Até 27 de Outubro, participa por e-mail, no passatempo "The Lingerie Restaurant", serão oferecidos 2 jantares duplos: um em Lisboa, e outro no Porto! Boa sorte!

terça-feira, 7 de abril de 2015

Construction 106 23anos

Olá!

É verdade, sou um galdério! Gosto de abanar o rabiosque nas discotecas gays da capital portuguesa! =)

Vou começar pelo princípio.

Tenho um rapaz que vive no Algarve e que, vinha passar o fim-de-semana de 28/29 de Março a Lisboa, amigo esse que conheci aqui.

Combinamos tudo muito bem combinadinho. Apesar de eu ser de Lisboa, queria sair de casa... queria passar um fim-de-semana diferente, sem preocupações e que só me divertisse e que fosse o mais económico possível! Assim reservamos quarto num.... como é que eu hei-de dizer isto... Hotel com 5 estrelas negativas? Épá, aquilo era uma Residencial/Pensão! Nunca tinha pago do meu bolso para estar num sítio daqueles! Contudo, estava MUITO bem localizado, mesmo no coração de Lisboa o que nos permitia fazer tudo a pé (fazer o que queríamos fazer..... ir para noite gay, pela minha primeira vez)!

(Vou saltar o dia de sábado.... se não, isto passa a ser um Diário de Bordo e não um texto deveras cativante!) Estávamos nós com as malas nos ombros e perdidos para chegar ao Hotel (recuso-me de dizer que fui para uma Pensão!), contudo lá chegamos. O sítio cheirava a bafio, aquilo não tinha obras há muitos anos (para não dizer que nunca teve obras) e não era propriamente acolhedor. A recepcionista tinha ar de deslavada e tinha caspa... um autentico filme! Sentimos que não havia propriamente segurança do edifício e..... enfim, tinha que respirar fundo e mergulhar naquele calvário que estava a ser pago a meio por cada um de nós! Subimos para um 3ºandar sem elevador, com escadas em semi-espiral e com o piso das escadas inclinado alguns graus... que filme! Tudo funcionava com chaves.... uma para entrar dentro do nosso corredor e outro para entrar no nosso quarto - 316!

O quarto era bom. Tinha 4 camas de solteiro, casa de banho com banheira (imposição minha! Não estava para dividir casa-de-banho com desconhecidos.... pelo amor de deus! Há que ter limites.... até na pobreza!) e varanda. Era um quarto visivelmente antigo e gasto, porém, estava estimado e arrumado (e limpo? estaria limpo?......). Visto que chegamos tarde ao Hotel, resolvemos ir jantar depois de vermos o quarto. Quando chegamos do jante resolvemos fazer uma sesta e pôr o despertador para a meia-noite - ai acordávamos, tomaríamos banho e ficaríamos maravilhosos para aproveitar a noite!

Assim foi. Eu não tinha dormido nada, mas descansaria os olhos e o corpo. Fui o 1º a experimentar a banheira e o pior estava para acontecer. Depois de lhe ter disto isto que vou vou contar, ele disse-me que tinha saído da banheira e reclamado logo!... Quando lá entrei, deparei-me com alguns pêlos colados nos vidros, estava perante um dilema: reclamar ou não? Pensei que, caso ligasse a reclamar, eles lá iriam e ainda diriam "Só estes pelinhos? Olhem, o hospede do quarto ao lado tinha muito mais lá e até agora não reclamou. Passe com água que eles saem logo.." Porra, estávamos a pagar pouco e..... mandei agua e os pelos saíram.... Engoli em seco e segui com a minha lavagem. Fiz bem? Fiz mal? Fiz o que achei correcto naquela altura. Não queria arranjar chatices naquela noite e..... os pêlos já estavam no ralo e pronto (Não me voltem a lembrar que passei pro isto.... Por favor!).

