Neste mês do Orgulho Gay, irei revelar NOVIDADES! Aguardem por PASSATEMPOS e muito mais! =D

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Good night, see you!

Olaré!

O Amor está no ar! Conheci o meu príncipe encantado, o homem dos meus sonhos - o musculadão que faria de mim, o homem mais feliz à face da Terra! Falámos, sorrimo-nos e... vou contar tudo! =D
Estava a vir para a casa, num dia à noite, no metro. Por qualquer motivo, naquele dia, sentei-me. Na estação seguinte, sentou-se à minha frente um casal estrangeiro. Ambos loiros, giríssimos e em forma. Ela sentou-se no lado da janela e ele ao lado - o homem, ficou à minha frente.

Juro que não conseguia tirar os olhos dele: um homem podre de bom, de manga à cava (uns braços bem treinados!!), e de calções (também com pernas bem atléticas). Ele, ia sorrindo para mim.

WTFFFFF??? Ele a sorrir para mim?? Eu desviava o olhar. Não, não podia ser - aquele gajo, lindão, bonzão e com um (almofariz e) pilão, não poderia estar a sorrir para mim! Muito menos com a mulher ao lado!! Lá voltava a olhar para ele, e piscava-me o olho, a sorrir!...

OH MY FUCKING GOD!!!!!!!!!!

Não, não podia ser! Ele nunca poderia olhar para um gajo como eu - perfeitamente comum, banal, sem o mínimo interesse! E com a mulher ao lado?? Nem pensar!! Mas o certo é que ele olhava e sorria-me. Eu, completamente envergonhado e cheio de medo (sendo ele hetero, eu estava a fazer filmes na minha cabeça... e se ele fosse homofóbico? Ele podia espetar-me um banana [não sejam porcos, ok?! XD]!)! Não, não podia ser! Eu! Eu é que estava a fazer filmes estúpidos na minha cabeça!

Eu já estava desejoso que ele se fosse embora com a mulher! Não sabia para onde olhar, nem o que fazer - estava completamente desconfortável! Chegou, finalmente, a minha estação. Levantei-me e saí num misto de alívio e, de ter estado à frente de um homem incrivelmente orgásmico e fetichista!

Cheguei cá cima, passei o passe para as cancelas abrirem e vou directo às escadas para a rua... e quem vejo? Ele! Sim, ELE!!!!!!!!!!!!!

Dou uma corridinha, numa de estar ao pé dele, como se fosse por "mero acaso"! Até que fico ao seu lado e ele diz-me:

- Hey! How are you?

- Fine... Thank you........ - isto dito como tivesse a ter um enfarte...

Ele continua a olhar para mim, como se eu fosse falar mais alguma coisa e eu, sem conseguir ter qualquer tipo de reacção lógica ou humana - simplesmente, desliguei.

Chegámos à rua e ficámos parados, a olhar um para o outro, feitos parvos. Eu, estava a ter alucinações (ter o homem dos meus sonhos ali, à minha frente!) e ele, igualmente calado, a sorrir para mim. Pessoas estava a entrar e a sair da estação de metro, e estavam a olhar para nós: dois tipos parados, a olhar um para o outro.... Não, eu não conseguia dizer rigorosamente nada! Ele então diz:

- Good night, see you!

Diz isto e fica onde está. Eu, não consigo emitir qualquer som ou expressão facial, estou KO. Ele então afasta-se e sobe a rua, olhando várias vezes para trás. Eu, no mesmo sitio, a olhar para ele, a vê-lo afastar-se. Ele continua a andar e eu parado, ao lado da estação de metro, vê-lo ir embora... ='(

Chega a um ponto, que o perco de visto. Nesse momento, lembro-me em ligar para dois amigos meus, mas nenhum atendeu-me. Fiquei ainda uns largos minutos ali, parado, à espera de alguma coisa ou simplesmente sem saber o que fazer. Depois lembro-me que tenho de ir para casa, e vou.

Passado umas horas é que dei conta da parvoíce que aconteceu e, isto tem apenas uma resposta: falta de auto-estima. O rapaz, esteve sempre sozinho (não tinha nenhuma mulher), e parecia que estava interessado em falar comigo mas eu, infantilmente, não consegui ter qualquer reacção. =/

Depois lembrei-me que devia instalar o Grindr no meu telemóvel mas... o resto fica para a próxima! =P

É lutar pela nossa felicidade! Sem vergonhas nem complexos! O Amor é lindooooooo! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)