Neste mês do Orgulho Gay, irei revelar NOVIDADES com 2 novas Parcerias com instituições LGBT's portuguesas! =D

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Zumba Gay!

Boas!!

Quem é que nunca foi arrastado, por aquele amigo (ou amiga!), para uma aula de Zumba? Eu já!

Desde o início que apareceu esta modalidade, fiquei de pé atrás: é um epifenómeno, como tantas já existiram, e que leva às mulheres a fazerem desporto, num ambiente feminino e assim, sentem-se mais à vontade para a prática de exercício físico! Mas visa as mulheres...

Já fui a algumas aulas e, tenho de admitir, não gostei. Achei os passos muito repetitivos e sem grande gosto artístico. As músicas são de algibeira, tal como os instrutores gays, onde os heteros e os maridos, são proibidos!

A todas as aulas que já fui (e, acreditem, quis variar o máximo possível de ambientes!), fiquei sempre com a mesma ideia: as turmas são compostas por mulheres a partir dos 30 até aos 50 anos, os instrutores são gays e há sempre fotos no final, onde estas mulheres idolatram estes homens que lhes dão aulas. Fútil. Fútil. Fútil.

Depois ainda arranjam aulas temáticas, com cores e luzes diferentes, com músicas horríveis e aglomeram-se vários instrutores, para darem aulas com muita gente e assim, conseguirem novas aulas e... épáh sim, é uma forma super legítima de ganhar dinheiro, mas eu posso não gostar, certo?!

E não, não penso em ir a mais nenhuma aula de Zumba, a fazer figuras e sons que nunca me imaginei... Isto é tudo muito bonito mas, no fim de contas, há sumo? Nop! Se ainda fosse uma aula de crossfit, cheia de homens semi nus e a gemer... um gajo ainda pensava duas vezes!!!! =)

Este vídeo deve servir de inspiração para muitos instrutores de Zumba... bahhhhh!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

P.S. - O gajo da camisa preta + calças de ganga, é super parecido com o meu ex-trintão! xD