Saímos do Hotel tarde, eram umas 2 da manhã mas, era felizmente chegamos rápido ao Príncipe Real. A ideia inicial era irmos para o Trumps todavia, havia uma festa de lésbicas e então resolvemos ir para o Construction que estava a fazer a festa do seu 3ºAniversário. Começamos a ir para a porta do Trumps e vimos montes de miúdos! Felizmente tínhamos tudo combinado para irmos para o Construction. Pusemo-nos na fila e ele começou a torcer o nariz e a dizer que os homens eram muito mais velhos e que isto e aquilo! Quando estava quase a chegar a nossa vez para pagar a entrada, viemos-nos embora com destino ao Trumps e.... MEU DEUS! A fila chegava à esquina, no início da rua! Estava uma fila enorme, cheia de gente, tudo para entrar no Trumps!!!!! Meu Deus! E, ainda por cima, aquilo tudo para uma festa de lésbicas.... Ficamos então na fila para apanhar a maior seca das nossas vidas e que não serviria para nada!

Enquanto estávamos na fila, descobrimos que a hora tinha mudado, portanto eram 3:30 e estávamos a anos-luz de entrar! Quando estávamos a chegar à porta, começamos a perceber de um zumzum que nos deixaria fodidos - O Trumps estava lotado e que só entrariam as mulheres! O QUÊ?! UMA SIM UMA HORA DE ESPERA PARA SER BARRADO POR SER HOMEM?! À nossa frente havia um grupo de 4 mulheres com uns 40/50 anos no qual pedimos para elas dizerem que éramos os seus acompanhantes, no qual elas recuaram no imediato. Contudo, começamos a perceber que havia um grupo de jovens, com uns 18 anos à porta e havia uma bichinha-saltitante a tentar arranjar cunha para entrar ele o todo o seu grupo. Pôs conversa com o grupo feminista que estava à nossa frente para as tentar convencer.... Não conseguiu, obviamente. Saímos da fila como de cães nos tratássemos, por uma moça arrogante que mostrava orgulhosamente besta o seu cabelo azul e ar de dona-disto-tudo. Eram 4 e meia da manhã e estávamos na rua, sem aproveitar nada da noite! Resolvemos, por minha iniciativa, voltarmos para o Construction.

Quando estávamos na esquina onde começaria a fila há um tempo atrás, encontramos 2 amigos da pessoa que estava comigo. Eles disseram que estava tudo cheio, tudo a arrebentar pelas costuras e que, eles tinham saído agora do Construction e que lá não se podia estar pois estava super cheio e ninguém conseguia dançar mas.... nós tínhamos de aproveitar a noite. Acabamos por saber que, a única coisa que estava aberta de domingo para segunda-feira era o Finalmente.... todas as discotecas estariam fechadas. Enquanto falávamos chegaram ao pé de nós um grupo com uns 6 homens entre os seus 25/30 anos e nessa altura estávamos a criticar o Trumps, um gajo ouve e diz:

Bêbado: Nunca na minha vida fui barrado numa discoteca! Tenho de vir a Lisboa para ser barrado numa discoteca gay por um gay maior do que eu, caralho!
Meu companheiro de quarto: Eu vim do Algarve... e nós também não entramos...
Bêbado: Nós somos de Castelo Branco e não entramos, fodasssssseeeeeeee

Entretanto veio um busca-lo e acabou aquela cena sexy/estranha lol O bêbado era jeitoso lol

Voltamos para a porta do Construction e não havia volta a dar... Entramos na pequena entrada, pagamos 10€ cada um e fiquei com uma senha que se podia dividir ao meio, pois tinha um picotado em que ambas as partes tinha o mesmo número - 13831. Passamos outra porta e ao nosso lado estava uma fila enorme para bengaleiro, avançamos e pusemos os casacos à cintura. Fomos para o bar e ai pedi uma coca-cola e arrancaram-me metade da minha senha inicial... não pedi outra coisa pois não percebia bem como funciona aquilo. Com quem eu ia pediu uma Cidra e ficou sem senha nenhuma..... enfim, avançando! A uns 2 metros há portas que dão acesso à pista de dança e..... meu deus, que medo de entrar lá! Estava completamente cheia! Imensa gente! Mas, quis lá saber, pus-me a furar caminho e atrás de mim o outro.

O Construction é considerado por muitos, uma discoteca pesada pois é vocacionada para homens mais velhos e tem quarto escuro no último piso, contudo, senti-me como um peixe na água.

