipo nem queria saber.... se não fossem outros gajos a porem fora do autocarro, tinha batido no motorista e, aí sim, ninguém chegaria a casa. Inicialmente tinha algumas reticências em ir desta fora mas, percebi que todos queriam o mesmo - chegar bem ao seu destino.

Ao andar a pé até casa, vi o nascer do Sol.... que beleza.
Só faltava mesmo era a companhia de alguém. Enfim.


E porque hoje estou bem-disposto!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 22 de junho de 2015

85ª Feira Livro

Olááááááá!!
Este fim-de-semana esteve imenso calor! Chiça!

Hoje falarei do sábado, dia 6 de Junho. Dia esse, em que fui à feira do livro, participei numa manifestação comunista, dei dinheiro a ganhar à Starbucks e ainda, foi o dia em que me apaixonei! Verdade, tudo no mesmo dia! xD

Este ano tínhamos decidido ir à feira do livro. A televisão falava diariamente daquilo e resolvemos lá ir e passar um dia diferente! Chegamos (eu e minha mãe) à feira, eram umas 11horas e aquilo estava apenas a abrir.... Livros, esses, eram caros. Provavelmente, só no último dia é que baixam os preços mas, uma coisa era certa, os descontos eram de 1 ou 2 euros - que vergonha! Começamos pelo lado da "Chiado Editora" e começamos a subir. A feira, pelo menos foi o que nos pareceu, estava concebida para o público infantil-consumista. Subimos e subimos - fomos ter ao jardim Amália, jardim esse que ela não conhecia. Tivemos lá a vaguear um pouco e, de facto, aquele "lago" ao pé da esplanada, é maravilhoso! Voltamos a descer, mas pelo outro lado e, imaginem - mais do mesmo - criancinhas intempestivas e com sede constante de consumo e livros caros! Claro, não faltam gays, bichas e casais às compras. Sim, porque gay que é gay, é intelectual (ou finge!)!

Depois de termos ido ver a feira, era a vez de irmos almoçar ao renovado "The Great American Disaster" (vocês sabem o quanto adoro lá ir! [local que ela não conhecia]), mesmo com vista para a rotunda do Marquês de Pombal e parque Eduardo VII. Quando lá chegamos (ela também não o conhecia lol), o restaurante estava praticamente vazio, o que possibilitava lugar à janela... escolhemos para entradas, 2 pães d' alho com queijo 1,10/cada... quando vieram, não quisemos acreditar! Os pães são pequeníssimos e pouco gosto tinham - não voltarei a pedir tal coisa! Depois, a minha mãe, comeu a pizza Hula Hoop 6,80€ (com cerveja 1,25€) e eu comi a já tradicional Litlle Italy 7,30€ (com Ice Tea 1,50€). Pelo que sei, a minha mãe gostou do ambiente e, ainda fomos brindados com a companhia (no restaurante) do deputado comunista, João Oliveira. Há que dizer que ele é muito mais giro nas fotos e na televisão do que ao vivo.... Também no restaurante, apanhamos com um... tótó! Então, o tótó parecia-me, inicialmente, um motoqueiro, mas depressa percebi que era uma bicha cinquentona que fartou-se de fazer exigências - queria uma mesa só para ele, com vista para a rua.... Enfim, um filme....

Acabamos de almoçar e deparamo-nos com muita confusão. Depressa percebemos que havia manifestação na Avenida da Liberdade. Cagamos e seguimos viagem. Próxima estação? Starbucks do Rossio. Então lá descemos e passamos por óptimas lojas (não é que vimos um relógio que custava 25mil euros?! E até que não era feio....) claro que, muitas delas, com segurança à porta.... enfim, a Avenida é um dos sítios mais caros e chiques da Europa, néh?! Chegamos à Starbucks e quis oferecer à minha mãe uma bebida (visto que também nunca tinha lá ido). Acabei por escolher 2 Iced Capucciono Normal Grande 3,05€/cada. Mas, aconteceu-me o que acontece sempre - acho super amargo e lá tenho de pôr carradas de açúcar para estar minimamente bebível! Contudo, apaixonei-me!

