Em Setembro: MOTELX lê as entrevistas EXCLUSIVAS aos realizadores São José Correia (Portugal), John McPhail (Escócia) e Yann Gonzalez (França)! =D

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

2ºMês de aulas... 2ºAno

Olá Olá!

Estou APAIXONADO! Esperem esperem, acho que não expliquei-me como deve ser: estou tesudamente apaixonado! Não não, é desta é desta! Então é assim: estou - macacos me mordam -, fodido da cabeça porque estou... como hei-de dizer isto... APAIXONADOOOOOO! É ele, é ele!!!!
Já fez 2 meses, desde o início do 2ºano da faculdade. Como têm sido as aulas? Bom, o normal.

Colegas desinteressantes, professores que só sabem o que levam escrito para ler nas aulas, e cadeiras que nada me servirão para a minha vida profissional - enfim, o que existe em todas as faculdades do país. Incompetências e tachos - a "Raríssimas" está em todo lado, basta abrir os olhos!

Vocês sabem que estou solteiro há já 4 anos e, como sou daqueles que está à espera de um Príncipe Encantado, penso que ele será daqueles tipos bonzões e, quando aparece-me um... não sei o que fazer! Contudo, tenho um colega novo este semestre e, aproveitei esta oportunidade para ser feliz!
E, a meu ver, hoje em dia, sou uma pessoa muito mais feliz, porque o Amor tem destas coisas: rouba-nos o coração, e em troca, dá-nos amor próprio e... amor pelos outros. Ser-se feliz por aquilo que se é.

Mas vou começar por contar-vos esta história de Amor, porque tudo começou por um belo...
... piscar d'olho, logo na primeira aula.

Eu, naquela disciplina, sento-me na fila da frente (coisa que nunca faço!) e, ele, logo atrás de mim, numa diagonal assim, facilmente olhava para ele e, ele, para mim. Coisa tesuda, e nada litúrgica. Sorrimo-nos e acenávamos com a cabeça. A primeira aula, em Setembro, foi metida sem cerimónias.

Na aula seguinte, a oportunidade perfeita. A necessidade de se criar um grupo para uma orgia sado! Não não, ai que estupidez a minha! Eu e a minha mania de dizer estas coisas mentirosas, que nada abonam a meu favor, e que nada revelam o que realmente pretendo quando conheço um gajo como ele. Ahhh, ainda bem que me lembraram, ainda não vos disse como ele é! Bom, ele é... um rapaz. Nada de musculatura de aviário (o que é pena! lol). Contudo, algo que abana a seu favor - o volume que se lhe salta, e me enche o olho: a sua capacidade de trabalho, isto porque, a grandeza de um homem, não se mede apenas pelo tamanho do pé! Trabalha e ainda vai às aulas - nem todos têm essa capacidade, de trocar turnos e aplicar-se! Mas 'perem lá, como sei isto tudo!? Calma.... Ele tem olhos verdes, um corpo normal, é calorento (quem é que vai para as aulas, com este tempo, de T-shirt?), um sorriso lindo e muito simpático... tem uns 30 anos (e alguns cabelos brancos... so sexy!)!

Naquele dia que era preciso termos grupos de trabalho, também aproveitei para saber mais dele e, ele, de mim. Estava assim, encontrado, o par perfeito. O homem que me viola, à bruta, e sem meu consentimento, tinha finalmente uma cara meiga e sedutora - a dele (atenção, se há coisa que não quero, é ser violado por um matulão giro, alto, e rico! Rico é que não! Nem giro! Nem matulão! E muito menos rico e giro!).

Na aula seguinte, quando lhe fazia o convite para se juntar ao meu grupo, ele disse-me que já tinha arranjado grupo. Ficamos assim, algum tempo, a olhar um para o outro, à espera que algo divino nos entrasse pela boca... aiiii que hoje não atino uma! Que nos saísse, que nos saísse da boca (isto é o que dá escrever com pressa, estes erros! E agora o que vão pensar de mim?? Ai que fico tão preocupado!!)!! Mas pronto, as coisas ficaram por aí...?! Mas terão mesmo ficado? Não...

Sempre que passávamos um pelo (será ele depilado?) outro, cumprimentávamos. Nas aulas, ele participava e, com isso, ganhei todo um novo abecedário, e um tom de voz, um trejeito, um calor húmido nas palavras, que só encontravam forma naqueles sonhos-que-não-tenho, com um tipo grande e forte, que me viola à bruta, e sem meu consentimento! Ele aquecer-me-ia após estes 4 anos árcticos, com um picador de gelo, nada ao estilo do Instinto Fatal mas sim, Instinto Animal (porque 4 anos, custa meus amigos! Ohhhh se custa! E ainda bem que não tenho aqueles sonhos sujos, de ser violado por um gajo, grande e forte, que me violasse sem meu consentimento!)!

Teria assim, encontrado o homem que me violaria.... aii que merda. Vou repetir. Teria, assim, encontrado o homem que me iria fazer feliz. É. Assim é que é. Que iria-me fazer feliz. Pois, o que importa é ser feliz. Ser feliz sem sonhos porcos. Ser feliz é ser-se casto e puro. Ser-se feliz é ter medo do que os outros possam pensar a nosso respeito ou que possam dizer de nós - porque sim, isso é que é grave, o que os outros pensam!...

Ou não. Bom, de facto estou-me a cagar para aquilo que possam pensar a meu respeito. O que importa é se um gajo é feliz e, eu, gajo, sou feliz. Sou feliz pelo que sou, pelas minhas acções e pelas minhas palavras. Tenho amigos que me amam, e eu amo os meus amigos. Sem fretes, nem empata-fodas, somos aquilo que queremos ser - sem construções ou artifícios. Ao longo destes anos tenho-me descoberto e, ainda tenho muito por descobrir-me. E orgasmos, sim, tenho-os (felizmente). Sei tê-los e não preciso de um homem para isso. Preciso de um homem sim, para amar e dar o meu amor. Orgasmos tem-se facilmente, alguém que nos ature, tal como somos, é que não. Mas há que olhar sempre em frente, nunca nos devemos perder no meio da chacina, se também não quisermos acabar mortos. Procurar a felicidade sim, mas não a todo e a qualquer custo. Isso não. Então e nós?!

Não ando atrás dele, naturalmente. Ao longo destes tempos, sorrimo-nos mas nada mais. A "coisa", não evoluiu. Tenho pena? Talvez, mas provavelmente ainda não era o momento certo. Estou pronto para Amar e, quando o Amor chegar, saberei trata-lo como ele merece - com reciprocidade, e respeito.

Porque as coisas não se esforçam, nem se arranjam desculpas. As amizades constroem-se, os amigos mantêm-se, os amores fazem-nos crescer e nós, evoluímos ou não aproveitamos a vida... =)


Quer-se dizer, eu chego p'ra Amar e depois é isto...?! Fdx! Crl! =P




Beijinhos e portem-se mal!! ;)