Não achei o ambiente mau, tal como tinha na cabeça. Havia muitos homens lindos - Com cerca de 30 anos, musculados/definidos e com barba ou sem barba...... hmmm - fantástico! Já não íamos aproveitar muito, cerca de duas horas e meia, pois fechava excepcionalmente às 7 da manhã! Fartei-me de dançar, contudo dançava para mim! Enquanto o outro não parava de olhar para os gajos eu dançava a olhar para o chão.... estava na minha e a curtir aquilo à minha maneira. Verdade seja dita, não me senti apalpado todavia, senti cotoveladas/ombradas algumas vezes. O que fiz? Caguei e mantive-me na minha. Dancei onde? Na pista, nas escadas, na varanda do 2ºpiso e na sala do bar do 2ºpiso. Tive muito perto das escadas de acesso ao 3ºandar (quarto escuro). Tive curiosidade? Claro que sim, contudo não tive coragem para ver o que lá se passava. Havia um sujeito, muito eclético que estava ao inicio das escadas. Estava muitíssimo bem vestido, bom porte, etc..... mas credo, fazia sinais a todos (acabamos por vê-lo no domingo de manhã... Lisboa é uma aldeia!)!... Na pista de dança o meu radar detectou o actor Miguel Damião (local que eu já sabia que frequentava, pois escrevi-o aqui ), fui logo dançar para ao pé dele lolol Também detectei lá o meu tio-paterno e ainda vi, logo no início da nossa entrada na disco, o grupinho de miudagem que estava no Trumps. A bichinha-doida que vou simpaticamente apelida-la de puta-com-300-mil-Quilómetros reconheceu-nos e pediu-nos logo o nosso facebook e tal e coisa, lá lhe demos. Ao longo da noite ela vinha ter connosco, feito borboleta incandescente até que, quando já estava num estado de embriaguez tal que resolveu dar-me concelhos, enquanto estava a dançar nas escadas que dão acesso do 1º para o 2º piso, eis parte da pérola:

Putinha:  Estás a cometer um erro fatal....
Eu: Então porquê?
Putinha: Nunca venhas de camisa branca. Ouve, adoro o corte da tua camisa... a gola então é lindíssima mas vir de camisa branca é um erro fatal...
Eu: *Mostrei-lhe o dedo do meio* Estou-me a cagar! Sei que estou óptimo, super bem vestido. Sinto-me lindamente!
Putinha: Sim, estas, mas não vais conseguir nenhum homem..
Eu: Eu venho praqui para dançar e já agora, tu já arranjaste quantos?
Putinha: Não estamos a falar de mim.... Eu, por exemplo, venho de polo branco.... é que assim, eles ficam na dúvida se és um miúdo ou mais velho.....
Eu: Quero lá saber! Eu estou fantasticooooooooo

A puta desistiu -,- Já me pediu amizade no facebook, mas não me apetece adicionar o tipo que poderá ser a mais recente puta de Lisboa! Quem é que também estava na discoteca? O tal grupo com o bêbado. Numa parte da noite, estavam eles sentados nas escadas e nós que íamos subir para o 2ºandar, o bêbado reparou em mim contudo quis conversa e eu segui, ao subir ele deu-me uma (há que dizer a verdade) valente palmada no rabo, obviamente que não iria dizer nada..... enfim.... lol

Pontos negativos: O tabaco. Fiquei com a rouba a cheirar a tabaco de uma forma que não podem imaginar. Lá não senti que fumasse muito, mas a minha roupa denuncia-me. Aquela malta para além de parecer uma chaminé, bebem muita cerveja e parecem-me sóbrios. Não frequentei a casa-de-banho porem pareceu-me ser impossível mijar lá.... O DJ residente (Erik Lopez) é um poço de arrogância que me deu vontade de lhe dar um par de estalos!

Pontos positivos: Senti-me na praia. Apesar de ter havido olhares repressores da minha presença, eu não lhes mostrei que ficava afectado (e não ficava mesmo LOL). Dancei à minha vontade/vontadinha e não me senti comido por ninguém (também não estava a ligar nenhuma). E.... o Sandro Roma foi destronado,  como a puta-fina-gogo-boy, agora tenho outro..... credo, aquele homem tem um corpo divino (não sei o nome dele... ainda XD)!