Estávamos nós numa mesa redonda, ao pé da porta que dá aceso directo à estação e, eu estava virado para a dita estação (lol) e, quem eu vejo? Só o tipo mais giro do dia! OMG o gajo era divinal - passo a descrever: bombado (OMG!), depilado (não acho piada a homens depilados [ficam menos viris], mas neste até que não fica mal), tatuado (bad boy!)... pena era parecer muito jovem mas, até que "no todo" era bastante aprazível aos olhos! =) Eu, admito, não parava de olhar para ele. Objectivo? Encontrar defeitos! Consegui? Não! =) Entretanto saímos e ele, passado um bocado, entre na starb... mas, ainda cruzamos um olhar "daqueles"! Porra, porque sou tão conas? Odeio-me! lol Nunca irei ter ao meu lado um homem destes..... mas sonhar não custa....

Entretanto, voltamos a subir a avenida, pelo lado da Prada. Subimos, subimos e vimos - ia começar a manifestação. Pusemos-nos à sombra para ver o "espectáculo". Em suma - imensa gente. Sem dúvida, eram milhares de pessoas, de todo o país. É indiscutível a capacidade organizativa do partido comunista..... fantásticos!!!! Até eu já começava a ter linguagem contra os "grandes capitalistas".... contudo, cheguei a casa, tomei banho com um bom esfoliante e a coisa passou-me! Graças a deus!

Antes ser pobre do que comunista! Jamais irei renunciar à qualidade de vida. Credo!

E porque faz-me lembrar o sujeitinho...



Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Parceria Buddhic Love

Boa noite!

É com grande gosto e entusiasmo que anuncio a parceria com... a Buddhic Love!

adolescente gay e a buddhic love, oficializam hoje esta parceria. Nem nenhum outro blogger, e nem nenhum outro individual, é parceiro oficial deste projecto que, tem juntado tantos casais por este país fora!

A Buddhic Love tem como objectivo juntar corações solitários e cheios de amor para dar... faz isso com gays, lésbicas, bissexuais e pessoas trans! Sim, todos os LGBT's têm agora maiores oportunidades de encontrar... o amor.


Este é, sem dúvida, um projecto de grande importância e, a equipa, está muito bem composta. Ora vejamos: tem, entre muitas pessoas, um Personal Trainer - e vocês sabem o quando sou fascinando por PT's - e, este, é muitíssimo lindo e com um sorriso deliciosamente aconchegante. Mas não é só isto! A mascote é uma ternura... não, não falo do PT, apesar dele também ser uma tornurinha, falo mesmo da mascote de quatro patas - a Pipoca! Oh páh, que fofuraaaaaa!!!! Quero ter uma cadela igual!


Qualquer coisa que precisem, já sabem - é enviar e-mail para info@buddhiclove.com
e não se preocupem, que a Patrícia é uma fofa a responder aos e-mails!

Caso queiram falar comigo, também estou sempre disponível.
E-mail - adolescentegay92@gmail.com

Vamos ser todos felizes! Sim?!


Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Kurt Seligmann '49

Boas!

Continuando com o dia 23 de Maio, quando foi inaugurado o Novo Museu dos Coches e, dando seguimento à Charanga da GNR...

Graças a deus que aquilo acabou, no museu, e agora ia tudo em cortejo, que nem Fátima, para aquele enorme espaço de relva ao pé do Mc Donald's de Belém. E nós, também fomos. Aquilo só me fazia lembrar a procissão do adeus, contudo, vi deus. Deus não, deuses. Deuses não, homens. Homens... muitos homens! Como assim? Num dos restaurantes que tem esplanada para o mesmo local, havia um grupo de uns 10 homenzarrões, em tronco-nu (devido ao calor?!) e, alguns deles, tatuados - claro que fiquei logo vidrado neles, mas apenas ao longe..... aquelas preciosidades estrangeiras eram encantadoramente fascinantes e... cativantes!

Enfim, hora de almoço, altura de irmos ao Mc de Belém, que era logo ali ao lado. Sentamos-nos e, quem sentou-se ao pé de nós? Um gaijinho com uma T-shirt da "Pepe Jeans", que era muito girinho, apesar de ser demasiado imberbe para o meu gosto! Next!

Próxima paragem?
Centro Cultural de Belém, para a minha mãe ver a exposição do Berardo (que não conhecia).

Estávamos muito bem a ver a exposição até que, a minha mãe, comete um crime terrível! Quase me deu vontade de cometer um homicídio em série! Então não é que ela toca, sim, põe o dedo indicador, sobre esta tela de Kurt Seligmann de 1949 (quadro em baixo)?!?


