Neste mês do Orgulho Gay, revelei NOVIDADES com 2 novas Parcerias com instituições LGBT's portuguesas! =D

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

És a minha gaja!

Boas!

Quantas vezes é que nos sentimos observados por mulheres? Hoje, irei falar o que me aconteceu nos últimos tempos - só gostava que acontecesse o mesmo, mas com homens! Foda, precisa-se!

Seguindo!!

Aquando dos Saldos, numa das Sacoor's da capital, arrasei um coraçãozinho de uma funcionária que - imagine-se - estudou no Colégio João de Deus e, para espanto, a moçoila era extremamente bonita e tinha palavreado de gente de bem. Fiquei foi sem perceber o motivo da queda daquele anjo...! Então, costumo ir aquela loja e, naquele dia, uma rapariga veio ter comigo a perguntar:

- Precisa de ajuda? Procura alguma coisa em especial?
- Sim, por favor. Têm camisas de linho (estava com a panca lol)?
- Hmm, deixe-me cá ver!... Venha cá - toque nesta. É de linho?
- Não, isto não é linho...
- Pois, há pessoas que conseguem sentir quando é ou não é linho...

O que lhe respondi? Apenas sorri-lhe com um ar envergonhado... Ahahah! Mas, durante toda a conversa, ela falava-me com um tom meloso e bastante disponível a contar-me a sua vida académica, pessoal e sempre muito atenciosa! Inclusive, indicou-me várias outras marcas de roupa onde poderia encontrar o que queria.
Passado uns dias, voltei lá e quem veio ter comigo? A gaja!! Perguntou-me logo se tinha encontrado as camisas de linho (como é que ela lembrava-se? tinha passado quase 1 mês!) ao qual respondi que não (a 1ª vez que lá tinha ido, já tinha comprado uma) e voltamos a conversar...

Também na minha turma e, logo nos primeiros dias de aulas, duas colegas + o-tipo-mais-giro-que-existe-que-por-sinal-é-uma-grande-putinha, cismaram que conheciam a minha cara de algum lado e começaram a perguntar se eu era conhecido ou se já tinha ido à televisão. Eu, de gargalhadas fartas, dizia que não mas, ficaram na dúvida se estava a gozar com eles, ou não! xD

Quando ando na rua é muito comum, sentir-me observado, olhos nos olhos, pelas pessoas - homens e mulheres.


Fico no dilema: Sou bonito ou tenho cara de palerma? O velho dilema deste solteiro (e muito carente!) gay lisboeta. Fuck!


A música do dia!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)