Queres enviar um comentário longo, desabafar, ou simplesmente conversar? Escreve para o meu e-mail: adolescentegay92@gmail.com

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Noé?Eu acho que sim!

Olá!!
Como estão suas malucas?

Não resisti em fazer a piada fácil, perdoem-me xD

No outro dia vi, com a senhora minha mãe, o filme "Noé"... aquele com o Russel Crowoe. Este tipo, é dos poucos actores que estão em Hollywood que sei o nome de cor. Porquê? Faz anos no mesmo dia que eu. Não é o máximo?

Não foi com grande entusiasmo que ia ver o filme... É páh, ia falar de Deus e da pomba branca que levava um ramo de oliveira... boring! Contudo, estava redondamente enganado.

ADOREI o filme. Provavelmente o filme com história bíblica mais cativante e bem contada. Fantástico, mesmo! Inclusive, no fim, quase que chorei... (ando muito sensível para o meu gosto! lol)

Em suma, vemos Noé com um dilema - quem ele ama mais? Família ou Deus? Vemos um homem que vai perdendo forças pelo seu fardo e destino de salvar a humanidade. Vemos um homem bom? Não. Vemos um homem com uma tarefa. Surpreendente é o facto de ele quase matar as filhas da Hermione. Aterrorizador é a musica de terror (passo a redundância) que vai acompanhando o filme. Encorajador é vermos a atitude e determinação dos Anjos Caídos.

Para mim, o melhor actor é, sem dúvida, o Russel Crowoe. Mas, os Anjos Caídos, para mim, revelam simbolicamente tudo aquilo que acredito - mesmo alguém que tenha feito algo de errado deve ter a oportunidade de, fazendo o bem, ser perdoado. A capacidade de perdão não é para todos, mas é uma dádiva de poucos (talvez de Deus?).

Eis a cena que me emocionou... quando os Anjos voltam ao Céu..... lindo.... lindo!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)