162.8 x 188.5 x 3.2 cm

Quando ela ainda ia com o dedo ao quadro, já a mandava parar mas, já era tarde de mais.... passa o dedo e diz algo interrogativa "Isto é mesmo de tecido.... hm....". Olho-a com uma cara de a querer esganar e ela diz-me "Olha, já está! Sabes, é que nem parecia uma tela...". Olho-a novamente e começo a estrebuchar e a dizer-lhe que não pode tocar em nenhuma peça, muito menos quadros... quadros esses que valem uma fortuna! E digo-lhe, sabes o que acabaste de fazer? "Deixei uma impressão digital!" ela diz isto a rir-se, e eu, passado.... eu só lhe dizia "Isto devia ter câmaras de vigilância e obrigarem a pagar-te o restauro ao quadro por aquilo que fizeste.....". Enfim, passei-me, mas também passou-me (tinha outro remédio?).

Depois fomos aos pastéis de Belém.... credo, como eu adoro aquilo.... claro que têm de estar cheios de canela e açúcar! Hmmm! Lembro-me de, há uns anos, ter lá ido com um tipo que era um gentleman por fora... mas, enfim, muito pacóvio por dentro!.... Boringggggg!!!!

Nesse dia foi a Final da Eurovisão da Canção e, para o nosso colesterol subir aos píncaros, encomendamos uma Pizza. O motard que veio entregar, não parava de olhar fixamente para mim (até estava constrangido!), depois, dei-lhe uma gorja e então, ele lançou-me um sorriso encantador e muito charmoso..... para ajudar à festa, pareceu-me que não queria ir embora.... Surreal. Pior foi mesmo eu não ter conseguido ver a actuação francesa pois, foi mesmo nesse momento, que ele chegou com a Pizza!! Mas o sorriso do homem compensou - ele era tãooo girooooooo! Uhau! =D


Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Charanga GNR

Olá!
Como foi esse fim-de-semana?

Vou continuar a contar o dia 23 de Maio, quando foi inaugurado o Novo Museu dos Coches.

Quando saímos do museu, já estava tudo preparado para receber a charanga da GNR. Filas imensas de pessoas à espera da chegada iminente dos nossos guardas republicanos, a cavalo, e a tocar ferrinhos lol (credo, que visão mais abichanada)! Entretanto, pusemos-nos também em posição e à espera de ver a sua chegada. De repente, começamos a ouvir qualquer coisa - eram os homens a vir-se [não resisti xD] (poderão ver a entrada da charanga da GNR, e dos coches de recreio, no largo do novo Museu dos Coches, aqui). Muito bonito para alguém que nunca tinha visto.... tipo eu! Entretanto, eles entraram dentro do auditório e voltaram a tocar. Fomos "atrás" deles. Demos a volta e ficamos numa varanda de cimento, que fica em frente à entrada do auditório... assim, sempre deu para ver alguma coisa e ouvir muito bem (vídeo de parte do que eles tocaram, em baixo). Quando terminaram, saíram, e entraram, à vez, os coches. Nós, lá voltamos para onde estávamos e esperávamos pela saída da charanga, até que....

- Olaaaaaaaaaaaa!!! Adolescenteeeeee!!!!!!!!!!

Quem era? Quem é que me tinha visto? Quem é que tem uma voz estridentemente aguda e vestida como estivesse nas corridas de Ascot? A minha professora de História do 10ºano, imaginem! Eu já a tinha visto, impossível não a reconhecer - mulher de meia idade, um sorriso igual à da Rainha Sílvia da Suécia, lindíssima (magra que se farta), óculos de estrela de Hollywood, manienta a andar..... uma snobe! Vejo-a a vir na minha direcção, abre a boca e acena-me. Fim, estava tudo perdido - tinha que, manifestamente, mostrar uma enorme saudade em vê-la! LOL

- Professoraaaaa!!! Como estaaaaa??? - isto era eu a fingir-me de surpreso lol

- Bem e tu?? Que tens feitooooo??? Que saudadeeeeees! Que bom ver-te!! - Ela a dizer isto e eu com vontade de me mandar pró chão e rebolar-me às gargalhadas - nunca julguei que gostasse de mim. lol

- Bem, está tudo bem. E a professora?? Está óptima! Está igual!! - E estava mesmo igual.... eu com vontade de lhe perguntar, quanto é que já pagou em operações faciais na clandestinidade.... é que não se vê um único ponto de pós-operatório! Ahahahah

