Até 4 de Agosto, participa por e-mail, no passatempo da Modus Vivendi, onde poderás GANHAR 120€ em produtos à tua escolha! Aceitas o desafio? =P

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Um deus chamado João Décio Ferreira

Boa noite.

Ontem, no "Jornal das 8" da TVI, deu uma reportagem extremamente importante e que, até ao momento, não vi reacções substanciais sobre a mesma. Estranho? Nem por isso.
O médico João Décio Ferreira, na reportagem da TVI emitida dia 03/09/2017 
A reportagem era sobre um rapaz que afirmava ter sido vítima de pressão por parte do clínico João Décio Ferreira, para que este faça a mudança de sexo não no Hospital Universitário de Coimbra, mas sim em Lisboa, no Hospital de Jesus (hospital privado, gerido pelas Irmãs Franciscanas...).

Não cabe a mim, fazer qualquer tipo de comentários a respeito do clínico em questão pois não tenho conhecimentos científicos para tal, nem tenho pretensão alguma, através deste texto, de fazer qualquer tipo de julgamento moral ou até mesmo de reputação ao clínico que participou na Reportagem da TVI (que recomendo vivamente que a vejam, fala sobre a realidade de muitas pessoas trans [porque nem todos são filhos de pais ricos], a Ordem dos Médicos, advogados...) contudo, cabe-me ter opinião: não sou acéfalo, desculpem-me.

O lobby gay existe. Existe em muito mais sítios do que cada um de nós pode pensar. É muito mais forte do que cada um de nós pode pensar. E é muito mais estúpido do que cada um de nós pode pensar. Não vou, naturalmente, identificar todos os participantes do lobby gay em Portugal: quer os internos, quer externos - não é preciso - os meus leitores são inteligentes, sabem quem são e onde estão.

Em virtude de ter opinião própria e, reitero, todo este texto ser de total respeito com todas as entidades envolvidas - directas ou indirectas -, penso que seja positivo uma opinião não inquinada à priori.

Se sou trans ou não, branco ou preto, gordo ou magro - não importa. O que me preocupa são os deuses.

A minha identidade de género tem correspondência na minha expressão de género mas, há quem não o tenha e precisa de recorrer a cirurgias. Em Portugal só havia um médico. Tal como só há uma associação disponível em ajudar. Tal como só há sempre um caminho. ERRADO - há vários. Quando me dão apenas um caminho, desconfio. O lobby gay é detentor de um monopólio comunicacional único, onde o "politicamente correcto" é o imperativo: vivemos na Era do Neutro. Não, vivemos naquilo que queremos viver. Eu sou homem, e não uma mulher. Não sou uma mulher, logo sou homem. "Para lutar pelos direitos das mulheres..." - hey, calma, não há direitos das mulheres. Não há direitos gays. Não há direitos étnicos - há Direitos Humanos, ponto. Mas isso não lhes interessa.

A manipulação, só é eficaz através do medo.

Desconfio sempre quando há uma só direcção. Um só juiz (Carlos Alexandre), um só médico (João Décio Ferreira), um só "melhor jogador do Mundo" (Cristiano Ronaldo). É mentira. Eles são o que querem que eles sejam - é uma fabricação. Tal como vos disse em Julho, já precisei de recorrer a apoio e, a APAV, não fez nada daquilo que afirma no programa da Fátima Lopes ou do Manuel Luís Goucha. A APAV é uma fraude, tal como algumas associações gays portuguesas, onde o único interesse é dinheiro, empregos, aparecerem na televisão e, perpetuar uma agenda que perdeu o rumo.

É este o problema dos lobby's, são estúpidos. As carecas, são mais brilhantes que bolas de bilhar mas, há sempre alguém que pede um preço para ocultar a careca e, há sempre alguém que paga.

Por fim, e não menos importante, queria pedir a vossa ajuda: alguém tem o contacto do cachopo? =P
Bom, para além de ser um pedaço de mau caminho, queria dar-lhe os parabéns por ter opinião própria. Fazem falta pessoas que digam aquilo que sentem - só assim é que a comunidade melhora!

Porque a população LGBT, precisa de ter Amor próprio, e não pena da sua existência. =)




Beijinhos e portem-se mal!! ;)