Até 4 de Agosto, participa por e-mail, no passatempo da Modus Vivendi, onde poderás GANHAR 120€ em produtos à tua escolha! Aceitas o desafio? =P

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Cartão retido no ATM

Boas!

Pela primeira vez, fiquei com o meu cartão multibanco retido num ATM. O drama. A tragédia. O horror. Ainda para mais, foi na véspera do 9º Jantar da Blogosfera e, precisaria de dinheiro!! Que merda! =(
Isto foi assim, ao fim do dia de sexta-feira, resolvi ir até ao balcão do meu banco (Caixa Geral de Depósitos), para ir às máquinas lá de dentro fazer uns pagamentos, depositar dinheiro... aquelas coisas que se fazem num multibanco e não dá para fazer por internet (conseguem levantar dinheiro,
ou depositar, via net?!) ooooora, pela primeira vez distrai-me e fiquei sem o meu cartãozinho!! =/

Pus o meu cartão, código, fui à opção de fazer depósitos e, apareceu no ecrã que tal não era possível. Soltei uma caralhada (daquelas bem sonoras), e cancelei a operação. Visto que não estava ali ninguém, olhei para o multibanco ao lado, para ver se aceitariam notas e, quando vou para retirar o cartão da máquina, esta grandessíssima filha da puta, come-me o cartão! E mais!! Tem o desplante de cuspir um papelinho para depois levantar o cartão que ficou retido! Pensei "E agora? Como é amanhã? Preciso de dinheiro!!", estava eu a entrar em pânico, quando vejo que no banco há uma mulherzinha (funcionária de meia idade) ao telefone, e aí pensei "levado seja Deus!" (levado, de ter-me trazido esta mulher!)! Chamo-a, batendo (insistentemente!!!) no vidro, para vir ter comigo.... xD

Ela lá vem, perguntando "Sim?". Eu lá digo o que se passa, e peço-lhe para retirar o meu cartão da máquina. Ela responde que não, só segunda-feira. Eu fico pior que estragado! Mas porque raio é que só dão o cartão segunda-feira, se está lá uma funcionária?! Não faz sentido!! Ela vai-se embora! Volto a querer chama-la, mas continua ao telefone. Não vou de modas e, visto que há uma campainha com um comunicador, toco uma vez e aguardo - ao que ela volta, eu digo-lhe o que quero, e ela recusa. Volto a tocar, e ela nada. Toco outra vez, e ela nada. Pois bem, comecei a tocar, sem tirar o dedo da campainha! Eu sei, estava a ser um autêntico pica-miolos mas, precisava do cartão! Ela, desliga o som da campainha e eu, deixei de tocar? Nop! Mesmo sem som, tocava à campainha! Esta saga, de tocar ininterruptamente, durou bem uns 15 minutos. Até que, chega à porta, um tipo mauzão.

Ele, todo vermelho, e super irritado, ordena-me parar de tocar, ou chamaria a polícia. Eu, como não sou maricas, digo para chamar mas, se possível, para ajudar-me visto que tenho um problema. Ele pergunta qual é, eu explico novamente, ao que ele responde "só segunda-feira". Mas, porquê esperar por segunda-feira?! Ele diz que por motivos de segurança, não é possível abrir os ATM's e, que tal só é possível no dia útil seguinte, neste caso, após o fim-de-semana e que, ainda para mais, eles estariam ali no banco, apenas a despachar trabalho e não podem ajudar clientes. Eu continuo sem gostar das explicações, e digo que irei contactar o banco por outros meios. Ele aceita e pede-me para não voltar a tocar à campainha. Acedi, naturalmente, até porque ele é um rapaz novo e giro! =P

Ligo para o banco, num Call Center, ao qual a moça também não me resolve nada! Aliás, apenas dá-me como sugestão, cancelar o cartão, pois durante o fim-de-semana poderia haver algum assalto ao multibanco em questão, e assim ficaria mais descansado. Obviamente que não cancelei cartão nenhum, apenas queria que ela contactasse a agência em questão, para que eles dessem-me a porra do cartão, ao que ela responde que não pode contactar directamente as agências, embora estivesse muito sensibilizada com a minha situação que, de facto, era desagradável (claro, até aqui já tinha inventado que ia passar um fim-de-semana fora de Lisboa, e que precisaria do cartão!). Enfim, mais uma vez, sem solução.

Mas, para cabrão, cabrão e meio sou. Durante o tempo que tocava à campainha, havia pessoas que iam à agência, para os ATM's lá de dentro e, ficavam muito admirados com a desconsideração que os funcionários estavam a ter para com um cliente e eu, naturalmente, relatava a história toda. Depois do tal telefonema, já tinha percebido que nada tinha eu a fazer e, a única solução, era mesmo passar o fim-de-semana com o dinheiro que tinha no bolso mas, nem assim, arredei pé dali. Fiz questão de só sair do banco, após os funcionários saírem que, não sei o motivo, eles saíram juntos e de pé bem aclarado. Será que pensariam que ia furar-lhes os pneus?... Sinceramente, com a neura que estava, era menino para isso. Segunda-feira fui à agência e deram-me o cartão. E ainda por cima, estes filhos da puta, agora começaram a tirar-me 5€ por mês, para a manutenção da conta, visto que já passei os 25 anos! Mais uma chatice, que agora tenho de lá ir para resolver com eles... Foda-se para eles!!!

Ah é verdade, sou COMPLETAMENTE a favor dos professores! E lembrei-me deste vídeo! =D




Beijinhos e portem-se mal!! ;)