- Ohhhh, obrigada Adolescente! E tu? Que fazes? - e eu com vontade de lhe responder "quer-se dizer... Desaparece durante anos e depois ainda é codrilheira? Faça-me o favor de se meter na sua vida de brigada-do-croquete e desapareça-me daqui!" Mas, como também sou um snobe, resolvi dar uma de coloquial e cheia de etiqueta. Estávamos a falar e então ela sobe ainda mais o tom de voz, a tal modo que, umas 10 pessoas, começam a olhar para nós, e ela, na boa:

- Tu és um orgulho para mim [WTF?!]!!! Sempre foste um excelente aluno a história [ai que vergonhaaaa]!! É para mim, um orgulho ter sido tua professora! És fantástico! Mereces tudo de bom!...... - Desliguei. Ela estava bêbada, de certeza! Ela lá continuava a falar e eu a sorrir-lhe, mas não estava a ouvir nada. Só via pessoas a olhar para mim... deviam estar a pensar que eu era algum génio ou coisa do género!!!! Entretanto, despedimos-nos e eu continuei à espera da charanga da GNR. A minha mãe, que tinha assistido a tudo, estava boquiaberta com o que tinha acabado de acontecer.

Na verdade, não sei se ela foi sincera ou quis dar um show... Pelo menos, gostei de saber que, passados tantos anos, ainda se lembrava do meu nome e até veio ter comigo. Pelos vistos, marquei-a... tal como ela a mim - não se esquece facilmente uma professora que diz "lesboa" em vez de "lisboa" (só as pessoas chiques é que o fazem. Um exemplo? A sublime, Judite de Sousa!). =)


A charanga a cavalo da GNR... até tocam o Fantasma da Ópera e tudo! Que bonitinhos!! *.*




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Parceria CheckpointLX

Boa noite!

É com um misto de honra e orgulho que anuncio a parceria com... o CheckpointLX!

O adolescente gay e o checkpointlx, oficializam hoje esta parceria. Nem nenhum outro blogger, e nem nenhum outro individual, é parceiro oficial deste projecto, que tanto tem dado aos homens gays da cidade de Lisboa!

Nunca é demais repetir a importância do uso do preservativo, e dos cuidados a ter quando se faz sexo. O preservativo é essencial, mesmo quando estamos numa relação estável... nunca sabemos se o nosso homem anda a petiscar por fora, né?! Não tenham medo nem vergonha de responder, quando vos perguntam se querem ter sexo: "Sim, mas só com preservativo!"

CheckpointLX tem um papel fundamental quando sabemos que pisamos o risco, ou não tomamos as devidas precauções... Neste local, poderão fazer o teste VIH confidencial, anónimo e gratuito! Basta uma piquinha na ponta do dedo da mão e esperar 30 minutos para saber o resultado!

Todas as pessoas que lá trabalham têm formação específica e estão constantemente actualizadas. Não, ninguém irá dar-vos na cabeça ou coisa do género! Há aconselhamento entre pares, isto é, irás ter uma conversa com alguém do mesmo sexo e que, irá responder a todas as tuas inquietações - sempre de uma forma amigável e confidencial.




Hoje é a noite mais longa da cidade de Lisboa - noite de Santo António. Mas, não nos podemos esquecer que, também é este mês, que acontecem as maiores celebrações LGBT do Mundo! Já sabem, se hoje (ou nos próximos dias, ou nos próximos meses, ...) acontecer alguma coisa, dirigem-se ao CheckpointLX! Convém ter este local mesmo na memória! Não sabem onde é? Fica na Tv. Monte do Carmo Nº2 | 1200-277 Lisboa (Príncipe Real). Um ponto de referência? A discoteca Construction. Horário? De 2ªfeira a 6ªfeira das 12h às 20h e ao Sábado das 14h às 18h.
Contactos? geral@checkpointlx.com ou 910 693 158.

Caso queiram falar comigo, também estou sempre disponível.
E-mail - adolescentegay92@gmail.com

Amem, amando-se!


Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Novidades d'Junho

Olá!

Desde a criação deste blogue, que comemora 6 anos, a definição nunca foi mudada. Muitos pensam que sou adolescente. Bem, na verdade eu sou o adolescente gay, que já escreve há tantos anos na blogayesfera. Mas, já é tempo de grandes e preciosas novidades! xD

A definição do blogue passará a ser assim...

