Neste mês do Orgulho Gay, revelei NOVIDADES com 2 novas Parcerias com instituições LGBT's portuguesas! =D

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Namorar, beijar na boca

Olá Olá!!

Ai, o Amor.
Ontem comemorou-se o dia do Beijo, e logo eu que adoro beijar... sim, sou um beijoqueiro.

Acho que o pior de estar solteiro e não andar aí a curtir com os gajos que aparecem não é a falta de sexo (e já vão 3 anos e meio a fazer músculo no braço direito), acho que o pior é mesmo os afectos: os beijos, os abraços demorados, e aquela mensagem ao acordar... sinto falta disso, do carinho.
Não, beijar não substitui uma penetração ou um orgasmo mas.... o que seremos nós sem afectos? Um corpo que apenas existe para foder e ser fodido? Essa ideia é tão primitiva que me repugna - acho que a essência de nós, enquanto seres pensantes, está no acto de Amar, ser misericordioso, e leal.

Há dois anos escrevi sobre este dia mas, o que há a acrescentar? Bom, há sempre a acrescentar sobre beijos, aconchegos, e paixões... mais que não seja para pôr em itálico, negrito, e sublinhado, o maravilhoso que é estarmos no êxtase do beijar, passar assim o máximo de tempo possível e, quem sabe, deixar levantar fervura que o beijo incendeia por si só e... os corpos unem-se.

O beijo revela algo que nem sempre os olhos conseguem ver - mostra a perícia. Sim, nem todos sabemos beijar bem! Não vou estar aqui a gabar-me ou a ensinar como deve ser um bom beijo, isso fica para depois, mas que há bons beijos, lá isso há!

E ouvir a respiração do outro? E sentir a coxa levantar? E abrirmos os botões da outra pessoa?
Porque um beijo é só e nunca é apenas um beijo - é o início e o fim de tudo, é um ritual para o nada igual, é a passagem para algo incrivelmente mágico e único que se chama... prazer.

Porque eu sou da Paz, da verdade, e da integridade, esta música é tudo o que penso sobre o beijo.

"Comigo é na base do beijo, comigo é na base do Amor.
Comigo não tem disse me disse, não tem chove não molha - é desse jeito que eu sou!"




Beijinhos e portem-se mal!! ;)