Saimos de lá às 7h e fomos ver o Miradouro de São Pedro de Alcantra.... Infelizmente vimos de perto o incêndio de uma casa de voluto perto do Príncipe Real.... A minha roupa, para além de cheirar a tabaco, cheirava a incêndio!

Fomos tomar o pequeno-almoço ao Pingo Doce e depois, cama!

(Vou já saltar para a parte da noite... apetecia-me conta-vos que tive de ficar a ver o jogo Alemanha-Geórgia enquanto o meu companheiro de quarto dava uma...... enfim, ai percebi que não era meu amigo, era apenas uma pessoa que partilhava quarto! Seguindo!)

Abreviando muito as coisas (ficamos perdidos no Bairro Alto, discutimos, etc etc etc) chegamos ao Finalmente, afinal é super perto do Construction. Quando lá chegamos um brasileiro disse que custava 7€! Sim, a entrada para ver um show decadente de travecas septuagenárias a fazer karaoke do pior, custa 7€, independente da idade e da hora que se vá lá.... Obviamente que nos recusamos a lá ir. Queria ir ao Woof, pois é frequentado pelos jogadores de rugby gay, mas acabamos por ir ao Bar 106.

As más línguas dizem que é um bar de engate para idosos com uma reforma mínima, contudo, pareceu-nos tudo menos isso! Domingo é dia da mensagem e, quando entramos, colaram-nos ao peito um número, o meu foi o 45. Segundo percebi ao longo da noite, caso alguém quisesse dizer-me alguma coisa, escreveria num papel alguma coisa e seria fixado no quadro de cortiça a mensagem fechada, com o meu número para depois ir lá buscar.... Ninguém me escreveu nada :( lol O que bebi, uma caipirinha que em custou 4,50€ apesar disso, estava muito boa. Muita daquela gente tinha menos de 30 anos, quem tinha mais de 30 era pessoal muito bem parecido (quem diria que já andei aos beijos com um tipo de 40 anos há uns meses valentes atrás? Há gajos com 40 super bem conservados e lindos de morrer)! Ao nosso lado estava um casal de gays/par de amigos em que um deles era simplesmente...... UHAU! Usava uma T-shirt em que se notava os peitorais..... Meu deus! Ou aquilo era das luzes, ou o homem tinha peito...... =D Lindo de morrer. Pouco depois de irem embora, nós também fomos embora.... Aquilo não atava sem desatava, havia uns gajos a olhar mas não eram nada de jeito, fomos embora.

Pontos positivos: Senti-me confortável. Quem estava à porta e no bar, eram pessoas acessíveis. Pelo que percebi havia limpeza e bom ambiente.


Com este fim-de-semana gastei uns 100€.... mas diverti-me, vivi coisas novas e é para repetir... Infelizmente a companhia não foi a melhor.... Mas o saldo foi claramente positivo!


Hoje faço 23 anos. Vocês sabem o quanto ODEIO receber os Parabéns! Eis o meu TOP3 de ódios:

1º - Fazer Anos
2º - Ano Novo
3º - Natal

São datas hipócritas.... existimos todo o ano, porque raio é que só nos falam nesta altura? Porque têm um lembrete no telemóvel? Que se fodam! Por isso, nenhum amigo sabe a minha data de anos... As 2:08h, estava eu a ler o fim do meu livro, quando liga-me o meu melhor amigo. Eu já o conheço e não atendi e perguntei o que se passava e disse que queria-me dar apenas os Parabéns.... ignorei-o lol As 8:10h vem a minha mãe "Parabénsssss" eu "Já devias saber que detesto que me dêem os Parabéns.....!" ela "Ah pronto.... olha, esqueci-me....." E pronto. Felizmente não me comprou bolo (como já tem vindo a acontecer há uns anos!)! YUPI o dia até me correu bem xD

É um desperdício. Aqui, eu, na flor na idade com os meus belos 23 anos e.... solteirooooooo! =(


Beijinhos e portem-se mal!! ;)