Blogue que nasceu em 2009, quando eu ainda era adolescente. Hoje, já não o sou, mas continuo com muitas inquietações, desejos e paixões. Aqui, poderão acompanhar o meu dia-a-dia sem filtros, mas sempre, com muitas gargalhadas!

em vez de...

Sou um adolescente gay. Este é o meu blog, espero que gostem (mas não ando aqui para agradar a todos)! Vou falar de mim, das minhas dúvidas, dar a minha opinião, vou no fundo, desabafar com todos vocês! Espero que gostem!

As novidades não ficam por aqui... nem pouco mais ou menos!
A lista de blogues foi actualizada, o que vos permite ter mais e melhores leituras!
Mas também, ao longo dos últimos meses, estive a delinear parcerias que prometem dar muito que falar!

A blogayesfera não pode ficar alheada a tudo o resto que acontece no chamado "Mundo Gay". Eu sou a favor, como já tinha dito, de uma rede multi-plataformas em que, todas se complementam e valorizam-se. Este blogue será pioneiro numa série de parcerias que Portugal nunca viu! Nenhum outro blogue, oficializou parcerias tão importantes e tão diferentes entre si, como todos nós (eu e vocês, leitores) conseguimos!

Ao longo deste mês, serão publicadas parcerias no âmbito do social e... amoroso!
Curiosos? Fiquem atentos... elas estão a chegar! =)

Tudo isto porque gosto MESMO de todos vocês!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 8 de junho de 2015

NOVO MCoches

Olaaaaaa!
Tudo bem rapaziada?

Dia 23 de Maio fui à inauguração do mês. Não, do mês não. Do ano. Não, do ano também não. Da década! Não, da década também não... Das ultimas décadas! Então, não sabem ao que me refiro? Fui ao primeiro dia de abertura ao público do modernaço Museu Nacional dos Coches! Portugal detém a maior colecção de coches do Mundo e eu, claro, não ia perder este momento histórico que é a inauguração de um museu!

Bem sabem que a inauguração foi feita na véspera pelo PR, Cavaquinho, e pelo PM, Coelhinho mas, inauguração é quando o povo quer e, quando é de graça, o povinho vai e em força - e foi o que aconteceu!

Chegamos à fila (eu e a minha mãe) às 9:45h. Para mim era muito tarde - queria chegar bem mais cedo, mas pronto. A essa hora, a fila já chegava ao local onde ficarão os coches de recreio para turistas e foi aí onde ficamos. Felizmente a fila estava ao sol e deu para fazer a fotossíntese. Contudo, a umas 5 pessoas atrás de nós, estava uma mulher do povinho que queria, por tudo, que umas dezenas e dezenas de pessoas fossem para a sombra, onde fazia frio. A senhora, com o seu repugnante casaco branco, fazia-me lembrar peixeiras corruptas para com as suas freguesas habitués! Contudo, o povo cedeu à mulherzinha. Conclusão - frio! Estava tudo ao frio. Eu fui-me chegando para o Sol e então apareceu um sujeitinho que mais parecia o Manuel de Oliveira, mas em versão obesa. Esse tipo maniento, enxotou-me como se eu fosse um dos seus serviçais da casa de campo. Insurgi, naturalmente, contra o dito-cujo ao qual declarava num tom recital de tio de Cascais, que teríamos de nós afastar para porem as barreiras, pois iria vir a charanga da GNR. E eu com isso? Estava frio, porra!

E a fila começou a andar e os canais de televisão em cima do acontecimento. Cagando nessa parte, sabem quem me tirou o bilhete (na bilheteira)? A própria da directora do Museu. Achei-a simpátiquíssima e, diga-se, tira muito bem bilhetes para museus! Muahahahahah (se for despedida, já tem uma nova carreira pela frente)! O bilhete foi-nos tirado às 10:39 e calhou-me o nº126196, ora, até nem esperamos muito tempo e não estavam a contar só a partir daquele dia... Entramos e os seguranças eram podres de bons! Oh-meu-deus-do-céu-e-todos-os-santinhos-do-altar! O que estava perto da zona de entrada era bom mas, o que estava já na parte interior era +velho, +giro, +uhau... + tudo! Olhamo-nos bastante mas tinha de apanhar o elevador! Que pena ='(

O elevador estava cheio de pessoas de bem (no qual me incluo LOL) e povinho daquele explora até à exaustão o Serviço Nacional de Saúde e a Segurança Social! Chegamos ao 1ºAndar e começamos a apreciar aquilo ainda para mais eu, que nunca tinha ido ao "velhinho" Museu dos Coches. Havia uma coisa muito boa - visitas guiadas em simultâneo, no qual sempre deu para aprender umas coisas. De facto, o coche que o Rei D. João V enviou ao Papa Clemente XI é lindíssimo!!!




Agora no geral, aspectos positivos: moderno, dá para ter uma visão de 360º em alguns coches. E estavam lá os coches para os pequenos príncipes.... um primor!! *.*
Aspectos negativos: tecto e paredes brancas e chão de cimento.... um museu, para mim, não é isso. Não havia uma explicação de cada um os coches expostos. Os trajes de época e materiais usados, muitos deles, não tinham identificação nas vitrinas - era para adivinhar? Estavam os Coches de Vila Viçosa mas sem grande impacto. Qualquer pessoa pensa que estão lá os coches todos..... mas não estão! Há 8 coches que estão e vão permanecente no Museu antigo... isso faz sentido? Não me parece. O que mais mexeu comigo e com outras pessoas, era o povinho. O povinho tirava selfie com TODOS os coches. O povinho tirava fotos com flash. O povinho ia com uma sede faminta de qualquer coisa que não havia. Porra - era expulsar aquela "nhanha" sem qualquer sentido cultural ou erudito. A cultura é para todos? Não! É para quem a quer apreciar e aprender! Vale a pena ir ao Museu? Não! Gostei de lá ir? Sim, vi seguranças giros LOL mas mais nada. Não vale a pena 31,5 Milhões e, muito menos, 40 milhões de Euros. A arquitectura é bonita? Não! Se houver um incêndio ardem os coches todos? Sim, pois não há portas anti-incêndio ou porra do género entre os vários coches! Em suma, mais valia terem ficado quietos? Claro! Apre!!!!


Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sábado, 6 de junho de 2015

Blogayesfera, hoje.

Boa noite!

Quem diria que já escrevo na Blogaysfera há mais de 6 anos! Eu mesmo não teria noção que este meu cantinho durasse tanto tempo e, haverá nos próximos dias, um texto super positivo de balanço deste tempo todo. Mas hoje, apetece-me fazer um balanço negativo de tudo isto que anda por cá.

Costumo ver, às vezes, durante a tarde, o programa "Há tarde", na RTP1, com o Herman José. Uma vez já tinha-o ouvido dizer uma coisa que concordava e outro dia, voltou a dizê-lo e é completamente aplicável neste mundo blogueiro.

Estavam a falar do devido valor de Fátima Campos Ferreira (e que ainda não foi devidamente reconhecida pelos seus pares), e sobre as invejas que existem. O Herman então disse:

E o sentimento da inveja é fortíssimo! E todos os dias há uma pessoa nova que olha para nós e diz: "Porque é que ela está ali? Mas... Outra vez? Mas ainda? Então e nós? Quando é que....". Esse é um drama dos países pequenos, mas também um drama muito dos países do sul e do Sol. As pessoas gostam muito de ocupar o espaço que acabaram de queimar. É uma coisa muito, infelizmente, muito nossa. Nos países nórdicos é diferente: vamos trabalhar este jardim comum a estas casas todas. Nós não. Nós é "deixa-me cá levantar os muros, fazer o meu jardim e deitar o lixo lá para fora." E acontece também profissionalmente. [então Fátima Campos Ferreira disse] E, ainda para mais nesta profissão, que deve interligar os mais novos com os mais velhos.

(Poderão verificar tais palavras aqui após o min 28:40)

Esta é a minha ideologia perante a blogayesfera. Mas não de hoje. Já penso assim há anos. Lembro-me, e ainda tenho, blogues de grande referência. Infelizmente, já se encontram abandonados há vários anos. Esses blogues foram, durante muito tempo, pilares essenciais no panorama gay nacional e forte influência na chamada, grande Lisboa.

Eu, aquando da criação deste meu cantinho, lembro-me perfeitamente do gosto, orgulho, honra, respeito e prazer, quando lia um novo texto dos meus ídolos blogueiros. E, há época, os novos blogues eram aceites de uma maneira fantástica e, entusiasta! Hoje, os valores alteraram-se.

O grosso dos blogues que têm surgido, são ocos. Não trazem nada de novo e, ainda para mais, julgam-se na exacta medida daquilo que ambicionam algum dia vir a ser. Mas esquecem-se do essencial - qualidade.

Várias pessoas disseram para não escrever este texto mas... não consigo - é mais forte do que eu. Não consigo calar-me perante a negligência histórica de vários autores de blogues. Não consigo ficar quieto quando se julgam na plenitude das suas faculdades intelectuais, para chamarem nomes a outros autores de blogues. É calunioso. É repugnante. Pior, é feio. Bem sei que, hoje em dia, os valores estão opostos - o que é certo é fazer errado; mas, o que pensam que ganham com isso? Visibilidade? Muitos confundem visibilidade com visitantes, é pena.

A forma mais difícil de comunicar é através da escrita. O vídeo é algo imediato, o facebook também... mas o texto corrido não é assim - é por isso que pegamos num livro e desistimos à 5ª página e há outros que nos agarram até ao fim. Eu tenho um blogue de escrita. Não um blogue em estilo facebook ou estilo asqueroso. O que aqui é escrito vem de mim e vai directamente para cada leitor. É escrito de peito aberto, com sinceridade e... revela a minha essência. Podem não conhecer a minha cara, mas conhecem o meu coração.

Triste dos ignorantes que nada sabem e nem querem saber.

Há tempos, conheci um blogueiro desta praça e falávamos sobre "isto de ter um blogue", ao qual ele dizia que escrevia aquilo que os leitores queriam ler. Que tomava posições públicas mediante as opiniões da maioria dos seus leitores... mesmo que ele fosse contra. Tinha uma forma de escrita que não gostava, mas isso trazia-lhe comentários e outras coisas mais. Como devem imaginar, não irei revelar o nome da pessoa, mas certamente que imaginarão a minha cara. Tivemos uma discussão sobre o que é ou deixa de ser a blogayesfera e chegamos a uma conclusão - estávamos em desacordo. Não consigo compreender alguém que escreva sobre guilhotina dos seus leitores... Isso não são leitores, são carrascos!

Sei que as pessoas sabem separar o verdadeiro do esforçado. Sei que sabem distinguir a realidade da conveniência. Sei que sabem, quando chegar a hora de escolher entre o certo e o fácil, irão optar de acordo com o seu coração. Mas, custa-me saber algumas coisas que se passam "por aí". Custa-me muito.

A blogayesfera portuguesa é muito pequena e é fácil criar um bom ambiente inter-plantaformas mas, parece que não existe essa receptividade. É pena pois, todos unidos, aprendendo uns com os outros, poderíamos dar uma real voz ao panorama Bloguístico nacional. Eu sempre estive e estarei disponível a isso. Ter um blogue, é muito mais do que "dizer umas coisas"... nós, como dizem na TVI, fazemos opinião e acho que há muito boa gente que não tem noção daquilo que é.


Deixem de ser escravos de vocês próprios. Convosco, Grace Jones.




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Dia da Criança?!

Olá!

Vedade!!! Segunda-feira foi o nosso dia... da criançaaaaaa! Weeeeeeeeee!!! Lembro-me bem das brincadeiras de criança e dos nomes que ouvia. Na realidade, deixar de ser criança foi óptimo - continuei a a ouvir coisas, mas agora sei como reagir. Ser criança é lixado, mas temos de aprender com tudo o que a vida nos trás.

As melhores recordações que tenho da minha infância, no que diz respeito ao audiovisual, é o Jardim da Celeste, que dava na RTP1. Levantava-me cedíssimo para ir para a sala e, no sofá, deliciava-me a ver aquilo. Sempre adorei a personagem do cão e do carro de compras que falava... Tenho óptimas recordações dessa série. Também adorava Os Patinhos. Bons tempos. Mas agora, a brincadeira é outra... ou não! lol




Ai crede, que essa foto que está aí em cima dá-me uns calores que eu sei lá! Aliás, sei muito bem - que homem bom! Bem masculino, tatuado e ar de bad boy... fico automaticamente rendido. Depois, ainda é moreno... há ciganos lindos e este é fantástico. Não me importaria NADA de namorar com um cigano destes (ou sem ser cigano lol)!!!!! Ai que calores!!!!!!

Ainda há aquela nova polémica do Jorge Jesus ir para o Sporting. Eu tenho vergonha que o meu clube vá ter um treinador que não saiba falar a língua materna... aliás, que seja uma verdadeiro bronco! Enfim, desde que ele ganhe prémios para o Sporting...


Beijinhos e portem-se mal!! ;)